Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   E tudo aquilo que eu escrevi Seja feliz na amargura São pensamentos aleatórios Desta minha loucura E seja doença ou uma cura Seja raiva ou ternura Seja pelo molde que tenho nas mãos Que não esqueço a tua cintura Pois é um problema que dura Já tentei pôr para trás Ainda não esqueci a culpa E tudo o que ela nos traz Ou tudo o que ela nos faz Aliada às coisas más E mesmo depois de me enterrares Eu nunca fiquei em paz Mas fica firme rapaz O tempo desapareceu (...)
  Letra   [Domi] Eu levantei-me, trouxe a bagagem Meu bro, tou de partida Pus-me noutra carruagem Fiz as pazes com a vida Eu fiz as pazes com a ferida Com cabeça e com medida Depois de tanta situação Veio o bom em contrapartida Eu invisto noutra investida [?] E eu dispo o que traz vestida Apenas com amabilidade Foi misto que a pôs à vista [?] Porque a gente só comunica Mesmo por visibilidade Sou fiel a Descartes E descarto todo o rancor Reflito novas amizades Cinco balas num tambor Não te venhas contrapor
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email