Sexta-feira, 08.04.16

 

Letra

 

Que venha o sol o vinho e as flores
Marés, canções de todas as cores
Guerras esquecidas por amores;

Que venham já trazendo abraços
Vistam sorrisos de palhaços
Esqueçam tristezas e cansaços;

Que tragam todos os festejos
E ninguém se esqueça de beijos
Que tragam pendas de alegria
E a festa dure até ser dia;

Que não se privem nas despesas
Afastem todas as tristezas
Pão vinho e rosas sobre as mesas;
Que tragam cobertores ou mantas
E o vinho escorra p'las gargantas
E a festa dure até às tantas;

Que venham todos de vontade
Sem se lembrarem de saudade
Venham os novos e os velhos
Mas que nenhum me dê conselhos!

Que venham todos de vontade
Sem se lembrarem de saudade
Venham os novos e os velhos
Mas que nenhum me dê conselhos!

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Sábado, 12.03.16

carlosmendes.jpg

 

Carlos Mendes recebeu, em 2014, a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores, na cerimónia 'O Homem, o Músico e o Cantor', alcançando assim o pleno reconhecimento público, por uma vida dedicada à música e recheada de sucessos e de bons momentos.


Em 2015 o artista celebra os seus 50 anos de carreira e, para comemorar a data da melhor forma, regravou algumas das canções mais emblemáticas do seu repertório, como “Amélia dos Olhos Doces”, “Ruas de Lisboa” e “A Festa da Vida”, em versões de voz e piano, evidenciando assim, da melhor forma, os seus dotes de cantor e intérprete.


Transpondo este conceito para a estrada, Carlos Mendes Mendes apresenta A Festa da Vida, um concerto intimista, em que o público é convidado a partilhar, de forma sincera, a sua vida repleta de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a música portuguesa.


Este é um espetáculo diferente do habitual, mais íntimo, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro. Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da Vida, da Alegria e dos Afetos.
Carlos Mendes - um artista e um espetáculo absolutamente únicos.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 04.02.16

carlosmendes.png

 

 

Uma voz. Um piano.


Autor, compositor e cantor de temas intemporais como "Festa da Vida", "Amélia dos Olhos Doces", "Ruas de Lisboa", "Alcácer que vier", "Meu Menino Povo", Carlos Mendes apresenta um espectáculo intimista para comemoração dos seus 50 anos de carreira.


Num espectáculo a solo, ao piano, Carlos Mendes convida-nos à partilha sincera de uma vida cheias de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a história da música portuguesa.


"A Festa da Vida" é um espectáculo diferente do habitual, mais intimista, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro. Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da vida, da alegria e dos afectos.

 

Música
12 Fev | 21:30H | 10€



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28.01.16

carlosmendes.jpg

 

 

Carlos Mendes recebeu, em 2014, a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores, na cerimónia 'O Homem, o Músico e o Cantor', alcançando assim o pleno reconhecimento público, por uma vida dedicada à música e recheada de sucessos e de bons momentos.


Em 2015 o artista celebra os seus 50 anos de carreira e, para comemorar a data da melhor forma, regravou algumas das canções mais emblemáticas do seu repertório, como “Amélia dos Olhos Doces”, “Ruas de Lisboa” e “A Festa da Vida”, em versões de voz e piano, evidenciando assim, da melhor forma, os seus dotes de cantor e intérprete.


Transpondo este conceito para a estrada, Carlos Mendes Mendes apresenta A Festa da Vida, um concerto intimista, em que o público é convidado a partilhar, de forma sincera, a sua vida repleta de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a música portuguesa.


Este é um espetáculo diferente do habitual, mais íntimo, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro. Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da Vida, da Alegria e dos Afetos.


Carlos Mendes - um artista e um espetáculo absolutamente únicos.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 05.01.16

carlosmendes.jpg

 

 

Carlos Mendes recebeu, em 2014, a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores, na cerimónia 'O Homem, o Músico e o Cantor', alcançando assim o pleno reconhecimento público, por uma vida dedicada à música e recheada de sucessos e de bons momentos.


Em 2015 o artista celebra os seus 50 anos de carreira e, para comemorar a data da melhor forma, regravou algumas das canções mais emblemáticas do seu repertório, como “Amélia dos Olhos Doces”, “Ruas de Lisboa” e “A Festa da Vida”, em versões de voz e piano, evidenciando assim, da melhor forma, os seus dotes de cantor e intérprete.


Transpondo este conceito para a estrada, Carlos Mendes Mendes apresenta A Festa da Vida, um concerto intimista, em que o público é convidado a partilhar, de forma sincera, a sua vida repleta de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a música portuguesa.


Este é um espetáculo diferente do habitual, mais íntimo, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro. Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da Vida, da Alegria e dos Afetos.


Carlos Mendes - um artista e um espetáculo absolutamente únicos.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 03.12.15

carlosmendes.jpg

 

CARLOS MENDES
A FESTA DA VIDA

 
Carlos Mendes recebeu, em 2014, a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores, na cerimónia 'O Homem, o Músico e o Cantor', alcançando assim o pleno reconhecimento público, por uma vida dedicada à música e recheada de sucessos e de bons momentos.


Em 2015 o artista celebra os seus 50 anos de carreira e, para comemorar a data da melhor forma, regravou algumas das canções mais emblemáticas do seu repertório, como “Amélia dos Olhos Doces”, “Ruas de Lisboa” e “A Festa da Vida”, em versões de voz e piano, evidenciando assim, da melhor forma, os seus dotes de cantor e intérprete.


Transpondo este conceito para a estrada, Carlos Mendes Mendes apresenta A Festa da Vida, um concerto intimista, em que o público é convidado a partilhar, de forma sincera, a sua vida repleta de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a música portuguesa.


Este é um espetáculo diferente do habitual, mais íntimo, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro. Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da Vida, da Alegria e dos Afetos.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.09.15

carlosMendes.jpg

CONCERTO LISBOA ACOLHE
 

SEGUNDA, 28 SETEMBRO, ÀS 21H - SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL


Lisboa junta artistas num concerto de apoio aos refugiados, no São Luiz Teatro Municipal, dia 28 de Setembro, às 21 horas.


No âmbito das medidas de responsabilidade social desenvolvidas pelo município e pela empresa municipal de cultura de Lisboa, a EGEAC apresenta o concerto Lisboa Acolhe, organizado pelo São Luiz Teatro Municipal, que tem por objectivo sensibilizar a opinião pública e angariar fundos para apoiar o acolhimento de refugiados na cidade de Lisboa e no país.


O concerto conta com a participação de Camané, Carlão, Carlos Mendes, Cristina Branco, Dead Combo, Jorge Palma, Márcia, Rita Redshoes, Samuel Úria, Sara Tavares e Sérgio Godinho.

O preço dos bilhetes varia entre os 15 € e os 40 €. As receitas de bilheteira deste concerto reverterão, na íntegra, para associações envolvidas na operação de acolhimento de refugiados em Portugal.

 

PREÇÁRIO
1.ª plateia, 1.º balcão e camarotes 1.ª ordem central 40 €
2.ª plateia e frisas 30 €
Camarotes 1.ª ordem lateral e 2.º balcão 25 €
Camarotes 2.ª ordem 20 €
Outros Lugares 15 €



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.03.15

carlosmendes.jpg

 

 

Carlos Mendes celebra 50 anos de uma carreira recheada de sucesso e bons momentos.

 


O seu percurso tem início com a fundação dos Sheik's, grupo que, nos anos 60, conheceu enorme êxito nacional e internacional, e desde essa época, o seu mérito como cantor, autor, ator, criador e/ou apresentador tem sido reconhecido e premiado. 


Vários dos seus discos foram considerados como os melhores do ano, na categoria de música infantil – 'Jardim do Jaleco', 'Natal do Pai Natal', apenas como exemplo, e, noutro registo, temas emblemáticos como 'Alcácer Que Vier', 'Ruas da Minha Cidade' ou ' Amélia dos Olhos Doces' foram marcos importantes na história da música em Portugal.


Com um total de 20 discos gravados, Carlos Mendes, soma duas vitórias no Festival da Canção, em 1968 ('Verão') e em 1972 com o tema 'A Festa da Vida'. Participou como autor em vários programas televisivos, tendo sido responsável pela criação e apresentação do talk-show 'Falas Tu ou Falo Eu' e destaca-se, também, pela sua atividade no canto lírico, no qual tem vindo a especializar-se enquanto cantor e professor.


Carlos Mendes recebeu, em 2014, a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores, na cerimónia 'O homem, o músico e o cantor', onde o seu percurso mereceu os melhores elogios e aplausos.

 



publicado por olhar para o mundo às 20:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.10.14

 

 

Letra

 

O Crato 

vem decretando alegremente

quem quem quem

coisas contra a classe docente

quem

armada em saliente

o bandido é pra já vê lá bem

 

O tanso

era um coelho e disse assim

amém amém

olhou pro Crato e disse muito bem

o desgoverno é de quem tem um amigo em belém

 

e lá no ministério

esforçam-se a tramar

matam-se a lixar

os professores que ainda há

 

a voz do Crato ai é mesmo desacato

jogo de cena com  o tanso

ai é mato

mas o costado final

quando cairem todos

temos peru no natal

 

quem quem quem

em belém cai também

ai cai

cai o chato

cai o chato de Belém

 

quem quem quem quem

em belém cai também

cai o chato

cai o chato de Belém

 

o chato

do lado certo da oposição

quem quem

olha pró Crato e manda-lhe um não

acha molhas a ninguém

de lado meu bem

 

O tanso

era um coelho e disse assim

amém amém

olhou pro Crato e disse muito bem

o desgoverno é de quem tem um amigo em belém

 

e lá no ministério

esforçam-se a tramar

matam-se a lixar

os professores que ainda há

 

a voz do Crato ai é mesmo desacato

jogo de cena com  o tanso

ai é mato

mas no estado final

quando cairem todos

temos peru no natal

 

quem quem quem

em belém cai também

ai cai

cai o chato

cai o chato de Belém

 

quem quem quem

em belém cai também

ai cai

cai o chato

cai o chato de Belém

cai o chato de belém

 



publicado por olhar para o mundo às 11:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.10.14

Local - Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha Data - dia 11 de outubro de 2014 Hora - 21:30h Preço do Bilhete - 10.00€ Bilhetes à venda em bilheteira online 

 

CARLOS MENDES

 

FESTA DA VIDA | 50 ANOS DE CARREIRA

 

Uma voz. Um piano. Autor, compositor e cantor de temas intemporais como Festa da Vida, Amélia dos Olhos

 

Doces, Ruas de Lisboa, Alcácer que vier, Meu Menino Povo, Carlos Mendes apresenta um espectáculo intimista para comemoração dos seus 50 anos de carreira.Num espectáculo a solo, ao piano, Carlos Mendes convida-nos à partilha sincera de uma vida cheias de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a história da música portuguesa.A Festa da Vida é um espectáculo diferente do habitual, mais intimista, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro.Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da Vida, da Alegria e dos Afectos. 

 

Local - Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha
Data - dia 11 de outubro de 2014
Hora - 21:30h
Preço do Bilhete - 10.00€
Bilhetes à venda em bilheteira online



publicado por olhar para o mundo às 12:51 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.09.14

Carlos Mendes no Teatro Lethes

 

Aniversário da ACTA no Teatro Lethes

 

Cumpre-se a 5 de Outubro mais um ano sob a data de instalação da ACTA no Teatro Lethes, oficializada através de um protocolo de comodato celebrado a 5 de Outubro de 2012 entre o Município de Faro e a ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve.


Este ano a data é simbolicamente assinalada com um "Concerto de Ano Novo" com o autor, compositor e interprete Carlos Mendes. Um nome consensual da música portuguesa.


Uma voz. Um piano. Autor, compositor e cantor de temas intemporais como Festa da Vida, Amélia dos Olhos Doces, Ruas de Lisboa, Alcácer que vier, Meu Menino Povo, Carlos Mendes apresenta um espectáculo intimista para comemoração dos seus 50 anos de carreira. Num espectáculo a solo, ao piano, Carlos Mendes convida-nos à partilha sincera de uma vida cheia de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a história da música portuguesa.

 

A Festa da Vida é um espectáculo diferente do habitual, mais intimista, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções.

 

Local - Faro | Teatro Lethes

Data - Dia 05 de Outubro de 2014

Hora - 21:30 horas

Bilhetes à venda no Teatro e bilheteira online



publicado por olhar para o mundo às 12:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.01.12

 

Letra

 

Amélia dos olhos doces, 
Quem é que te trouxe grávida de esperança? 
Um gosto de flor na boca, 
Na pele e na roupa, perfumes de França 

Cabelos cor-de-viúva, 
Cabelos de chuva, sapatos de tiras, 
E pois, quantas vezes, 
Não queres e não amas 
Os homens que dormem, 
Os homens que dormem contigo na cama 

Amélia dos olhos doces, 
Quem dera que fosses apenas mulher 
Amélia dos olhos doces, 
Se ao menos tivesses direito a viver 

Cabelos cor-de-viúva, 
Cabelos de chuva, sapatos de tiras, 
E pois, quantas vezes, 
Não queres e não amas 
Os homens que dormem, 
Os homens que dormem contigo na cama 

Amélia gaivota, amante, poeta, 
Rosa de café 
Amélia gaiata, do bairro da lata, 
Do Cais do Sodré 

Tens um nome de navio, 
Teu corpo é um rio onde a sede corre 
Olhos doces, quem diria, 
Que o amor nascia onde Amélia morre 

Cabelos cor-de-viúva, 
Cabelos de chuva, sapatos de tiras, 
E pois, quantas vezes, 
Não queres e não amas 
Os homens que dormem, 
Os homens que dormem contigo na cama



publicado por olhar para o mundo às 17:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.07.11
Letra
Amélia dos olhos doces, 
Quem é que te trouxe grávida de esperança? 
Um gosto de flor na boca, 
Na pele e na roupa, perfumes de França 

[refrão] 
Cabelos cor-de-viúva, 
Cabelos de chuva, sapatos de tiras, 
E pois, quantas vezes, 
Não queres e não amas 
Os homens que dormem, 
Os homens que dormem contigo na cama 

Amélia dos olhos doces, 
Quem dera que fosses apenas mulher 
Amélia dos olhos doces, 
Se ao menos tivesses direito a viver 

[refrão] 

Amélia gaivota, amante, poeta, 
Rosa de café 
Amélia gaiata, do bairro da lata, 
Do Cais do Sodré 

Tens um nome de navio, 
Teu corpo é um rio onde a sede corre 
Olhos doces, quem diria, 
Que o amor nascia onde Amélia morre 

[refrão]


publicado por olhar para o mundo às 17:23 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Carlos Mendes - A Festa d...

Carlos Mendes no Auditóri...

Carlos Mendes no Cinetea...

Alcochete recebe Carlos M...

Carlos Mendes em Alcobaça

Carlos Mendes em digressã...

Carlos Mendes vai estar n...

Carlos Mendes festeja 50 ...

Carlos Mendes - O crato

Carlos Mendes nas Caldas ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds