Sexta-feira, 15.07.16

festivalfolk.jpg

 

 

No primeiro dia do festival, o Palco Terras da Nóbrega arranca com os Pet Piper’s Project que estiveram o ano passado no Palco Bricelta, depois de serem selecionados pelo público no Concurso Novos Valores da Folk, e que regressam agora para uma atuação mais extensa. Seguem-se os Galandum Galundaina, uma instituição do património musical e etnográfico das Terras de Miranda que apresentam neste concerto o seu mais recente disco. Por fim, irá atuar a reconhecida gaiteira galega Susana Seivane que coleciona colaborações com nomes de peso dafolk internacional de que são exemplo o Kepa Junkera ou os Milladoiro que de resto já passaram por Ponte da Barca.

A 30 de Julho, sobem ao palco os Talabarte, um trio único, estritamente acústico e baseado na música tradicional. Naturais da Galiza, propõem uma viagem à música popular desta região, com um repertório cheio de referências a ritmos, melodias e composições de outras latitudes espanholas, misturando versões e composições da sua própria autoria. A programação segue com António Zambujo que celebra aqui o seu casamento com a folk, depois de uma intensa e bem sucedida digressão pelos Coliseus e de ter vencido o Globo de Ouro para Melhor Artista Nacional. A festa termina com os Retimbrar que exploram ritmos, canções e instrumentos tradicionais portugueses com o objectivo maior de perpetuar a herança popular e cultural de todos nós. “Voa Pé” é o título do disco que trazem na bagagem.

Diretamente do Brasil, chega-nos Lÿra – uma cantora de folk alternativo com 19 anos de carreira que se deixa inspirar pelo rock e pelo gótico, e que no dia 29 de Julho irá inaugurar o Palco Bricelta. Seguem-se os The Oafs, naturais de Viana do Castelo e defensores do indie folk, pop rock e músicas do mundo; e os Virandeira Folk vindos da Galiza com um disco de homenagem às sonoridades celtas de Norte a Sul do Atlântico.

A 30 de Julho, a programação do Palco Bricelta abre com os virtuosos Palankalama – um quarteto dedicado à música instrumental, com composições inspiradas na música tradicional e folk de diversas regiões. Depois seguir-se-ão os Drusuna de Guimarães que se auto-intitulam precursores do ritual pagan folk numa clara alusão à comunhão com a Terra. A programação deste palco encerra ao som dos experientes Triquel, que com mais de 25 anos de carreira prometem trazer toda a energia do rockcelta presente no disco “Sin hacer ná”.

As portas abrem às oito da noite e os concertos têm início pelas 21h30.  Os bilhetes custam 10€ na sexta e 12€ no sábado. Já o passe para os dois dias tem um custo de 18€. Podem ser adquiridos no Posto de Turismo de Ponte da Barca ou através de pré-reserva pelo facebook oficial do Festival, estando também à venda nos locais habituais através da Ticketline e da Live Event Ticketing.

Em paralelo, decorre a Feira Alternativa que apresentará uma vez mais cerveja artesanal, licores tradicionais, queijos e enchidos da região, sabonetes artesanais, óleos e unguentos naturais, e ainda uma área de restauração a trabalhar durante todo o horário dos concertos.

 

Retirado de Palco Principal



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Domingo, 30.06.13

Festival Folk Celta regressa a Ponte da Barca a 26 e 27 de julho

O Festival Folk Celta está de regresso à Praça Terras da Nóbrega, em Ponte da Barca, nos dias 26 e 27 de julho, para a sua 6ª edição.

 

O cruzamento de sonoridades musicais folk e celta de tradição popular volta a ser o prato forte do certame, que conta no seu cartaz com a galega Cristina Pato, a irlandesa Niamh Ni Charra, e com os portugueses Capa Grilos, Gaiteiros de Lisboa e Melech Mechaya.

 

Além do Palco Folk Celta, o certame contará este ano, também, com o Palco Bricelta, que irá receber quatro novos artistas, que concorreram e venceram o desafio lançado pela organização: CabraCega, Música Profana, GiraSol e Dunya.

 

Os bilhetes diários para o festival custam €5 e podem ser adquiridos à entrada do mesmo. Há também um pack promocional à venda por €10 que, além o passe de dois dias, inclui igualmente um CD compilação das edições passadas do certame, bem como uma t-shirt.

 

Confira a programação completa do festival:

 

Sexta, 26 de Julho


21h00 - Abertura de portas
Performance de Abertura
22h00 | 22h40 – Palco FolkCelta | CapaGrilos
22h40 | 23h00 – Palco Bricelta | Cabra Çega
23h00 | 00h00 – Palco FolkCelta | Niamh Ni Charra
00h00 | 00h20 – Palco Bricelta | Música Profana
00h30 | 02h00 – Palco FolkCelta | Cristina Pato


Sábado 27 de Julho


21h30 – Abertura de portas
22h00 | 22h40 - Palco FolkCelta | Riobó
22h40 | 23h00 – Palco Bricelta | GiraSol               
23h00 | 00h00 – Palco FolkCelta | Gaiteiros de Lisboa
00h00 | 00h20 – Palco Bricelta | Dunya
00h30 | 02h00 – Palco FolkCelta | Melech Mechaya



publicado por olhar para o mundo às 12:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.07.12

Está aí e em Agosto a quinta edição do Festival Folk Celta de Ponte da Barca


Mais uma vez e com entrada livre apresentam-se Artistas em formas de  interpretar a Musica Popular!


Este Festival  pretende, à semelhança das edições anteriores, ser o veículo para o cruzamento de sonoridades musicais folk e celtas, contando para o efeito, com a participação de grupos vindos especialmente de Portugal e Espanha

 

10 e 11 de Agosto de 2012


 

Retirado de Antena 1



publicado por olhar para o mundo às 21:06 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Sons ibéricos dominam a...

Festival Folk Celta regre...

Festival Folk Celta de Po...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
blogs SAPO
subscrever feeds