Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

  Letra   Quando as duas raparigas Cruzaram o seu caminho Vinham perdidas de riso Entre a graça das amigas Ele, que vinha sozinho Ficou bastante indeciso Parou pra melhor as ver E, nesse olhar reparando Pararam elas também E, se uma era fogo a arder Pois a outra, em lume brando Queimava como ninguém Loira uma, outra morena Uma acendia desejos Na outra havia mistério E, enquanto da mais pequena Queria abraços e beijos Com a alta o caso era sério Ao pé delas tarde fora Dessa (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email