Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Letra Etelvina Com Seis Meses Já Se Tinha De Pé Foi Deixada Num Cinema Depois Da Matinée Com Um Recado Na Lapela Que Dizia Assim: "Quem Tomar Conta De Mim Quem Tomar Conta De Mim Saiba Que Fui Vacinada Saiba Que Sou Malcriada" Etelvina Com Dezasseis Anos Já Conhecia Todos Os Reformatórios Da Terra Onde Vivia Entregaram-Na A Uma Velha Que Ralhava Assim: "Ai Menina Sem Juízo Nem Mereces Um Sorriso Vais Acabar Num Bueiro Sem Futuro Nem Dinheiro" Eu Durmo Sozinha À Noite Vou Dormir (...)
Letra Etelvina Com Seis Meses Já Se Tinha De Pé Foi Deixada Num Cinema Depois Da Matinée Com Um Recado Na Lapela Que Dizia Assim: "Quem Tomar Conta De Mim Quem Tomar Conta De Mim Saiba Que Fui Vacinada Saiba Que Sou Malcriada" Etelvina Com Dezasseis Anos Já Conhecia Todos Os Reformatórios Da Terra Onde Vivia Entregaram-Na A Uma Velha Que Ralhava Assim: "Ai Menina Sem Juízo Nem Mereces Um Sorriso Vais Acabar Num Bueiro Sem Futuro Nem Dinheiro" Eu Durmo Sozinha À Noite Vou Dormir (...)
  Letra   Etelvina Com Seis Meses Já Se Tinha De Pé Foi Deixada Num Cinema Depois Da Matinée Com Um Recado Na Lapela Que Dizia Assim: "Quem Tomar Conta De Mim Quem Tomar Conta De Mim Saiba Que Fui Vacinada Saiba Que Sou Malcriada" Etelvina Com Dezasseis Anos Já Conhecia Todos Os Reformatórios Da Terra Onde Vivia Entregaram-Na A Uma Velha Que Ralhava Assim: "Ai Menina Sem Juízo Nem Mereces Um Sorriso Vais Acabar Num Bueiro Sem Futuro Nem Dinheiro" Eu Durmo Sozinha À Noite (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email