Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  ANA MOURA Dois anos de "Desfado" confirmam Ana Moura como a artista portuguesa contemporânea com maior projecção internacional Prestes a atingir a marca das 100 mil unidades vendidas em todo o mundo, galardoado com a Quadrupla Platina em Portugal - onde se mantém no top nacional de vendas há 104 semanas consecutivas, desde a sua (...)
ANA MOURA "Desfado" atinge a Quadrupla Platina em Portugal São vendas superiores a 60 mil unidades as que conferem a "Desfado", o álbum de Ana Moura editado em Novembro de 2012, quatro Platinas. Uma marca atingida quando o disco se mantém no top vendas nacional há 93 semanas consecutivas, ascendendo esta semana ao 5.º lugar. Com "Desfado", Ana Moura realizou em menos de dois anos cerca de 200 espectáculos por todo o mundo atingindo marcas de vendas de discos e lotações de (...)
Um ano depois da edição de ‘Desfado’ anuncia-se a reedição do disco dia 2 de Dezembro ‘Desfado’ já vendeu mais de 60 mil discos em todo o Mundo   Um ano de vida e um ano de sucesso. Completa-se hoje um ano desde a edição de ‘Desfado’ e é agora anunciada a sua reedição no formato Duplo CD. O segundo disco trará o registo ao vivo do concerto que (...)
Desfado atinge o Galardão de Dupla Platina O disco ocupa neste momento o #1 do TOP de vendas nacional   Ana Moura atingiu esta semana o Galardão de Dupla Platina com o seu mais recente disco ‘Desfado’. O disco encontra-se há 3 semanas consecutivas no #1 do top de vendas nacional. Aliás, ‘Desfado’ permanece no TOP 5 do top desde a data em que foi editado, há 33 semanas consecutivas. Desta forma, "Desfado" cota-se como um dos mais bem sucedidos discos da música portuguesa (...)
    Letra   Vestido negro cingido Cabelo negro comprido E negro xaile bordado Subindo à noite a avenida Quem passa julga-a perdida Mulher de vício e pecado E vai sendo confundida Insultada e perseguida P'lo convite costumado   Entra no café cantante Seguida em tom provocante P'los que querem comprá-la Uma guitarra a trinar Uma sombra devagar Avança p'ra o meio da sala Ela começa a cantar E os que a queriam comprar Sentam-se à mesa a olhá-la   Canto (...)
18 Nov, 2012

Ana Moura - Desfado

    letra Quer o destino que eu não creia no destino E o meu fado é nem ter fado nenhum Cantá-lo bem sem sequer o ter sentido Senti-lo como ninguém, mas não ter sentido algum Ai que tristeza, esta minha alegria Ai que alegria, esta tão grande tristeza Esperar que um dia eu não espere mais um dia  Por aquele que nunca vem e que aqui esteve presente Ai que saudade Que eu tenho de ter saudade Saudades de ter alguém Que aqui está e não existe Sentir-me triste Só por me (...)
    letra   Vou de Lisboa a S. Bento, Trago o teu mundo por dentro No lenço que tu me deste. Vou do Algarve ao Nordeste, Trago o teu beijo bordado, Sou um Comboio de Fado Levo um Amor encantado, Sou um Comboio de gente. Sou o chão do Alentejo, De ferro é o meu beijo, Tão quente como a Liberdade,  E se não trago saudade É porque vives deitado Num Amor que não está parado, Sou um Comboio de Fado, Sou um Comboio de gente. Não há Amor com mais tamanho, Que este Amor por ti (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email