Domingo, 26.04.15

 

 

Letra

 

 

Mundo alterado oculta a vontade
De viver por aí de modo perdido
Na madrugada de perder
Mundo preso, traído, vadio, por entre solidão

Amanhece forte caos
Som frio, oco e lento
Onde uma princesa desliza os dedos
Vendo ao longe o pouco céu, que me resta…

Vontade de vitória,
Sem qualquer troféu, de deusa a réu
Faz de ti bola de trapos, no mesmo céu

No cheiro a saudade,
Rosto cansado, de semblante pesado
Pé ante pé caminhamos na mesma direcção

Sórdida herança esconde,
Antevendo o padrasto, pedaço de tudo
A que outros chamam mundo
Simples e complexa condição
Vendo ao longe o pouco céu, que me resta…

Vontade de vitória,
Sem qualquer troféu, de deusa a réu
Faz de ti bola de trapos, no mesmo céu

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Sábado, 25.04.15

MiguelMaat.jpg

 

 

Miguel Maat tem novo single

 

O novo single de Miguel Maat já é conhecido: “Bola de Trapos”. Extraído do último EP homónimo, editado pela Music In My Soul, este trabalho traz, uma vez mais, o experimentalismo aliado a estruturas Pop, como só o próprio Miguel sabe fazer.

Miguel Maat nasceu em Lisboa, em 1978. A sua iniciação no mundo da música deu-se em 1988, no Orfeão do Colégio Militar, onde, posteriormente, integrou a banda Rock da instituição. Já em 1998 foi convidado a pertencer à Banda Rock da Academia Militar.

 

Miguel abraçou de forma inequívoca a música, atuando em bares e festas privadas com diversos projetos, ao mesmo tempo que ia compondo temas originais como forma de expressão e libertação interior. Em 2012, fruto do seu amadurecimento musical, surgiu o primeiro trabalho a solo "No Silêncio dos teus olhos", um álbum Rock de influências diversas, como Funk, Swing e Jazz. Em 2013, iniciou-se um novo ciclo com a integração do Didgeridoo, explorando uma fusão de sonoridades e estilos, tendo por base este instrumento ancestral.
E, em 2014, fundou a Didge Creature – Escola de Didgeridoo, onde promove e divulga atividades no âmbito deste instrumento, ao mesmo tempo que integra o projeto Vertigem Sonora "Concertos de Didgeridoo, Taças Tibetanas e Instrumentos do Mundo”.


Ainda no ano passado, o cantautor apresentou o seu novo EP homónimo, editado pela Music In My Soul, revelando uma nova tendência Rock & Drone, com integração plena deste instrumento de sopro num Rock/World Music de influências. E em dezembro lançou “The Didgeridoo and the Christmas Story”, considerado o primeiro tema de Natal com Didgeridoo no formato canção.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Miguel Maat - BOLA DE TRA...

Miguel Maat tem novo sing...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
blogs SAPO
subscrever feeds