Sexta-feira, 13.09.13

Rock in Rio começa hoje no Brasil com Orelha Negra no palco alternativo


A 12ª edição do Rock in Rio e quinta a ser realizada no Brasil começa esta tarde com a banda portuguesa Orelha Negra a fechar o primeiro circuito de apresentações do palco alternativo.


Ao início da tarde, o palco Sunset, arena secundária que inicia a programação do festival, receberá a banda norte-americana de funk metal Living Colour e a cantora e compositora beninense, vencedora do Grammy de 2008, Angélique KidJo.

 

Depois apresentam-se a cantora de MPB, Maria Rita, e o grupo norte-americano de blues rock, Vintage Trouble.

 

A fechar a tarde, o grupo português Orelha Negra subirá ao palco ao lado do rapper brasileiro Flávio Renegado, músico nascido e criado na favela Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte (Minas Gerais), considerado o artista revelação em 2008 pelo prémio do festival de Hip Hop brasileiro Hútuz.

 

Na abertura do Palco Mundo, músicos de várias gerações realizam um tributo ao cantor e compositor brasileiro Cazuza (1958-1990), entre eles grandes nomes da música brasileira como Ney Matogrosso e Frejat, ex-elemento da banda Barão Vermelho da qual Cazuza fez parte.

 

A baiana Ivete Sangalo, que também se apresentou na edição de 2011, é a segunda a subir ao palco da arena principal, cedendo depois o lugar ao francês David Guetta.

 

A grande atração da noite, a diva pop norte-americana Beyoncé, terá a responsabilidade de encerrar a festa.

 

O festival, que decorre até 22 de setembro, apresentará ainda outros cinco nomes portugueses, entre eles os "The Gift", Aurea e Black Mamba, além dos DJs Vibe e Ride, que se apresentam na arena de música eletrônica.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28.06.13

Rock in Rio: Portugueses e brasileiros lado a lado no Palco Sunset

O Rock in Rio regressa a casa, ao Rio de Janeiro, e leva na mala um elaborado conjunto de colaborações entre artistas portugueses e brasileiros, à semelhança do que aconteceu em 2011. Com o dobro do tamanho, o Palco Sunset promete assim mais uma edição que conta com os portugueses Orelha Negra ou Áurea, entre muitos outros. 

Zé Ricardo, diretor artístico do Palco Sunset, levantou o véu sobre o que podemos esperar deste Rock in Rio e trouxe com ele Flávio Renegado, o rapper que vai partilhar o palco com os Orelha Negra. 

“Quando o Zé me fez este convite fiquei imensamente feliz e honrado”, começa por salientar Flávio, acrescentando que “a grande surpresa será essa junção com Orelha Negra”, cujo som e estética em muito se assemelham ao seu trabalho. 

Zé Ricardo acredita que “a integração dos artistas portugueses no palco Sunset vai ser maravilhosa” e salienta que “esta ligação entre o Brasil e Portugal tem de ser mais forte, tem de ser solidificada e o Rock in Rio trabalha para isso”. Assim, além dos Orelha Negra, será possível ver no Rock in Rio The Gift, Aurea, Black Mamba, DJ Ride e DJ Vibe.

As expectativas para esta edição são altas. “Voltar a casa depois de 2011 dava aquele frio na barriga, mas vendemos todos os ingressos em quatro horas, então o Rock in Rio 2013 é um grande sucesso”. 

Entre as principais novidades nesta edição conta-se o novo palco Sunset que, diz Zé Ricardo, “dobrou de tamanho e conteúdo, porque estamos a trazer artistas de primeira grandeza para o Sunset”. Entre os grandes nomes estão Ben Harper , The Offspring, Living Color, Gogol Bordelo ou Lenine.

O Rock in Rio começa a 13 de setembro e prolonga-se até dia 22. O evento estará de volta a Portugal em 2014.



Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:21 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.05.13

Maria João e Mário Laginha


MARIA JOÃO E MÁRIO LAGINHA REGRESSAM AO BRASIL

 

Depois do sucesso da apresentação de “Iridescente” na Mostra Tom Jobim, em S. Paulo em Dezembro de 2012, Maria João & Mário Laginha regressam ao Brasil para uma série de concertos, sob a chancela do Ano Portugal Brasil.

Nascido de um convite da Fundação Calouste Gulbenkian, em “Iridescente” é naturalmente reconhecível o som de Maria João e Mário Laginha, construído ao longo de mais de duas décadas de colaboração. Cada novo disco de Maria João e Mário Laginha cria sempre uma grande expectativa. Basta percorrer rapidamente a discografia da dupla para se perceber como é justo esperar o melhor de cada novo trabalho, desde os pioneiros “Danças”, “Fábula” e “Cor”, passando pelo extraordinário “Lobos, Raposas e Coiotes”, Chorinho Feliz” e “Mumadji”, até aos mais recentes “Undercovers” , “Tralha” e “Chocolate”.”

Actividades:


Dia 5 de Junho –  20:00 - Conversa com Maria João & Mário Laginha no Salão de Atos da UFRGS de Portalegre

Dia 6 de Junho -  20:00 – Concerto Maria João & Mário Laginha – Festival UniMusica 2013 - Salão de Atos da UFRGS de Portalegre

Dia 8 de Junho – 19:00 – Concerto Maria João & Mário Laginha – SESC Bom Retiro – S. Paulo

Dia 9 de Junho – 18:00 – Concerto Maria João & Mário Laginha – SESC Bom Retiro – S. Paulo

Mais informações aqui.



publicado por olhar para o mundo às 12:20 | link do post | comentar

Quinta-feira, 30.05.13

Rodrigo Costa Félix e Lina Rodrigues, dia 7 de Junho, na Casa de Portugal em São Paulo, Brasil

 

 “Dia de Portugal com show de Fado”

 

Rodrigo Costa Félix e Lina Rodrigues

 

No âmbito das comemorações do “Dia de Portugal”, apresentam-se pela primeira vez no Brasil, dois dos mais importantes nomes da nova geração de intérpretes do “Fado” – a velha canção de Lisboa, recentemente declarada pela UNESCO, “Patrimônio Cultural da Humanidade”!


Lina Rodrigues e Rodrigo Costa Félix estarão acompanhados por um conjunto de jovens instrumentistas com destaque na Guitarra Portuguesa para Marta Pereira da Costa, - a “primeira guitarrista portuguesa profissional” na história do Fado!


Esta será mais uma oportunidade para, em torno da data festiva da nacionalidade portuguesa, juntarmos amigos e apreciadores da “Nossa Canção”, numa confraternização da Comunidade Luso Brasileira na cidade de São Paulo!


Festejar Portugal e o Brasil, refazer nossos velhos valores de fraternidade e eterna crença no nosso futuro comum, é uma das razões que nos inspira a mais este encontro!

 

 

Casa de Portugal

7 de Junho de 2013 às 20 horas

Local: Av. da Liberdade, 602 – São Paulo

Informações: Tel. (11) 3273 5555 – E-mail: casadeportugalsp@casadeportugalsp.com.br

 http://www.casadeportugalsp.com.br



publicado por olhar para o mundo às 19:24 | link do post | comentar

Sábado, 19.01.13

Quarteto Lopes-Graça apresenta música erudita portuguesa em São Paulo e Brasília

O grupo de música de câmara português Quarteto Lopes-Graça apresenta-se no Brasil na próxima semana, em Sorocaba, no interior do estado de São Paulo, e em Brasília, no âmbito da programação cultural do Ano de Portugal no Brasil.


O concerto em Sorocaba vai ocorrer no domingo e em Brasília na terça-feira, com patrocínio do Instituto Camões e parceria com a Embaixada de Portugal no Brasil.

 

O repertório dos espetáculos inclui obras de compositores portugueses contemporâneos, como Anne Victorino D'Almeida e Fernando Lopes-Graça e por obras de grandes mestres internacionais, como Silvestre Revueltas e Dimitri Schostakovich, anunciou a organização do Ano de Portugal.

Antes dos concertos, serão realizados pequenos encontros com o público, chamados de "Encontros de Cultura", para discutir as tendências da criação musical nos dois países.

 

O Quarteto Lopes-Graça foi formado em 2005 na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa, por Luis Pacheco Cunha (violino), Anne Victorino D´Almeida (violino), Isabel Pimentel (viola) e Catherine Strynckx (violoncelo).

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:06 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.09.12

Música portuguesa contemporânea é tema de série televisiva no Brasil

O enorme abismo que separa a música portuguesa do público brasileiro pode estar perto do fim com a divulgação de trabalhos de músicos portugueses contemporâneos numa nova série de televisão que estreia este sábado, 15 de setembro, no Brasil.


"Quando estive em Lisboa para fazer o meu primeiro 'show', em 2003, descobri uma música que, para minha surpresa, ia muito além dos fados de Amália Rodrigues e do pobre 'Vira' do controverso Roberto Leal", conta o músico carioca Pierre Aderne, que concebeu o novo programa, batizado Música Portuguesa Brasileira.

 

Pensado para ser um documentário, que irá estrear no Douro Film Harvest 2012, o projeto logo mostrou que tinha conteúdo suficiente para se transformar numa série televisiva, a qual será divulgada em terras brasileiras pela rede pública Canal Brasil em 13 episódios de 12 minutos a partir deste sábado e, em Portugal, pela RTP, a partir de outubro.

 

Da música portuguesa, Aderne destaca a mistura de ingredientes de excelente qualidade, como a boa literatura e o fado, somados à influência dos ritmos de ex-colónias, como as mornas de Cabo-Verde e a própria música brasileira.

 

"Para entender e conhecer um pouco mais essa relação musical entre nós e a 'terrinha', juntei, num apartamento em Lisboa, toda essa malta, da mesma forma que faziam Nara Leão e Tom Jobim nos final dos anos 1960" no Brasil, conta Aderne.

 

As gravações foram feitas nos apartamentos de Pierre, no Rio de Janeiro e em Lisboa, e no Conservatório Nacional de Lisboa.

 

Num ambiente informal, o músico reuniu vários convidados, como Jorge Palma (na foto), Cuca Roseta, Pedro Jóia, Mário Laginha, Luíisa Sobral e Sara Tavares, ao lado de brasileiros, como Fernanda Abreu, Teresa Cristina, Edu Krieger e o cabo-verdiano Tito Paris.

 

"É de tomar um susto mesmo. Acho que quando as pessoas [no Brasil] virem o Tito Paris desfilar todo o seu 'suingue sangue bom' [numa referência a um famoso rap brasileiro] vão impressionar-se", prevê o músico carioca, há um ano a viver em Lisboa.

 

Para Pierre Aderne é surpreendente que, no Brasil, não se conheçam certos músicos, como Zeca Afonso, que ele considera um compositor do mesmo nível dos brasileiros Caetano Veloso e Chico Buarque.

 

"Na mesma época em que Chico Buarque cantava 'Tanto Mar', no Brasil, Zeca Afonso tinha todo esse repertório anti-salazarista em Portugal. É difícil de entender como o Brasil não trouxe na bagagem - além dos vinhos e azeites - essa música portuguesa de grande qualidade", lamenta.

 

Os encontros e tertúlias realizados por Pierre Aderne deram ainda um novo álbum ao artista, "Bem-me-quer, Mar-me-quer", que apresentará no dia 23 deste mês num espetáculo na Praça do Rossio, em Lisboa, antes de seguir em digressão por cidades do interior de Portugal.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:25 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Rock in Rio começa hoje n...

Rock in Rio: Portugueses ...

MARIA JOÃO E MÁRIO LAGINH...

Rodrigo Costa Félix e Lin...

Quarteto Lopes-Graça apre...

Música portuguesa contemp...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
OUÇA A NOSSA RADIO EM https://goo.gl/ouzpk3
Eu queria a letra dessa música
YK é Noizz Kappa, Halloween a grande Alma, melhor ...
blogs SAPO
subscrever feeds