Segunda-feira, 19.11.12

 

 

letra

 

Refreia-me o tom com que vais dizer:
Que é tão vulgar este meu vicio
Que é só gastar, que é desperdicio
Que há coisas melhores pra fazer

Já sei que pensas que é só estupidez
Mas há maneiras e maneiras
Porque a linguagem tem fronteiras
Limites que às vezes não vez

Diz-me só se te faz feliz:
Dizer-me as coisas como mais ninguém diz...
Um dia eu vou deixar de te ouvir
Repito, um dia eu vou deixar de te ouvir...

Modera a tensão que te vem na voz
Dessa maneira ficas feia
E se ele há coisa que eu não queira
É que amanhã acordemos sós

Fala-me ao ouvido sem malvadez
Tira o sarcasmo da expressão
Falemos juntos no colchão
Depois fazemos tudo outra vez

Diz-me só se te faz feliz:
Dizer-me as coisas como mais ninguém diz...
Um dia eu vou deixar de te ouvir
Repito, um dia eu vou deixar de te ouvir..
.





publicado por olhar para o mundo às 17:48 | link do post | comentar

 

 

letra

 

Sai pró trabalho e acredita que tem que ser assim
tira a ramela do olho, põe o carro a vibrar
sonha que tem um Mustang e hoje é o Steve McQueen
como um rebelde nervoso, faz as rodas chiar

só precisa de uma história que justifique o fim
qualquer coisa muito heróica pra ninguém duvidar
que ele é capaz!
que ele é diferente!
corre veloz e contente, a vida vai mudar

coisas que viu no cinema
e que inspiraram milhões, ele não é excepção...
imagina cada cena, estremece
está a gostar do guião

roda o volante e transpira, será herói ou vilão?
o bom da fita nem sempre tem um final feliz
mas quem é protagonista deve ter sua canção
com melodia vincada e uma letra que diz:

que ele é capaz!
que ele é diferente!
corre veloz e contente e a vida vai mudar
mas tem azar!
choca de frente
com um camionista imprudente, nem conseguiu travar

e nada disto é cinema
já não existem heróis, ele não é excepção...
pelo desfecho da cena, parece
morreu sem consagração



publicado por olhar para o mundo às 08:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.07.12

 

 

Letra

 

Sábado à Tarde 

Cinco pessoas qual mamutes 

A vaguear por Alfama 

Há sol para que desfrutes 

Para que te levantes da cama 

É sábado em todo o lado 

Mas é aqui que me interessa 

E é bom que ninguém se esqueça 

Que logo à noite ainda há fado 

 

Vemos os barcos no rio 

Não há gaivotas no ar 

E eu nunca quis falar do mar 

Nesta canção – é um desafio… 

E agora, perdi-lhe o fio 

À meada 

 

E é tão bom que seja sábado 

Porque hoje há feira da Ladra! 

 

Chegas tu às nove o mais tardar 

E eu fico a falar blábláblá 

Ou a cantar tárárá 

Ou a olhar para TV 

A ver eu nem sei bem o quê 

 

E eu lavo a loiça entretanto 

E lavo a roupa e limpo o chão 

Está uma tarde de verão 

Mas esta casa fica um espanto 

(tu) destas coisas aprecias 

E isto um dia não são dias 

E eu tenho charme e encanto 

Não sou só noites vadias 

 

As coisas de que eu me lembro 

Quando estou sozinho em casa 

Julho é melhor que Novembro 

Lá fora está grande brasa 

Mas esta tarde é vazia 

Por mais quente que seja o verão 

E então eu fiz esta canção 

De outra forma não a faria 

 

E é tão bom que seja sábado 

Amanhã é que é o nosso dia! 

 

Chegas tu às nove o mais tardar 

E eu fico a falar blábláblá 

Ou a cantar tárárá 

Ou a olhar para a TV 

A ver eu nem sei bem o quê 

Llegas tu a las nueve más tardar 

Yo me quedo a ablar blábláblá 

O a cantar tárárá 

O a mirar a la TV 

Estoy mirando no sei lo qué 

 

E agora a coisa leva um twist 

A meio do segundo refrão 

E eu nem sei bem por quê isto 

Mas vai chamar a atenção 

Uma parte em castelhano 

Num tema em português 

Vamos esquecer os porquês 

Só pode ter sido engano 

 

E agora sinto cansaço 

O melhor é terminar 

Isto é difícil cantar 

E de escrever dói-me o braço 

Foi um dia de descanso 

Marcado pela labuta 

E à noite vamos para a luta 

Já estou sentido o balanço 

 

E é tão bom que seja sábado 

Viva o dia do anhanço! 

 

Chegas tu às nove o mais tardar 

E eu fico a falar blábláblá 

Ou a cantar tárárá 

Ou a olhar para a TV 

A ver eu nem sei bem o quê 

 

Llegas tu a las nueve más tardar 

Yo me quedo a ablar blábláblá 

O a cantar tárárá 

O a mirar a la TV 

Estoy mirando no sei lo qué 

 

E é tão bom que seja sábado 

Viva o dia do anhanço! 

Chegas tu às nove o mais tardar 

E eu fico a falar blábláblá 

Ou a cantar tárárá 

Ou a olhar para a TV 

A ver eu nem sei bem o quê 

 

Llegas tu a las nueve más tardar 

Yo me quedo a ablar blábláblá 

O a cantar tárárá 

O a mirar a la TV 

Estoy mirando no sei lo qué

 

credits

from Aquelas Três, released 25 June 2012 
Música e letras: Diego Armés 
Arranjos: Feromona 
Gravação, mistura e masterização: Bernardo Barata



publicado por olhar para o mundo às 19:04 | link do post | comentar

Domingo, 24.07.11
Letra
Selvagem tosco
Acomodei-me ao posto de violento animal
E afeiçoei-me ao gosto da carne ao natural

Se me excedi com as presas
Nem sempre foi por mal

Virgem grotesto
O sabor do sangue fresco levanta-me o moral
Diz nos livros que é nefasto
Mas o êxtase é total

Quando entre dentes sorvo
A golfada final

E aprendo
Com o aroma de extinção de cada exemplar banal
Que a vida sem maldade é vulgar e sempre igual
Sou cem por cento fiél à degustação carnal


publicado por olhar para o mundo às 17:59 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Feromona - Conversa de Ca...

Feromona- Mustang

Sábado à Tarde - FEROMONA

Feromona - Selvagem Tosco

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds