Domingo, 05.11.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra: Sebastião Antunes
Música: Paulo Loureiro

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Sábado, 04.11.17

ana lains.jpg

 

Portucalis é o país dos sonhos de Ana Laíns!


E é também o 3º álbum da uma cantora, que dedica integralmente o seu trabalho à Portugalidade que lhe define a identidade há mais de 18 anos.


Depois de “Sentidos” (2006) e “Quatro Caminhos” (2010), Portucalis surge no tempo certo, sem atrasos, e com a certeza de uma Missão por cumprir – Passar a Mensagem:


“Este disco é dedicado a todos que gostam de Pessoas, que gostam de ser Pessoas do seu País, e compreendem que a Vida é uma Missão. É dedicado a todos que compreendem que desta Missão faz parte o Lugar onde nascemos!”


Alheio a rótulos, regras e conotações, Portucalis é um disco transversal, que viaja por todo o vasto Universo de cores da Música, Etnografia e Língua Portuguesa.

Do galaico-português ao Mirandês, passando pelo português actual, do Fado à Música de cariz Tradicional das Beiras e Trás-os-Montes, passando, paralelamente, pelas influências dos diferentes géneros que foram a escola no seu início de carreira (Jazz, Bossa Nova, Músicas do Mundo Ocidental e Oriental), este disco é uma viagem entre o Passado e o Futuro, que tem ao leme Ana Laíns, a “Cantora Colorida”.


O álbum conta com palavras de Ana Laíns, Mafalda Arnauth, Sophia de Mello Breyner, Fernando Pessoa, José Afonso, Sebastião Antunes, Carlos Leitão, D. Dinis, D. António de Bragança, e alguns temas populares de recolha.


Nas melodias a cantora contou com Ivan Lins, Fernando Alvim (a título póstumo), Paulo Loureiro, Filipe Raposo, Luís Caracol, Helena Del Alfonso e José Lara Gruñeiro.


Este álbum conta ainda com as participações especiais de Ivan Lins, Mafalda Arnauth, Luis Represas e Filipe Raposo.
 
“Portucalis é o país dos meus sonhos.
É o país que existe entre margens.
Existe entre as margens das minhas dualidades.
Ninguém “É” totalmente.
Todos “SOMOS” parcialmente.
Numa Era de subversão de valores, prioridades, e de profunda artificialidade, eu quero ser uma portuguesa “missionária”, que encara a sua carreira como “Missão”.
Porque “Alguém” me atribuiu a “Condição” de nascer aqui!
Porque me sinto em constante contra-ciclo.
Porque esta “Missão” me mata e renova todos os dias.
E é aqui que reside toda a minha dualidade!
Portucalis é o país (e o disco) onde me encontro, onde me equilibro, onde sorrio e sou feliz!”

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27.10.17

lains.jpg

 

 

18 NOV | MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA AO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS| 
CONVIDADOS: MAFALDA ARNAUTH E LUÍS REPRESAS

23 NOV | CASA DA MÚSICA | PORTO
CONVIDADA: MAFALDA ARNAUTH 


24 NOV | CASINO DA FIGUEIRA DA FOZ 
CONVIDADA: MAFALDA ARNAUTH 

 

“Portucalis é o país dos sonhos de Ana Laíns!

E é também o 3º álbum da cantora, nomeada Embaixadora das Comemorações de 8 séculos de Língua portuguesa em 2014, que dedica integralmente o seu trabalho à Portugalidade que lhe define a identidade há mais de 19 anos.

A História e o Futuro da Música e Etnografia de Portugal, em perfeita harmonia com poetas clássicos e contemporâneos, com compositores de hoje e de ontem, e convidados de luxo em representação da transversalidade de uma cantora que se assume “Cantora Colorida” pelas cores de um dos mais belos países do Mundo: Portugal”
 

Paulo Loureiro |  piano
Bruno Chaveiro |  guitarra portuguesa
Carlos Lopes  | acordeão
Hugo Ganhão |  baixo
João Coelho |  bateria
José Salgueiro |  percussões
Ana Laíns |  voz


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Domingo, 15.10.17

ana lains.jpg

 

 

Este disco é dedicado a todos que gostam de pessoas!
Este disco é dedicado a todos que gostam de ser pessoas do seu país!
Este disco é dedicado a todos que compreendem que a Vida é uma Missão!
E que desta Missão faz parte o lugar onde nascemos!
Portucalis é o país dos meus sonhos.
É o país que existe entre margens.
Existe entre as margens das minhas dualidades.
Mas ser dual é existir.
Ninguém “É” totalmente.
Todos “SOMOS” parcialmente.
Se não em permanência... em muitos momentos das nossas Vidas!
Porque todos “EXISTIMOS” tal qual moedas ou folhas de papel, com cara e coroa, com frente e verso.
O Escritor e Poeta Mia Couto, escreveu o poema “Identidade” em 1977, que escancara sem rodeios a sua Dualidade:
“ Existo onde me desconheço,
aguardando pelo meu passado,
ansiando a esperança do futuro.
No Mundo que combato, morro.
No Mundo por que luto, vivo. “
Ser dual é viver permanentemente entre a realidade social e o sonho do estado puro da nossa Natureza.
“Preciso ser outro para ser eu mesmo”
Mia Couto no mesmo poema “Identidade”.
Ser dual é viver a incerteza de uma decisão.
Ser dual é calar a boca à verdade em prol de uma mentira reconfortante.
Ser dual é sorrir ao Mundo dos outros, enquanto grita e chora o nosso Mundo interior.
Ser dual é viver na linha que separa as expectativas do Mundo sobre nós e quem somos realmente.
Por isso existe a Arte!
Porque é na Arte que procuramos (e encontramos muitas vezes) o conforto na nossa verdade pessoal (e colectiva).
O Artista é um canalizador de “Verdades”.
E o Poeta é um fingidor.
E assim o é o Cantor.
Neste disco pretendo revelar todas as minhas verdades, e ir de encontro às Verdades dos Outros.
Preciso de ser fadista e não ser.
Preciso de viver em pleno o meu amor a este país, que é, concomitantemente, a minha maior Paixão e Desalento. O brilho nos meus olhos e as minhas lágrimas.
O Espelho onde vejo reflectidos todos os meus sonhos e desejos.
Numa Era de subversão de valores, prioridades, e de profunda artificialidade, eu quero ser uma portuguesa “missionária”, que encara a sua carreira como “Missão”.
Porque “Deus” me atribuiu a “Condição” de nascer aqui!
Porque me sinto em constante contra-ciclo.
Porque esta “Missão” me mata e renova todos os dias.
E é aqui que reside toda a minha dualidade!
 
Falta cumprir-se Portugal.
Este é o meu pequenino (mas genuíno) contributo.
Portucalis é o país (e o disco) onde me encontro, onde me equilibro, onde sorrio e sou feliz!
Sejam muito bem-vindos!
                                                                                                       Ana Laíns

 

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sábado, 30.09.17

ana lains.jpg

 

 

ANA LAÍNS - NOVO ÁLBUM "PORTUCALIS " A 27 OUTUBRO

"PORTUCALIS" ao vivo:

18 Novembro | Museu Nacional de Arqueologia
 Mosteiro dos Jerónimos
23 Novembro | Casa da Música | Porto
24 Novembro | Casino da Figueira da Foz


Novidades em breve!!!



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.05.16

fadoando.jpg

 11 de Junho Às 22 horas

Constância

 
 
Este concerto acontece no âmbito das Pomonas Camonianas e das Comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades portuguesas, sendo uma aposta da Câmara Municipal de Constância.
 
Ana Laíns convida Mafalda Arnauth e Maria Ana Bobone.
 
Conceito: A Fadoando é uma associação cultural sem fins lucrativos, que nasce da convicção da cantora Ana Laíns, sobre a necessidade de fundir o conceito de Cultura com Filantropia e Eu Colectivo. Todos os dias dezenas de cantores, músicos, e artistas de uma forma geral, são convidados a cantar graciosamente pelas mais diversas causas. Porém, e numa altura em que as necessidades de todos nós se confundem, não me parece justo que a comunidade artística portuguesa deva oferecer o que tem para vender, e que é, de resto a sua forma de sustento.

Complementando esta ideia, existe também a certeza que cultivar pessoas, é principalmente, educá-las, sensibilizá-las e torná-las melhores seres humanos. A arte é o alimento da alma. Uma alma bem “alimentada” , é uma alma com maior capacidade para co-habitar, partilhar e respeitar o conceito de Eu Colectivo, ou cuidado com os outros!

Partindo do ideal que a Cultura e a Filantropia devem caminhar de mãos dadas, e tornar-se sustentáveis de uma forma que não pese a Artistas, Instituições e Estado, propomos às autarquias, associações, comissões de festas e outras instituições, que têm responsabilidade com a programação cultural nos seus municípios, e têm a seu cargo a gestão dos dinheiros para viabilizar estes calendários culturais (Festas do Município, Feiras, programação dos seus espaços culturais), que se associem à Fadoando, programando em parceria, e de forma a assegurar que uma parte desses orçamentos, será disponibilizada para dar assistência, nas mais diversas frentes, na resolução parcial ou total das dificuldades de associações ou particulares do seu Município. A direcção dessa ajuda será sempre discutida entre o promotor e a Fadoando.
 
 
Ana Laíns - Outras datas de espectáculos:
10 de Junho - Vigo
17 de Junho - Ponte Sôr
23 de Julho - Frontignan, França
24 de Julho - Riachos
29 e 30 de Julho - Lowell Folk Fest, MA, USA
18 de Novembro - Braunschweig, Alemanha
19 de Novembro - Paderborn, Alemanha
 


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.10.15

ana lains.jpg

 

Ana Laíns em digressão pedagógica nos Estados Unidos

 

Ana Laíns prepara-se para rumar aos Estados Unidos da América, onde fará a sua primeira grande digressão. Entre 16 e 24 de Outubro, a cantora realizará uma série de concertos e workshops, a convite de várias Universidades Norte-Americanas, em parceria com a Portuguese/American Cultural Exchange, Inc.

Esta digressão é o culminar de um ano cheio de concertos para Ana Laíns, que recentemente encheu o CCB para o concerto de encerramento das Comemorações dos 8 Séculos de Língua Portuguesa, das quais foi embaixadora em 2015. Um ano que encerra da melhor maneira, em Dezembro, com uma digressão nos países nórdicos que passa pela Suécia, Dinamarca e Noruega.
 
Com a cantora viajarão também o guitarrista Sandro Costa, o viola António Neto e o fadista Pedro Galveias.

 
"Estou muito empenhada neste projecto. Não se trata de uma digressão com contornos comuns. Tem uma forte componente pedagógica, e é, por isso mesmo, um enorme desafio. Faremos concertos normais, e teremos dias dedicados, exclusivamente, a oficinas sobre o Fado e a Língua Portuguesa.


É um projecto que me honra, e me preenche profundamente, porque me faz todo o sentido e cabe perfeitamente no que considero ser o meu grande objetivo enquanto cantora: Sentir-me útil na divulgação e desenvolvimento da cultura do meu país".

 

Concertos e workshops:

16 Outubro – Concerto e Workshop, Eastman School of Music, Rochester
(20.00h)
17 Outubro – Concerto, Woodland Hill Montessori School Albany, NY
(16.00h)
19 Outubro – Worshop, Middlesex Community College, Lowell, MA
(10.45h)
19 Outubro – Visita à Cambridge Portuguese School Cambridge, MA 
(16.30h)
20 Outubro – Workshop, University of Massachusets/Dartmouth
(12.30h)
20 Outubro -  Concerto, Brown University Providence, RI
(20.00h)
21 Outubro – Workshop, University of Massachusets/Boston
(09.00h)
21 Outubro – Workshop, Rhode Island College
(16.00h)
22 Outubro – Workshop, University of Massachusets/Lowell
(13.00h)
22 Outubro – Visita à Lowell Portuguese School Lowell
 (17.00h)
23 Outubro – Concerto, University of Massachusets/Lowell  
(19.00h)
24 Outubro – Concerto, Lusitano Restaurant Fall River, MA

(19.00h)

 



publicado por olhar para o mundo às 23:12 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22.06.15

ana lains.jpg

 

 

A Associação 8 séculos de Língua Portuguesa apresenta:

 Grande concerto de encerramento das Comemorações dos 8 séculos de Língua portuguesa. 
 

 Ana Laíns e convidados:
 

Ana Laíns, nomeada Embaixadora pela Associação, é a grande anfitriã deste evento de celebração, que se avizinha repleto de partilha e transversalidade, tendo como ponto de partida a Língua Portuguesa, que liga a História de mais de 250 milhões de pessoas.

Ana Laíns convida músicos, letristas, compositores, cantores e declamadores para visitar a sua natural Condição de pessoa nascida em Portugal, e viaja com os seus convidados pela sua igualmente natural Condição, pelas suas histórias, identidades, poesia e bater de coração.... Fado, Cante Alentejano, Morna, Samba, Semba, Marrabenta... sonoridades de expressão étnica de cada um dos países envolvidos, unidos “P’lo som presente D’esse mar futuro”,  como diria Pessoa, com o intuito basilar de celebrar esta Língua que é a Ponte entre o Passado e o Futuro.

A Lusofonia estará em palco, e será representada por alguns dos mais emblemáticos nomes da cultura dos países de Língua Oficial Portuguesa. Ana Laíns convida:
Aline Frazão (Angola), Celina Pereira (Cabo Verde), Ivan Lins (Brasil), Karyna Gomes (Guiné-Bissau), Luiz Avellar (Brasil), Marta Dias (São Tomé e Princípe), Paulo de Carvalho (Portugal), Prof. Júlio Soares (Timor), Joaquim de Almeida (Portugal), Elsa de Noronha (Moçambique), Olinda Beja (São Tomé e Princípe), Jorge Arrimar (Portugal – Macau), Valéria Carvalho (Brasil), Adufeiras da Idanha (Portugal) e A Moda Mãe (Portugal).
Os músicos: Paulo Loureiro (Piano e direção musical), Carlos Lopes (acordeão), João Coelho (Percussão portuguesa), Miguel Veras (Viola), Hugo Edgar Silva (Guitarra portuguesa), Rolando Semedo (Baixo) e Iuri Oliveira (Percussão Afro-brasileira)
 
O concerto contará com 3 temas inéditos em colaboração com José Eduardo Agualusa, João Gil, Nuno Júdice e Luiz Caracol.
 
Celebrar 8 séculos de Língua Portuguesa, é celebrar estórias, rostos, tons de pele, cheiros, raízes e formas de vida!
É celebrar as diferenças que nos tornam tão iguais! É celebrar a diversidade cultural que nos aproxima. É celebrar a Condição de uma comunidade vasta e rica que tem em comum este Bem Maior – a Língua Portuguesa.

https://www.facebook.com/events/497404897091946/



publicado por olhar para o mundo às 19:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.12.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:08 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.03.12

 

letra

 

Quatro caminhos abertos
P’ra prever qualquer viagem
Virada p’rós quatro pontos
Dos cardeais das aragens

Quatro caminhos perdidos
Quem sabe até se existiram
Estão no rasto de outros passos
Que deles não se serviram

Quatro caminhos à espera
Do tempo que os vem trazer
Dois foram dados à vida
E outros dois ao morrer
Quatro caminhos traçados
Aqui na palma da mão
Prevêem vidas e mortes
Dias sim e dias não
Dias sim e dias não

Quatro caminhos roubados
P’los ladrãos que andam nos sonhos
Figuras, monstros, fantasmas
Que nos perseguem, medonhos

Quatro caminhos arados
Pelos terrenos do peito
Depois de tanta canseira
Nasceu um amor perfeito



publicado por olhar para o mundo às 08:36 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.12.11

 

Letra

 

Parti, com as horas e a razão

Cheguei, mais um adeus, mais uma vez

Que há-de ser maior que a angústia, o meu perdão

porque hei-de sempre estar na soma que Deus fez.

 

Parti, ja sem longe sem olhar,

Cheguei com olhos de água à tua mão.

No fundo nabateia casa por esperar

e deixo o frio, a dor e as roupas pelo chão.

 

Depois pouco mais que um Outono

vem pra ficar,

sobre mim

Sei de cor esta entrega a noite vem

meu amor somos barcos de outro mar

Nós morremos devagar

e nascemos pla manhã!

 

Parti do teu mundo e como vês

Aqui me tens inteira por te amar

Sou como a beira-mar de inverno e as marés

que vão e voltam sempre à areia, sempre ao mar.

 

Depois pouco mais que um outono

vem pra ficar,

sobre mim

Sei de cor esta entrega a noite vem

meu amor somos barcos de outro mar

Nós morremos devagar

e nascemos pla manhã!

 

(Ana Laíns - Condição)



publicado por olhar para o mundo às 08:22 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.12.11

 

Letra

 

Vem, quando a luz
Morrer bem p’ra lá do mar
E anoitecer em mim e no meu olhar

 

Vem, negra cor
Negro olhar que me vês
E a quem o amor ao chegar se desfez

 

Se acaso o amor
Partir sem dizer adeus
Vem, espelho meu, sentir os teus lábios nos meus

 

Tarda encontrar
O lugar de um amor
Meu triste mar, negro olhar, minha cor

 

Vem, se a saudade
Cantar versos que escrevi
Quando à cidade cantei saudades de ti

 



publicado por olhar para o mundo às 08:29 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Ana Lains - A verdade da ...

"Portucalis" o novo álbum...

Ana Laíns novo álbum “ Po...

Ana Laíns apresenta "Port...

ANA LAÍNS - NOVO ÁLBUM "P...

Concerto Fadoando em Cons...

Ana Laíns em digressão pe...

Ana Laíns e convidados ...

Beto Betuk Sob o Céu de L...

Ana Laíns - Quatro Caminh...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds