Domingo, 05.11.17

cais.jpg

 

 

CAIS SODRÉ FUNK CONNECTION DIA 6 NOVEMBRO EM LISBOA
 
Usando as suas muitas connections, apresentam Sara Tavares, Capicua, Da Chick, Rita Guerra, NBC e ainda Tatanka (dos Black Mamba) como convidados (muito) especiais para uma noite inesquecível.


Deixem a gravata à porta, tragam sorrisos, venham fazer a festa, os CAIS SODRÉ não fazem "a coisa" por menos!

Are you ready?


Início do espectáculo 21:30
Bilhetes Plateia Palco em Pé 15€



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.06.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 16.02.16

caisdosodre.jpg

 

 

CAIS SODRÉ FUNK CONNECTION
26 de Fevereiro edição de Soul, Sweat & Cut the Crap
Concerto de Apresentação em Lisboa
Maxime sur Mer * 23H * entrada entre 10 e 12€


O título do novíssimo álbum dos Cais Sodré Funk Connection, Soul, Sweat & Cut the Crap, diz-nos praticamente tudo o que importa saber sobre a música que fazem: vem da alma, exige energia e entrega, e é honesta e directa. Sem truques, sem artifícios, sem efeitos especiais ou enquadramentos artificiais de modas vazias.
 
Este é já o segundo álbum dos Cais Sodré Funk Connection depois da auspiciosa estreia assinada com You Are Somebody que o próprio grupo lançou em 2012. A estreia discográfica data de um par de anos antes, com o single “Lose It” que foi concebido com a participação de Rickey Calloway. E em todos estes anos, o colectivo foi polindo o verdadeiro diamante que revelaram ser desde a primeira hora: com incontáveis gotas de suor largadas em palco, com pérolas como “Summer Days of Fun” a conquistarem espaço nos nossos ouvidos, corações e ancas e até com o improvável hit que resultou do cruzamento com esse original soul boy que é Paulo de Carvalho no enorme “Mãe Negra”.
 
O som dos Cais Sodré Funk Connection é, obviamente, canalizado através dos grandes: de James Brown e Aretha Franklin, de Marvin Gaye e Eatta James, reis e raínhas que ainda hoje são referências incontestadas onde quer que se valorize o poder da alma acima do ruído das luzes.
 
Com Soul, Sweat & Cut the Crap este colectivo de irmãos e irmãs soul prova que se pode crescer e tornar ainda mais perfeito o que já era de uma beleza irrepreensível: os metais soam mais coesos, mais sofisticados, os ritmos mais sensuais, as melodias mais luminosas. Os temas – que em termos de autoria resultam quase sempre da combinação dos talentos musicais e poéticos de Tiago Santos, João Gomes e João Cabrita – são poderosas evocações de uma tradição, mas realizados a partir do presente, como se o tempo fosse uma mera ilusão: “Take it Like a Man”, “Soul Lady”, “Ridin’ a Funkin’ Bike” ou “Like No Other” e “Do The Math” são bombas de açúcar para os nossos ouvidos, ímans irresistíveis para os nossos pés e enchem-nos de sorrisos. São lições de groove, precisas e fluídas ao mesmo tempo. Como só a soul sabe ser.
 
João Gomes, Francisco Rebelo, Tiago Santos, João Cabrita, José Raminhos, Miguel Marques e Rui Alves são os inexcedíveis instrumentistas de serviço, poços de bom gosto em que sabe bem mergulhar. À frente, a classe pura de Silk e Tamin que injectam alma em cada tema como se o Cais Sodré fosse ali algures ao lado de Memphis, um sítio obrigatório para passar a caminho dos estúdios da Stax.
 
Soul, Sweat & Cut the Crap sai em 2016, mas podia ter saído em 1966, 1978, 1995 ou 3140. Não importa: música assim não se prende ao tempo, só à alma de quem a ela se entrega.



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.02.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra e Música: João Cabrita

 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Sábado, 29.09.12
 


Letra


Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 17:24 | link do post | comentar

Os Cais do Sodré Funk Connection reúnem membros dos Cool Hipnoise, Orelha Negra, Mr. Lizard e Cacique 97Os Cais do Sodré Funk Connection reúnem membros dos Cool Hipnoise, Orelha Negra, Mr. Lizard e Cacique 97 (DR)

 

A banda que desde há quatro anos tem levado a palco toda a elegância da soul e o suor do funk apresenta esta noite o seu álbum de estreia, You Are Somebody. Onde? Onde tudo nasceu. No Cais do Sodré.

 

Durante quatro anos andaram a espalhar elegância soul e suor funk pelo Musicbox, a casa onde nasceram, e por onde mais os quisessem ouvir. Agora, os clássicos que transportaram para o palco e os originais que foram nascendo materializam-se fisicamente. “You Are Somebody!”, o álbum de estreia dos Cais do Sodré Funk Connection é este sábado apresentado. No bairro lisboeta que lhes deu nome, no clube que os primeiro os acolheu. Uma apresentação à antiga. Ou seja, não será um concerto, serão duas sessões, DJ sets, uma arruada. Noite fora, a soul não parará.

Reunindo membros dos Cool Hipnoise, Orelha Negra, Mr. Lizard ou Cacique 97, os Cais do Sodré Funk Connection são formados por Silk e Tamin nas vozes, João Gomes nos teclados, Francisco Rebelo no baixo, Tiago Santos na guitarra, Rui Alves na bateria e pela secção de metais de João Cabrita (saxofone), José Raminhos (trompete) e Miguel Marques (trombone). C

omeçaram com uma residência muito concorrida no Musicbox, onde aprimoraram o groove através de clássicos dos históricos da soul. Tal como outros espalhando a boa velha nova do groove, como os australianos The Bamboos, os americanos da Menahan Street Band ou o inglês Quantic, que ultimamente se vem dedicando aos sons da América latina, os Cais do Sodré Funk Connection surgem para pregar a absoluta intemporalidade desta música. Em You Are Somebody! fazem-no misturando clássicos de Etta James (Tell Mama, Seven days fool) ou James Brown (I got the feeling) com pérolas obscuras como Getting the corners, dos TSU Tornadoes, e criações próprias nascidas daquela fonte inspiradora. 

O concerto tem entrada livre e a celebração faz-se em várias fases. Preparemo-nos. Começa às 22h, com a actuação de O Menino É Lindo, uma banda de dixieland que percorrerá as ruas do Cais do Sodré. Às 22h30, os membros da banda pegam nos pratos para dar música aos bares Povo e Velha Senhora. Uma hora depois, os Cais do Sodré Funk Connection fazem o seu primeiro set no Musicbox. Às 00h30, voltam a mascarar-se de DJ na Velha Senhora e na Pensão Amor e às 1h30, o funk regressa ao palco do Musicbox. Uma longa noite de “soul power”.


Noticia do Público


publicado por olhar para o mundo às 17:21 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

CAIS SODRÉ FUNK CONNECTIO...

Cais Sodré Funk Connectio...

CAIS SODRÉ FUNK CONNECTIO...

Cais Sodré Funk Connectio...

CAIS DO SODRE FUNK CONNEC...

Para suar com os Cais do ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds