Terça-feira, 19.09.17

cristiana aguas.jpg

 

 
No final do primeiro dia da visita de Estado a Portugal do Presidente da República da Costa do Marfim, Alassane Dramane Ouattara, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa ofereceu um jantar no passado dia 12 de Setembro no  Palácio Nacional da Ajuda, no qual actuou a fadista Cristiana Águas.

Acompanhada por Nilson Dourado, na guitarra acústica, por André Dias e CarlosMenezes, na guitarra portuguesa e no contrabaixo, respectivamente, Cristiana deu início ao pequeno concerto com o fado de Alfredo Marceneiro e Amália Rodrigues, "Estranha forma de vida", à capela e acompanhada apenas pelo contrabaixo. Ninguém ficou indiferente e, já com uma sala completamente absorvida, seguiram-se os temas "Porque não", de Luiz Caracol e ainda "À porta da Brasileira" , de Mário Pacheco e Domingos Lobo.

Uma apresentação com um breve alinhamento mas que resultou numa noite de grande emoção para todos os presentes e para Cristiana e os músicos também.


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sábado, 17.09.16

 

Letra

 

MARGEM (Pedro Esteves)

Luz do Sol
Banha Lisboa
Vou à janela
Ai, como é tão bela
Sem que apeteça
Sair de manhã
Ponta a ponta
Em cada colina
Um traço que espalha e ilumina
Cidade és linda
E pra onde vou com a minha vida?
Enchem rossios
Rios de gente
Tudo a crescer
A Carris passa e cruza
A vida é escrita a viver
Com coração, fráguas e cais
Espreita do claro dos seus umbrais
Como quem espera e me procura
De peito aberto e eu já cansado
Ouvindo um fado
Lá vou no Tejo
O tempo voa
Acordei para ti Lisboa

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.09.16

 

Letra

 

Hoje amanheceu sem água no mar
Só porque eu não sei nadar
Para andar em chão de areia e estrelas
Não é preciso navegar
Cantando um fado de amor e de fé
Atravesso o oceano a pé
E quando te conquistar
Do lado de lá
Pra quando chorar de amor
Encher de novo o mar

Letra: Pierre Aderne
Música: Lula Ribeiro

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 15.05.15

 

Letra

 

INGRAVIDEZ (Leo Minax & Diego Vasallo)

desde a ingravidez
de um céu anestesiado
desde a ingravidez
de um mundo
que foi deserdado
desde a ingravidez
de um último adeus
desde a insensatez
de não querer
te esquecer outra vez
náo parece necesario
o amor que necessito
como os mares necessitam
a ingravidez do infinito
te quero como um gato ama
a infidelidade
te quero como um peso pena
sem possibilidade
essa leveza do nosso amor
às vezes pesa
como a tristeza do coração
daquelas promessas
este desesperar
este saber que não há remédio
este deambular pela vida
este intermédio
este sinal de velhice
do presente ao sorrir
esta desnuda ingravidez
que aqui me traz
teu nome outra vez
te quero desta forma
tão rara de amar
te quero por teus ohos
que sempre obrigam a voltar
não pedirei mais nada
que agora possa ter
somente o assombro
distraído de viver
a ingravidez do nosso amor
às vezes pesa
a embriaguez de eternidade
em cima da mesa

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.05.15

 

 

Letra

 

Alma Sadina (Pierre Aderne)

no corpo levo alma sadina
arrábida colina
o meu rio a chorar
de longe tróia some
as velas e os nomes
desses barcos a ancorar
na saudade vejo o sado
das pescas e do fado
no lamento dessa voz
vinhas velhas das vindimas
na água tinta dessas rimas
nos os dois um dia a sós
vestido branco a vestir
tantas noites sem dormir
de prata o rio pinta a lua
os vulcoes dessa garganta
setúbal cais que canta
anda bocage pela rua
água doiro moscatel
meus brilhante pelo céu
no olhar dessa menina
que hoje canta a lembrar
pousa os bracos sob o mar
no corpo levo alma sadina

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.03.15

 

 

Letra

 

Jurei mentiras
E sigo sozinho
Assumo os pecados
Uh! Uh! Uh! Uh!

Os ventos do norte
Não movem moinhos
E o que me resta
É só um gemido

Minha vida, meus mortos
Meus caminhos tortos
Meu Sangue Latino
Uh! Uh! Uh! Uh!

Minh'alma cativa
Rompi tratados
Traí os ritos
Quebrei a lança
Lancei no espaço
Um grito, um desabafo

E o que me importa
É não estar vencido
Minha vida, meus mortos
Meus caminhos tortos
Meu Sangue Latino
Minh'alma cativa

 

“Sangue Latino” é um tema de autoria de Paulo Mendonça e João Ricardo que integra o disco de estreia de Cristiana Águas cantado em dueto com Ney Matogrosso. A gravação do tema que teve lugar no Rio de Janeiro, foi registada no vídeo que pode ver aqui em estreia!

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Quando vejo os teus olhos
Perco o Norte ao sentido
Oiço a voz do desejo, sussurrar-me ao ouvido

Quando leio os teus lábios
Sei de cor os teus passos
Sinto a dor do lamento, enlear-se aos meus braços

(Refrão)
Porque não me queres esta noite ao teu lado
Porque não me levas ao teu sonho mais profundo
Porque não me contas o segredo do teu fado
Porque não me mostras o caminho,
Pra chegar ao teu mundo?

Quando busco os teus beijos
Guardo a noite ao momento
Fico só sem destino, num olhar calmo e lento
Quando toco os teus dedos
Levo longe os teus traços
Finjo o amor que o tormento, transformou em pedaços

(Refrão)
Porque não me queres esta noite ao teu lado
Porque não me levas ao teu sonho mais profundo
Porque não me contas o segredo do teu fado
Porque não me mostras o caminho, pra chegar ao teu mundo?
Quando vejo os teus olhos!...

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Cristiana Águas actuou a ...

"Margem" - Cristiana Águ...

Cristiana Águas - "Só por...

"Ingravidez" - Cristiana...

"Alma Sadina" - Cristiana...

Cristiana Águas - Sangue ...

Cristiana Águas - Porque ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds