Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Não te perdi Nem te encontrei Não descobri Mas contemplei Em ti cresci Aqui fiquei Para onde é que vais Ainda não sei Não te quero fugir Tanto que me enganei Tanto em ti vi menti Tanto que acreditei Não desviei nem corrompi Por ti marchei, e defendi Não contestei não compreendi Mas não julguei já me esqueci Mas lembro - me de ti Como em mim te marquei O que chorei por ti E o que por ti deixei Há deriva no teu bote Bafejaste a minha sorte O teu mar que me faz forte Aper (...)
  Letra   [Mundo Segundo] Eu estou a competir comigo próprio Não quero saber do lucro do negócio do teu sócio Há quem abra mais a boca do que o túnel do Marão Leva esse RAP pulsos cortados para o tanque do tubarão Minha única certeza é que tenho dúvidas Do talento das vossas ascensões súbitas Tiram fotos e dão rúbricas como figuras públicas Mas o intelecto não se vê como se usassem burqas MCs tão vazios como loft sem mobília Eu estou sempre na casa como a foto de (...)
  Letra   A morte saiu à rua num dia assim  Naquele lugar sem nome para qualquer fim  Uma gota rubra sobre a calçada cai  E um rio de sangue de um peito aberto sai  O vento que dá nas canas do canavial  E a foice duma ceifeira de Portugal  E o som da bigorna como um clarim do céu  Vão dizendo em toda a parte o Pintor morreu  Teu sangue, Pintor, reclama outra morte igual  Só olho por olho e dente por dente vale  À lei assassina, à morte que te matou  Teu corpo (...)
07 Jan, 2017

Bezegol - Monstro

  Letra   Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma De ser o monstro que a vida nos torna Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma De ser o monstro que a vida nos torna Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma De ser o monstro que a vida nos torna Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma De ser o monstro que a vida nos torna Esforço-me pelo meus filho Esforço-me pela família Esforço-me pelos amigos Boy! Esforço-me pela vida Esforço-m (...)
  Letra   Letra e Musica: Bezegol   De tanto te amar Maria Pus a vida do avesso Estavas tão perto do fim E eu vivia o começo O teu plano era diferente E deixou-me enfeitiçado Dizem que quem ama é cego E eu não vi que era o meu lado Por gostar de ti Maria Não olhei ao sofrimento E não quis lembrar o dia Que falhaste ao juramento Por ti enfrentei o mundo Enrolado no teu dedo Condenado a amor profundo Encobrindo o teu segredo Eu lembro-me de ti Por quem me apaixonei Para (...)
  Letra   Eu que cresci neste país plantado a beira mar, Sou mais um filho de raiz combati Salazar, Fui preso e acusado do meu estado maltratar, Por procurar razão onde ela nunca quis morar. Agarrado a convicção que a educação me deu, vivo de uma pensão de quem não me reconheceu, agora aqui estou eu sem o amparo do estado, com filho e neto aqui no meu canto desempregado. Gostava de poder dizer que eras bem vindo a minha rua, mas não é minha a rua já não é minha a rua. (...)
  Letra   Não tentes ler os meus beijos, por favor, não tentes. Dar resposta aos teus desejos, e depois não sentes. Nunca te os dei por engano, nem são moeda de troca. São só beijos porque te amo, não os sei dar por revolta. Não tentes ler os meus beijos, desconheço o dialecto. Dentro do teu doce arpejo, Temo por ser incorrecto. Sei que são de quem te quer, sem meio para atingir fim. Por isso não tentes ler, não te afastes mais de mim. Não tentes ler os meus beijos, nã (...)
    Letra   Eu não sei se me vais escutar por cá quando eu já estiver do lado de lá (2x) Mas enquanto eu tiver cá eu vou fazer aquilo que for preciso para deixar aqui o meu legado vivo para que eles saibam qual é que foi o motivo pelo qual subi ao palco e perguntei quem está comigo Queres saber qual foi o trilho, pelo qual eu fui trilhado asas para voar punho fechado, 4400 eu levei a todo o lado quando o destino me chamar é claro que eu vou honrado Sou a voz do povo, (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email