Quarta-feira, 22.03.17

 

Letra

 

 

Autoria / Letra: Pedro Chagas Freitas
Música: Zé Manel

Dizes-me que a queda é uma espécie de subida,
tocar na lágrima para resistir à ferida.
Digo-te que nunca o amor caiu
e que jamais um herói disse que fugiu.
Em Março fizemos uma vida inteira
Fomos lençóis
Fomos insónia
O começo e o fim de uma fogueira
Dizes-me que a solidão é uma espécie de sorte,
o ensaio possível para a grande morte.
Digo-te que o mundo é feito de ti
e que nem penses que partes sem saberes que parti.
Em Março fizemos uma vida inteira
Fomos lençóis
Fomos insónia
O começo e o fim de uma fogueira
Dizes-me que a distância é uma espécie de ilusão,
tapar com a estrada a falta de razão.

Instagram: http://www.instagram.com/darkoonline
Facebook: http://www.facebook.com/darkoonline

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.09.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 05.07.16

 

Letra

 

Sabes que te amo tanto tempo depois
Sinto saudades de nós os dois
Como seria se houvesse um dia em que tu fosses capaz de voltar atrás e nos reencontrar
Sabes que te amo tanto tempo depois
Sinto saudades de nós os dois
Sei que me amas, tu não me enganas, nem que tentes melhor, porque eu sei de côr cada passo que dás

Volta, não me deixes à solta,
A liberdade em excesso traz-nos sempre coisas más
E é triste para todo aquele que insiste, ao fim de tanto que há em nós,
Não nos deixes sós!

Sabes que te amo tanto tempo depois
Sinto saudades de nós os dois
Foi lá no teatro de São Luis, que te disse que sempre quis criar de raiz um final feliz
Tu sabes que o fomos, somos

Volta, não me deixes à solta,
A liberdade em excesso traz-nos sempre coisas más
E é triste para todo aquele que insiste ao fim de tanto que há em nós,
Não nos deixes sós

Sabes que te amo, sabes, sabes que te amo, sabes, sabes, que te amo, sabes, sabes... que te amo!

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

From the day we met
I knew you'd be someone i regret
Though I didn't know your name
I knew there was not much to explain

You should't see my heart breaking

It's dangerous
Without you here
I shouldn't remember

You Set a storm inside me
My feelings rotten to the bone
You make me wanna give up my soul to learn to try to tell you
I forgive you

Now I'm back to my old self
Disenchanted and overwhelmed
Though I didn't lose my sight
And onde last cigarrette can make things look brighter

I wanna see your heart breaking

Cause Like a million horses
You stole the love i used to keep
I might just never tell you since you were gone
I long to tell you i forgive you

But i think too much
You know i think too much

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.07.16

 

Letra

 

Não me digas, que todo o tempo que foi nosso esmoreceu,
não me digas , que entre medos e desejos nos perdemos,
não me digas, que o silencio e a distancia são irmãos,
não me digas, que as nossas mãos já se despediram.
E se os paradigmas mudaram,
e o leito deserto se inflama,
e se os teus fantasmas voltaram,
para te consumir o que em ti restei.

não te ausentes por correntes de uma magoa que corroí
não te afastes do que somos nos assombros do acaso
não te olvides que amanha trará clareza a nossa estrada
oh não me esqueças nas palavras que não trocamos

não me digas que recusas sentir falta do meu peito
não me digas que é falácia o que o meu amor grita
não me digas que verás futuro em tudo o que eu não sou
não me digas que aí há luz na sombra da nossa historia
e se os nossos laços quebraram
e o teu teu coração pulsa inserto
e se os teus demónios triunfar
Para te consumir o que em ti guardei

não te ausentes por correntes de uma magoa que corroí
não te afastes do que somos nos assombros do acaso
não te olvides que amanha trará clareza a nossa estrada
oh não me esqueças nas palavras que não trocamos

Não me digas,
não me digas,
não me digas,
não me digas.

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.02.16

darko.jpg

 

 

DARKO

 

“Prelude” é o EP que marca o regresso de Darko e apresenta o segundo álbum de originais, a ser lançado pela Sony Music Entertainment em Abril de 2016.


Ao sucesso dos temas "Crying Out" e "Fomos Somos", junta-se a composição "Não me Digas" e, ainda, dois inéditos exclusivos desta edição, que inclui também o tema "Bestie", com as participações de Emmy Curl e Mikkel Solnado.


"Não me Digas" assinala o retorno do colectivo de Zé Manel à escrita de temas em português e é um manifesto ao amor e às histórias inacabadas. Com influências de um fado que só ousa emergir da saudade, esta é uma poderosa balada que personifica a redenção de um regresso inesquecível ao passado recente. Para todos os que ousam amar sem temer as imperfeições do caminho.

 

Música
Dia 04
21:30H | 10

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.01.15

 

Letra

 

Não me digas, que todo o tempo que foi nosso esmoreceu,
não me digas , que entre medos e desejos nos perdemos,
não me digas, que o silencio e a distancia são irmãos,
não me digas, que as nossas mãos já se despediram.
E se os paradigmas mudaram,
e o leito deserto se inflama,
e se os teus fantasmas voltaram,
para te consumir o que em ti restei.

não te ausentes por correntes de uma magoa que corroí
não te afastes do que somos nos assombros do acaso
não te olvides que amanha trará clareza a nossa estrada
oh não me esqueças nas palavras que não trocamos

não me digas que recusas sentir falta do meu peito
não me digas que é falácia o que o meu amor grita
não me digas que verás futuro em tudo o que eu não sou
não me digas que aí há luz na sombra da nossa historia
e se os nossos laços quebraram
e o teu teu coração pulsa inserto
e se os teus demónios triunfar
Para te consumir o que em ti guardei

não te ausentes por correntes de uma magoa que corroí
não te afastes do que somos nos assombros do acaso
não te olvides que amanha trará clareza a nossa estrada
oh não me esqueças nas palavras que não trocamos

Não me digas,
não me digas,
não me digas,
não me digas.

 

Sara, muito obrigado por disponibilizares a letra

 



publicado por olhar para o mundo às 08:25 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Domingo, 25.01.15

 

Letra

 

I'm literally longing for a place to start
Releasing all the voices from within
I've been seeking all the awnsers
Till the day I won't doubt

I'm clearly avoiding all those concrete things
That could make this road feel safe to me
Excuse me for having flaws I don't work on
But I don't know how to give in

This is my heart crying out for your love

Sometimes it gets hard to still believe yourself
When everyone insists on letting you down
But I know for all that matters
You're not alone in your beliefs

Let the music play
Forget the words they say cause everyday it means a chance for us to start over again
We'll make it on repeat
Until it feels complete

 



publicado por olhar para o mundo às 22:20 | link do post | comentar

darko2.jpg

 

 

Darko apresenta o videoclip do tema "Crying Out”, um primeiro avanço para o segundo disco de originais, que será editado em Maio deste ano.

 

"Crying Out" é um dueto com a estreante Iolanda Costa e fala-nos “das diversas provações que tantas vezes é necessário ultrapassar para que possamos partilhar a nossa arte. Duas linhas paralelas que quando se cruzam permitem a conquista desse ideal. A busca de realização pessoal e a luta constante pela concretização de um sonho incontornável. A necessidade de sermos fiéis à nossa vocação e de por ela nos excedermos e encontrarmos sempre novos caminhos para que a honremos”, refere o cantor e compositor.

 

“Crying Out" é acima de tudo amor e música, mas também um novo dia para uma voz que merece ser acreditada. “Obrigado Iolanda Costa pela partilha de talento e António Medeiros por registares a nossa metragem”. O videoclip foi gravado na Fábrica do Braço de Prata e na 39 Concept Store. 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 21:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.12.14

 

Letra

 

Lost myself downtown
You never came around
Don’t you know that it’s not easy

I never think twice
And I take no advice
That’s how I got so damn hurt this time

I never meant to let you down
I never meant to fool around
I’m hoping that the daylight can just save me
There’s no pillow for my head
And no ghost under my bed
Until I see the sun
You won’t kiss me in dark
There’s not a single spark
Until the morning comes
Until the morning comes

I’m going up and down
And for as far as I can see
I know you’re not right here with me
You said you’d do it once
But once again you did it twice
Don’t you know how it just pisses me off

Well, I never meant to let you down
I never meant to fool around
I’m hoping that the daylight can just save me
There’s no pillow for my head
And no ghost under my bed
Until I see the sun

You won’t kiss me in the dark
There is not a single spark
Until the morning comes
Until the morning comes

And I lie awake
And I cry today
Hoping it would be easy to find
Another way for our day
And I cry today
Hoping the sun just frees me

There’s no pillow for my head
And just no ghost under my bed
Don’t you know how it just hurts me
You said you’d do it once
But once again you did it twice
Until the morning comes
Until the morning comes

 



publicado por olhar para o mundo às 08:55 | link do post | comentar

Sábado, 06.12.14

darko.jpg

 

 

Zé Manel é um dos mais jovens e promissores autores da sua geração, completando agora 10 anos de carreira com apenas 24 de idade. Durante 8 anos foi líder da banda Fingertips, com a qual conquistou o primeiro lugar das tabelas nacionais das rádios e o reconhecimento do grande público.

 

Foi já nomeado para 3 Globos de Ouro e assegurou a primeira parte de artistas internacionais como George Michael, Queen, Nelly Furtado ou The Corrs, tendo pisando palcos como o Rock in Rio ou o Festival Vilar de Mouros.


Em 2011, Zé Manel lança-se a solo com o projecto Darko, do qual resultam êxitos como “Define Joy”, “Para nunca mais (acordar)”, banda sonora da novela “Louco Amor” e um dos 20 temas mais tocados nas rádios nacionais durante o último ano, e que já ultrapassou um milhão de visualizações no Youtube, ou "Until the morning comes" que atingiu o top 10 das tabelas nacionais e faz parte da banda sonora da novela “Belmonte”.


No ano de 2014, Darko edita uma edição especial de "Borderline Personality Disorder", comemorativa dos seus 10 anos de carreira, na qual inclui quatro temas novos, entre eles "Olhos no chão", um single que sonoriza um projeto contra a descriminação e aborda a problemática do bullying.


Multifacetado, Zé Manel é agenciado pela Central Models e já pisou a passerelle da Moda Lisboa e do Portugal Fashion, tendo desfilado para criadores de renome como Nuno Gama ou Júlio Torcato e sido fotografado para publicações como a Vogue, Elle ou DSection.



publicado por olhar para o mundo às 18:56 | link do post | comentar

Segunda-feira, 08.09.14

 

Letra

 

"Olhos no chão"
Veste a rua de gente
Pra que pareça melhor
Andas sem destino
A cabeça nas mãos
O céu está frio
O escuro maior
Vou para o meio
De uma mentira 
Olha pra ti
Para o que eles te fizeram
Os olhos no chão
Os olhos no chão 
Queres saber quem és
Ninguém sabe o teu nome
Falas em vão
Pra lugar nenhum
O dia morreu
Não sei quem sou eu
Não sei quem sou eu 
Olha pra ti
Para o que eles te fizeram
Os olhos no chão
Os olhos no chão 
Olha pra mim
Para o que eles me fizeram

Já sei dizer não
Já sei dizer não

Os olhos no chão
Os olhos no chão
Um projecto anti-bullying que conta com a participação de cerca de 80 pessoas, entre elas algumas celebridades como: Adriane Garcia, Luísa Barbosa, Raquel Prates & João Murillo. 

O vídeo, realizado por António Medeiros, ilustra as diferenças que tantas vezes realçamos entre seres humanos e a necessidade de enaltecer a tolerância e o afecto entre todos. 

Com a participação de diversas caras conhecidas, mas também de fãs e amigos de Darko que se assumiram como vítimas de bullying, «Olhos no Chão» nasce sob o mote «Diz NÃO ao Bullying, diz SIM ao Amor».

www.darkoonline.com


publicado por olhar para o mundo às 00:10 | link do post | comentar

Domingo, 26.01.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:38 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.08.13

 

Letra

 

She 
May be the face I can't forget 
The trace of pleasure or regret 
May be my treasure or the price I have to pay 
She 
May be the song that summer sings 
May be the chill that autumn brings 
May be a hundred different things 
Within the measure of a day

She 
May be the beauty or the beast 
May be the famine or the feast 
May turn each day into a heaven or a hell 
She may be the mirror of my dreams 
The smile reflected in a stream 
She may not be what she may seem 
Inside her shell 

She 
Who always seems so happy in a crowd 
Whose eyes can be so private and so proud 
No one's allowed to see them when they cry 
She 
May be the love that cannot hope to last 
May come to me from shadows of the past 
That I'll remember till the day I die 

She 
May be the reason I survive 
The why and wherefore I'm alive 
The one I'll care for through the rough in ready years 
Me 
I'll take her laughter and her tears 
And make them all my souvenirs 
For where she goes I've got to be 
The meaning of my life is 

She
She, oh she



publicado por olhar para o mundo às 08:56 | link do post | comentar

Sábado, 04.08.12

 

 

letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 16.07.12

 

 

Letra

 

E se as cordas que me prendem desenlaçam
E um abraço da eternidade para nunca mais
E o céu despe-me a cor
Eu paro, odeio o amor 
E as historia que vestem, o segundo em que tu cais 

Porque eu só quis que tu quisesses acordar… 
O que eu fiz foi para que tivesses um lugar 

E se as rotas que se cruzam se apagam com a voz
E nós não conseguimos celebrar ou relembrar de querer cantar 
E o olhar perde a intenção 
Eu paro, quero a tua mão 
E as quedas que curaram, a doença que é sonhar

Porque eu só quis que tu quisesses acordar 
O que eu fiz foi para que tivesses um lugar

Porque eu só quis que tu quisesses acordar…

E se as cordas que me prendem desenlaçam 
E um abraço da eternidade para nunca mais…



publicado por olhar para o mundo às 08:46 | link do post | comentar

Domingo, 08.07.12

 

 

letra

 

Define Joy

 Darko

 

Define Joy
Define Joy
Just as long as don't
Know waht's the point

Cry to me, now cry to me,
Just as long as I see and it sets me free
'Cause we're two stupid sides of the same lie
I still don't know how, you can make me cry

Define joy, now define joy
For I know that it's wrong, to have a point.
So don't say goodbye, don't... say, say goodbye
For I want you to stay, to watch you die
'Cause we're two stupid sides of the same lie
I still don't know how, you can make me cry.

'cause just when I thought I could feel that it's real
Is this real?
Is this real?
Is this?
Oh! You've come and gone.
'cause you can't stop being who you are
And I can't define my smile

'Cause we're two stupid sides of the same lie
'Cause we're two stupid sides of the same lie
I still don't know how...
You can make me cry
You can make me cry. 


publicado por olhar para o mundo às 17:49 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Darko - Março ( com Olivi...

Darko feat Mafalda Arnaut...

Darko - Fomos, Somos

Darko - September Issue f...

Darko - Não me digas

Darko no Cineteatro Munic...

Darko - The Overexpressio...

Darko - Crying Out Feat. ...

DARKO lança novo videocli...

Darko - Until The Morning...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds