Segunda-feira, 06.05.13

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:47 | link do post | comentar

Sexta-feira, 03.05.13
Letra
Like a fool I went and stayed too long
Now I'm wondering if your love's still strong
Oo, baby, here I am, signed, sealed, delivered, I'm yours!

Then that time I went and said goodbye
Now I'm back and not ashamed to cry
Oo, baby, here I am, signed, sealed, delivered, I'm yours!

Here I am baby
Signed, Sealed, Delivered, I'm yours
(You got my future in your hands)
Here I am baby
Signed, Sealed, Delivered, I'm yours
(You got my future in your hands)

I've done a lot of foolish things
That I really didn't mean, didn't I?

Seen a lot of things in this old world
When I touch them, they mean nothing, girl
Oo, baby, here I am, signed, sealed, delivered, I'm yours!

Oowee baby, you set my soul on fire
That's why I know you're my heart's only desire

Here I am baby
Signed, Sealed, Delivered, I'm yours
(You got my future in your hands)
Here I am baby
Signed, Sealed, Delivered, I'm yours
(You got my future in your hands)


publicado por olhar para o mundo às 17:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.02.13

 

Letra

 

Um homem contou-me
Que da montanha
Se toca o céu,
Que se encontrou ao subi-la
Mas ao descê-la
Se perdeu.
Viu rastos de cobra
E pegadas de leão:
"Esta vida não sobra
Quando se olha só para o chão!"

E tentou fugir do trilho,
Beijou o tempo como a um filho,
Acordou numa alvorada,
Já sem nada pr'a esconder
E então falou assim:

"Se houver
Um Anjo da Guarda
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".

Outro homem contou-me
Que da cidade
Se vê o mundo,
Que é tão doce o desejo,
Que nenhum beijo
É profundo.
Viu escadas de ouro
E telhados de rubi,
Pensou que o maior tesouro
É cada qual saber de si.

E tentou fugir da sombra,
Dizer à luz que não se esconda,
Correu as ruas, uma a uma,
Já sem nada pr'a perder
E então gritou assim:

"Se houver
Um Anjo da Guarda,
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".

"Se houver
Um Anjo da Guarda,
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
Porque é tão só estar só no fim.

"Se houver
Um Anjo da Guarda,
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".
Porque é tão só estar só no fim.



publicado por olhar para o mundo às 17:52 | link do post | comentar

Domingo, 17.02.13

“O Que Não Se Vê” e ainda não se sabe sobre Cristina Massena“O Que Não Se Vê” e ainda não se sabe sobre Cristina Massena

Cristina Massena estudou música desde muito cedo, quando tinha apenas 7 anos, para além das suas influências familiares que também estão na música. Confessa que “o disco tornou-se mais consciente quando quis deixar de ser intérprete e começar a escrever as minhas próprias músicas e depois surgiu a ideia de fazer um disco.”

 

Em “O Que Não Se Vê”, Cristina fala “de coisas pessoais, de histórias que vivi, que outros viveram, também de observações do nosso estado social” por isso podemos resumir o pano de fundo deste disco como “a vida em geral”.

 

O disco termina com a canção “Acorda”, um tema bastante forte e que retrata uma dessas observações de Cristina sobre o estado da sociedade portuguesa. Confirma que a canção foi criada num momento paralelo à finalização do disco e que “surgir durante a manifestação de 15 de Setembro, que foi um movimento muito grande e com a qual eu senti uma empatia muito grande… todas aquelas pessoas que desfilavam nas ruas. Por isso cheguei a casa, compus e postei anonimamente. Algumas pessoas tornaram-na a sua voz a sua música” que é algo que deixou a artista bastante contente. O facto de a ter inserido no disco deve-se a ter sido “uma canção tão acarinhada que eu achei que devia ser parte do álbum”.

 

O primeiro single “O Meu Nome É Terra” surgiu por sugestão das pessoas com quem Cristina confiava pois disse sentir-se “incapaz de escolher uma música e confiei um bocadinho nas pessoas com quem estava a trabalhar”.

 

Mas Cristina Massena é artista não só na música como também nas mãos, isto porque foi ela própria que esteve encarregue dos desenhos que ilustram o disco. Afirmou, “o disco é, no fundo, a extensão física de uma personalidade artística de quem compõe e quis veicular esse conceito dos meus cadernos com as letras e com os desenhos para o próprio booklet do álbum”. E isso é algo que acaba por torná-lo mais pessoal e personalizado.

 

Cristina mostrou ter a resposta certa para a pergunta um pouco ingrata que certamente passa pela cabeça de um artista que está no início de carreira – Como gostava que as pessoas a vissem ou falassem de si? – “Gostava que a partir da audição do meu disco as pessoas dessem mais valor ao que não se vê”.

 

Não havia melhor forma de terminar a conversa com esta artista que já provou ter a qualidade na voz e na composição para se tornar uma revelação na música portuguesa.

 

Retirado do HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 21:51 | link do post | comentar

Terça-feira, 29.01.13

“O Que Não Se Vê” de Cristina Massena já nas lojas “O Que Não Se Vê” de Cristina Massena já nas lojas 

O álbum de estreia de Cristina Massena estará disponível a partir de 28 Janeiro. “O Que Não Se Vê” conta com 12 temas originais, onde se reflecte a sua  profunda identidade artística. O primeiro single “O Meu Nome É Terra” já está disponivel no iTunes.

 

Cristina Massena nasceu no Porto, onde estudou música desde os 7 anos. Apaixonada pela expressão, tem vindo a desenvolver trabalhos numa vasta área artística, da Arquitectura às Artes Plásticas.

 

Encontra na música a sua genuína identidade, escrevendo e compondo canções em Português que revelam um Universo próprio construído entre imagens, palavras e sons.

 

“O Que Não Se Vê” é o seu primeiro álbum de originais como cantautora, com o selo da Boom Studios e distribuição da Universal Music Portugal, e é um projecto que vem desenvolvendo e amadurecendo desde 2007.

 

O single de avanço chama-se “O Meu Nome É Terra” e foi uma canção escrita a pensar no esforço, na mudança, na luta da sobrevivência humana e já está disponível.

 

Retirado de HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 12:49 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.01.13

 

Letra

 

Na tertúlia do amanhecer

Fracos são os rostos

E só o silêncio cala

Por breves segundos a angústia

Dos distraídos não contamos

Amparo nas noites queridas

 

Lento o que não vê

Que a calçada é um sonho prestes a cair

 

Numa fogueira de sonho ou de madeira

Que constrói este abrigo

Pronto a abalar

Despido e sem olheiras

Bailar numa guerra sem lugar

 

O meu nome é terra

O meu nome é terra

O meu nome é terra

O meu nome é terra

 

Da fronteira nasce a luz

A de um olhar em Janeiro

A leitura do futuro

E de como avançar

Nesta prece de audição

Os direitos se aclamam

 

O meu nome é terra

O meu nome é terra

O meu nome é terra

O meu nome é terra

 

È preciso sobreviver nas pontes

Que ligam alguma estação

Sobreviver nas pontes

que ligam alguma estação

 

O meu nome é terra

O meu nome é terra

O meu nome é terra

O meu nome é terra

 



publicado por olhar para o mundo às 00:26 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quinta-feira, 17.01.13

Cristina Massena

Cristina Massena 

O single “O Meu Nome É Terra” já está disponível digitalmente

 

O álbum de estreia de Cristina Massena estará disponível a partir de 28 Janeiro. “O Que Não Se Vê” conta com 12 temas originais, onde se reflecte a sua  profunda identidade artística. O primeiro single “O Meu Nome É Terra” já está disponivel no iTunes.

Cristina Massena nasceu no Porto, onde estudou música desde os 7 anos. Apaixonada pela expressão, tem vindo a desenvolver trabalhos numa vasta área artística, da Arquitectura às Artes Plásticas.

Encontra na música a sua genuína identidade, escrevendo e compondo canções em Português que revelam um Universo próprio construído entre imagens, palavras e sons.

O Que Não Se Vê” é o seu primeiro álbum de originais como cantautora, com o selo da Boom Studios e distribuição da Universal Music Portugal, e é um projecto que vem desenvolvendo e amadurecendo desde 2007.

O single de avanço chama-se “O Meu Nome É Terra” e foi uma canção escrita a pensar no esforço, na mudança, na luta da sobrevivência humana e já está disponível. Saiba aqui.



publicado por olhar para o mundo às 13:44 | link do post | comentar

Segunda-feira, 08.10.12

 

Letra

 

Acorda,
o teu ombro já não espera
e traduz essa palavra
que me olha...

E é assim que o povo resiste
É lutando que a vida insiste 

Sono, sem sonho 
Medo, sem coragem
Somos barco à vela
Livres na viagem....


E é assim que o povo resiste
É lutando que a vida insiste 

E é gritando sobre o asfalto
Que a nossa voz fala mais alto!

---

E é assim que o povo resiste
É lutando que a vida insiste 

E é gritando sobre o asfalto
Que a nossa voz fala mais alto!

Acorda,
o teu ombro já não espera
e traduz essa palavra
que me olha...

http://www.facebook.com/AcordaPortugal2012

https://twitter.com/Acorda2012

http://soundcloud.com/acordaportugal

http://www.flickr.com/photos/acordaportugal/

https://plus.google.com/u/0/108784477027483608338/posts



publicado por olhar para o mundo às 13:36 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Cristina Massena - Desped...

Cristina Massena - Signed...

Pedro Abrunhosa - Anjo da...

“O Que Não Se Vê” e ainda...

“O Que Não Se Vê” de Cris...

Cristina Massena - O Meu ...

Cristina Massena – “O qu...

Cristina Massena - Acorda...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds