Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Letra   Chamaste-me extravagante Por eu ter uma noitada Eu sou um rapaz brilhante Recolho de madrugada Recolho de madrugada Mesmo agora neste instante Por eu ter uma noitada Chamaste-me extravagante Se o meu cante desprezares Por já vir rompendo o dia Ainda nunca ouvi cantar Um rouxinol ao meio dia
  Letra   Chamaste-me extravagante Por eu ter uma noitada Eu sou um rapaz brilhante Recolho de madrugada Recolho de madrugada Mesmo agora neste instante Por eu ter uma noitada Chamaste-me extravagante Se o meu cante desprezares Por já vir rompendo o dia Ainda nunca ouvi cantar Um rouxinol ao meio dia
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email