Terça-feira, 25.07.17

sociedade.png

 

 

O mundo é cada vez mais global e inclusivo. Portugal também. Acolhemos, de braços genuinamente abertos, várias comunidades que, em troca, nos enriquecem com a sua diversidade. Vivemos juntos num mesmo território. Partilhamos uma nação habitada por quem entende a diferença e a aplaude. 


Quando acontece algo tão trágico como os incêndios que afetaram tantas famílias em Pedrógão Grande, estamos, mais uma vez, juntos. As ações de solidariedade e ajuda às vítimas têm, felizmente, sido muitas e fundamentais. 

Comunidade Hindu de Portugal, presente no nosso país desde 1975 (devido à descolonização de Moçambique) leva a cabo iniciativas de âmbito religioso, cultural, social e educativo que contam com a participação dos seus cerca de 9000 membros e que, além de celebrarem as tradições da cultura hindu, fazem também uma ponte com a cultura portuguesa. 

É nesse âmbito de partilha de culturas, tradições e, sim, preocupações que a Comunidade Hindu  de Portugal, juntamente com a Câmara Municipal de Lisboa, organiza um espetáculo solidário no próximo dia 28 de Julho, às 21 horas com o objetivo de angariar fundos que ajudem as vítimas dos incêndios de Pedrógrão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera. O donativo de entrada custa 10 euros e, além de ser um contributo precioso para quem tanto precisa, é a oportunidade de ver um espetáculo que aproxima a cultura portuguesa da hindu: atuações culturais indianas, o rancho folclórico Casa do Minho, o coral orquestral Omkara e Paco Bandeira. Um alinhamento que reflete a proximidade entre duas culturas historicamente irmãs e que prova a total integração da comunidade hindu no nosso país. 
Porque, assim com as tragédias não escolhem credo nem geografia, a solidariedade não pode, nunca, limitar-se por nenhum tipo de fronteiras. 

Bilhetes à venda na Secretaria da Comunidade Hindu de Portugal. Para mais informações: 
Telefone: 217 576 524
Site: www.comunidadehindu.org  



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.10.16

solidario.png

 

 

Concerto Solidário APCL
Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa

Ricardo Ribeiro, Lura, Carla Andrino e Carla Pires entre os artistas convidados.

 

O concerto solidário que a Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL) está a organizar no dia 17 de Outubro, no Teatro Armando Cortez, pelas 21h30, tem como principal objectivo dar a conhecer a actividade da instituição e apelar a uma maior participação de todos.

Para dar voz a esta causa, juntaram-se os fadistas: Ricardo Ribeiro e Carla Pires, a cantora cabo verdiana Lura, Mafalda Sacchetti, Paula Sá, The Guest e o Grupo de Dança de Moscavide. A apresentação fica a cargo das actrizes Carla Andrino e Sofia Nicholson.

Este concerto serve também para assinalar o Dia da Paralisia Cerebral que se celebra a 20 de outubro. Esta data visa desmistificar alguns preconceitos e mostrar à sociedade os problemas e desafios que sofrem diariamente as pessoas com paralisia cerebral, assim como as suas famílias.

São seis as palavras que identificam o trabalho da APCL: Reabilita, Ensina, Ocupa, Forma,Apoia e dá um Lar.

A APCL ajuda pessoas com paralisia cerebral e suas famílias desde 1960. Surgiu através de um grupo de pais que precisava de assistência para o desenvolvimento das capacidades dos seus filhos, por parte de técnicos especializados, para os desafios que a paralisia cerebral apresenta.

Ao longo destes 56 anos de actividade, foram muitas as crianças e adultos que a APCL acompanhou. E trabalha para, continuamente  encontrar soluções à medida das necessidades que vão surgindo.
Em Lisboa, iniciou-se com o Centro de Reabilitação, ao qual se seguiu a Escola de Ensino especial, o Centro de Actividades Ocupacionais, o Centro de Formação Profissional, o Apoio Domiciliário e os Lares Residenciais. Mais recentemente foram criadas respostas de Hidroterapia, Hipoterapia, Creche e Residência Autónoma. A APCL acolhe mais de 450 pessoas em 5 Equipamentos situados em Lisboa, Odivelas e Oeiras.

A instituição tem apostado na abertura à comunidade através de parcerias a nível local, nomeadamente com grupos de jovens que acompanham as actividades ocupacionais e também com idosos do centro dia que partilham actividades desportivas. Estas ações têm contribuído para uma maior integração social dos utentes, e para uma partilha de recursos e desenvolvimento de actividades conjuntas.

O contributo da APCL para melhorar a vida destas famílias é constante, e as respostas aos desafios que surgem tendem a a ser inovadoras mas sempre adequadas a cada caso, com vista ao desenvolvimento das suas capacidades, à concretização de um projecto de vida, e ao pleno exercício da cidadania.

Informações:
Dia 17 Outubro - 21:30
Teatro Armando Cortez (casa do artista)
Estrada da Pontinha, 7.
1600-584 Lisboa.
Telefone: 217 110 890
Preço do bilhete: 10 euros
Bilhetes à venda nos locais habituais: Teatro Armando Cortez, Ticketline.pt e equipamentos da APCL.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.10.14

buddapowerblues.png

 

UM EVENTO SOLIDÁRIO
 

A Fundação AMA Autismo Apresenta LISBON BLUES FEST, nos dias 24 e 25 de Outubro no Armazén F - Lisboa


Maria João, uma das mais reconhecidas cantoras portuguesas, vai atravessar a fronteira entre o Jazz e o Blues mostrando que o seu talento não é redutível a fronteiras musicais.


Nesta viagem Maria João vai ser acompanhada por uma das grandes bandas do Blues português Budda Power Blues.
Este trio é liderado por Budda que é considerado um dos melhores e mais carismáticos guitarristas de Blues portugueses, dono de uma técnica apurada, de uma voz cheia de soul.Os concertos de Budda Power Blues são uma explosão de energia, a verdadeira Blues Experience.

 

Lisbon Blues Fest 2014 terá as participações de: "Acid Jazz" com José Cid em modo blues, "Velma Powel & Bluedays", "Chino & the Big Bat" e "Maria João feat Budda Power Blues" .

 

Um evento solidário . Faça aqui a sua reserva!



publicado por olhar para o mundo às 21:15 | link do post | comentar

Terça-feira, 30.09.14

MANIFESTO - 4 Out - Concerto Solidário - Dia Mundial do Animal [

 

MANIFESTO em Concerto

4 OUTUBRO | 22H | Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro

 

Manifesto é uma declaração de princípios e emoções.
 
Manifesto é cantado em português sob o desígnio do rock.
 
Manifesto são quatro, Paulo Lima, Augusto Figueira, Bidgi Marciano e Nuno Justo, e depois da apresentação em Março do seu primeiro álbum de originais intitulado  “Homónimo”, apresentam-se agora com um concerto acústico no auditório daBiblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Lisboa, a 4 Outubro às 22h.
 
"Homónimo" foi gravado nos estúdios BEBOP com produção, gravação e mistura de Cajó (Xutos & Pontapés, Censurados, Tara Perdida, etc.) e inclui temas marcantes como “Acordai”, homenagem ao maestro Fernando Lopes Graça e ao poeta José Gomes Ferreira e "Arriscar".
 
Manifesto juntam-se assim às comemorações do Dia Mundial do Animal, revertendo a totalidade da bilheteira directamente para a União Zoófila, numa iniciativa que conta com o apoio da RDP e das Bibliotecas Municipais de Lisboa.

Um Manifesto que precisa de ser ouvido.

Entrada: 5€, que segue directamente como donativo para a União Zoófila, ou pela entrega de ração, paté, areão, mantas, medicamentos para os animais.



publicado por olhar para o mundo às 10:51 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.12.13

Concerto solidário de alunos do mestre António Chainho em Grândola

Os alunos da escola de guitarra portuguesa do mestre António Chainho, em Grândola, sobem ao palco do auditório municipal, no sábado à tarde, para um concerto solidário, cuja entrada é paga com a entrega de bens alimentares.


O espetáculo vai servir para dar a conhecer o trabalho que António Chainho tem desenvolvido com os seus aprendizes desde o início de março deste ano, altura em que a escola foi criada, divulgou hoje a Câmara Municipal de Grândola.

 

Na entrada para o concerto, os espetadores devem contribuir com alimentos, que serão depois distribuídos pelas famílias carenciadas do concelho, com o objetivo de “proporcionar um Natal mais feliz a quem menos tem”.

 

O Cine Granadeiro Auditório Municipal vai ser o palco do evento, que conta, a partir das 16:00 de sábado, com as atuações dos alunos de guitarra portuguesa e do seu mestre, aos quais se juntam os fadistas Ana Valadas, Luís Gonçalves e Joana Luz.

 

A Escola de Guitarra Portuguesa Mestre António Chainho funciona em Grândola há cerca de nove meses, na sede da Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense (SMFOG), também conhecida como Música Velha, uma coletividade centenária que dinamiza duas bandas e uma escola de música.

 

O projeto nasceu da iniciativa de alguns habitantes de Grândola que aprendiam com António Chainho na escola do concelho vizinho de Santiago do Cacém, de onde o músico é natural, fundada em 2005.

 

Foram estes alunos que lançaram o desafio ao município de Grândola de apostar no ensino da guitarra portuguesa, contou à agência Lusa o consagrado guitarrista, com mais de 45 anos de carreira.

 

O projeto é comparticipado financeiramente pela câmara e beneficia dos melhoramentos introduzidos no edifício da SMFOG pelas obras de requalificação, inauguradas há cerca de dois anos, no âmbito do programa de regeneração urbana do concelho.

 

António Chainho foi o fundador da primeira escola de guitarra portuguesa em Portugal, nos anos 80 do século XX, em Lisboa.

 

retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:06 | link do post | comentar

Sábado, 02.11.13


A APPDA Coimbra (Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Coimbra) vai realizar um concerto solidário, no dia 16 de novembro, pelas 21 horas, no Conservatório de Música de Coimbra.

A noite conta com as atuações de Miguel Guerreiro, Gonçalo da Câmara Pereira, Anaquim e a Estudantina Universitária de Coimbra.

A Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Coimbra (APPDA Coimbra) tem como missão garantir respostas específicas e individualizadas a Pessoas Portadoras de Perturbações do Desenvolvimento e Autismo e suas famílias, permitindo a sua autonomia e o exercício de uma cidadania plena.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:30 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.12.12

Sara Tavares em concerto Solidário

Manuela Azevedo, dos Clã, Sara Tavares, Luísa Sobral, Cuca Roseta e Maria Bradshaw juntam-se no palco do Pavilhão Atlântico a 8 de março do próximo ano, para um concerto solidário, cujas receitas revertem a favor da Associação Novo Futuro.

 

Fundada em 1996 em Portugal, a Associação de Lares Familiares para Crianças e Jovens Novo Futuro é uma instituição particular de solidariedade social. De âmbito nacional e sem fins lucrativos, tem como objetivo o acolhimento em pequenos lares de crianças e jovens privados de ambiente familiar adequado, proporcionando-lhes o desenvolvimento humano a que têm direito, o afeto, bem-estar e privacidade, para além de uma educação que lhes permita uma plena integração na sociedade.

 

Ao longo de mais de uma década de trabalho, a Novo Futuro já acolheu 134 crianças e jovens, tendo atualmente oito Lares (sete na Grande Lisboa e um em Gaia), onde residem 74 crianças e jovens, nos quais serão investidas as verbas resultantes do espetáculo.

 

O espetáculo tem início às 22h00.

 

Os bilhetes, à venda nos locais habituais, custam entre €10 e €40.

Sara Novais



publicado por olhar para o mundo às 12:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.01.12

Mazelab

 

A banda natural de Paço de Arcos apresenta ao vivo o segundo trabalho discográfico intitulado «Evolution» no dia 25 de janeiro no Hard Rock Café, em Lisboa, pelas 22:00. 

As influências musicais dos Mazelab são «diversas» e englobam o ‘hard’ dos Led Zeppelin, os ‘blues’ de Jimi Hendrix, passando por alguns territórios considerados mais ‘funky’, ‘soul’ e ‘jazz’.

«Os Mazelab são puro ‘rock’, embalados por uma voz que nos transporta para um ambiente intenso e com uma energia única», explicam em comunicado enviado ao Sapo Música.

 

O primeiro single extraído deste disco - «Compromise» - é o hino do projeto Make it Possible apoiado pela Campanha Objectivos 2011 das Nações Unidas. A capa de «Evolution», desenhada pelo artista plástico Paulo Arraiano, ganhou um Prémio Internacional de Design - IDN Design Award.

Com dez anos de carreira, o grupo editou dois discos e, para 2012, a banda pretende que este seja um ano «decisivo» para dar a conhecer os seus temas.

Neste sentido vão subir ao palco improvisado no Hard Rock Café, em Lisboa, no dia 25 de janeiro, pelas 22:00. Trata-se de um concerto solidário, o qual, com entrada gratuita, convida cada espetador a depositar no local um donativo a ser entregue à Associação MIMAR.

A instituição de solidariedade social tem como missão acolher crianças em perigo e trabalhar para que voltem a ter uma família (natural ou adotiva) que as proteja e valorize, pode ler-se na página da associação na Internet.

Paulo Ramos (voz) Luis Nené Peleira (guitarras), Zé Moreira (bateria acústica) e Leopoldo Gouveia (baixo) são os músicos que formam os Mazelab.

Videoclip de «Compromise»

 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 09:03 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Concerto Solidário - Soli...

Concerto Solidário APCL A...

MARIA JOÃO feat BUDDA POW...

MANIFESTO - 4 Out - Conce...

Concerto solidário de alu...

Anaquim e Gonçalo da Câma...

Manuela Azevedo, Sara Tav...

Mazelab em concerto solid...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds