Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Letra Eu ouvi um passarinho, Às quatro da madrugada, Cantando lindas cantigas, À porta da sua amada. Cantando lindas cantigas, À porta da sua amada. Por ouvir cantar tão belo, A sua amada chorou. Às quatro da madrugada, O passarinho cantou. Às quatro da madrugada, O passarinho cantou. Alentejo terra santa, Tudo é coberto de pão Traz o ninho na garganta Lembra de bem a oração. Traz o ninho na garganta Lembra de bem a oração. INSTRUMENTAL Eu ouvi um passarinho, Às quatro (...)
Letra Eu ouvi um passarinho  às quatro da madrugada,  Cantando lindas cantigas  à porta da sua amada.  Ao ouvir cantar tão bem  a sua amada chorou.  Às quatro da madrugada  o passarinho cantou.  Alentejo quando canta,  vê quebrada a solidão;  traz a alma na garganta  e o sonho no coração.  Alentejo, terra rasa,  toda coberta de pão;  a sua espiga doirada  lembra mãos em oração 
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email