Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

27 Abr, 2013

Cintura - Vontade

  Letra   vontade que se safa não volta, não escapa  vontade que eu tenho mais alta, sem medo  o que não pode não vai sorte, acabar acabado de chegar  acabado de chegar repara que não sai, de cima vontade que se encosta de raspão  camisa que desaperta  doçura com tensão, um pouco como eu gosto  língua sem falar  acabado de beijar  acabado de beijar repara que não sai, de cima  vulgar...sorte
    CINTURA O radialista inglês John Peel disse uma vez que “uma cena musical só é madura e criativa quando o mainstream e o alternativo convivem sadiamente; quando a comunidade mainstream sabe valorizar o alternativo e a comunidade alternativa sabe valorizar o mainstream”;   Os Cintura parecem provar que a cena musical portuguesa atingiu finalmente essa (...)
  Letra   uma luz que se acende ilumina um vazio um silêncio que se prende só se prende por um fio acabaste de dizer amor até já cuidado essa palavra morre ou nasce logo de manhã... gravata cor de vermelho escuro escolho esta, mudo ou não mudo Não faças por fazer de ti o meu mundo vais perceber, não te vou contar num segundo o malandro, corre pela calçada malandro para que ninguém o veja esconde-se na sombra, assim seja fiz a mesma coisa para te ver enquanto não te podia ter (...)
  Letra   um café sim, um pouco mais vou-te ver passar respira o que vês e se não tens dou-te do meu ar o canal só mostra que não o homem, não dorme sem senão e mais não paga um café só não basta não tenho desta quando a fome aperta... hoje vou sair, a minha mesa está vazia quem me dera voar no ar da noite até ser dia o porteiro mostra-me cartão o homem diz logo quantas são? me quer parecer se te der, logo canta vontade de te ver, se não vir logo acalma eu vou estar aqui o mesmo bolso a mesma calça
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email