Segunda-feira, 04.05.15

 

Letra

 

Rows and flows of angel hair
And ice cream castles in the air
And feather canyons everywhere
I've looked at clouds that way

But now they only block the sun
They rain and snow on everyone
So many things I would have done
But clouds got in my way
I've looked at clouds from both sides now

From up and down, and still somehow
It's cloud illusions I recall
I really don't know clouds at all

Moons and junes and ferris wheels
The dizzy dancing way you feel
As ev'ry fairy tale comes real
I've looked at love that way

But now it's just another show
You leave 'em laughing when you go
And if you care, don't let them know
Don't give yourself away

I've looked at love from both sides now
From give and take, and still somehow
It's love's illusions I recall
I really don't know love at all

Tears and fears and feeling proud
To say, "I love you" right out loud
Dreams and schemes and circus crowds
I've looked at life that way

But now old friends are acting strange
They shake their heads, they say I've changed
Well something's lost, but something's gained
In living every day

I've looked at life from both sides now
From win and lose and still somehow
It's life's illusions I recall
I really don't know life at all
I've looked at life from both sides now
From up and down, and still somehow
It's life's illusions I recall
I really don't know life at all



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.03.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.05.13

 

Letra

 

Maio maduro Maio, quem te pintou? 
Quem te quebrou o encanto, nunca te amou. 
Raiava o sol já no Sul. 
E uma falua vinha lá de Istambul.

 

Sempre depois da sesta chamando as flores. 
Era o dia da festa Maio de amores. 
Era o dia de cantar. 
E uma falua andava ao longe a varar.

 

Maio com meu amigo quem dera já. 
Sempre no mês do trigo se cantará. 
Qu'importa a fúria do mar. 
Que a voz não te esmoreça vamos lutar.

 

Numa rua comprida El-rei pastor. 
Vende o soro da vida que mata a dor. 
Anda ver, Maio nasceu. 
Que a voz não te esmoreça a turba rompeu.



publicado por olhar para o mundo às 23:55 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.02.12

 

Letra

 

Não sou daqui, mas gosto de aqui estar. 
De aprender - no lugar do outro - a me encontrar. 
De poder um lugar achar no estar aqui; 
Desejar o lugar de todos neste lugar. 
E de saber, no lugar de aqui, o meu lugar. 

Não sou daqui, não sou daqui. 

Mas se aqui estou, é porque, para mim, também há aqui lugar. 
E porque é um eu que aqui se foi achar 
E porque um teu gostou de mim... de me encontrar

 

Não sou daqui, mas gosto de aqui estar. 
De aprender - no lugar do outro - a me encontrar. 
De poder um lugar achar no estar aqui; 
Desejar o lugar de todos neste lugar. 
E de saber, no lugar de aqui, o meu lugar. 

 

Não sou daqui, não sou daqui. 

Mas se aqui estou, é porque, para mim, também há aqui lugar. 
E porque é um eu que aqui se foi achar 
E porque um teu gostou de mim... de me encontrar

Se aqui estou é porque há um lugar( e há um eu, um teu) (um achar, um gostar) que é aqui.



publicado por olhar para o mundo às 23:12 | link do post | comentar

Amélia Muge com novo álbum

A cantora e compositora Amélia Muge edita, na segunda-feira, dia 20 de Fevereiro, um novo álbum, “Périplus”, em parceria com o músico grego Michales Loukovikas, e apresenta-o ao vivo no dia 22 de Fevereiro em Guimarães, e no dia 25 em Lisboa.

 

A informação é avançada pela Lusa que cita a promotora da artista que explicou que os dois músicos “trabalharam principalmente via internet, criando em conjunto ou separadamente temas originais”.

 

A maioria das letras é de autoria de Amélia Muge, tendo os dois compositores “retrabalhado excertos de música grega antiga e músicas tradicionais de Portugal e da Grécia e criaram também diálogos entre poetas ou entre o fado e o rebético [género musical tradicional grego]”.

Segundo a mesma fonte, no plano da composição são ainda abrangidos “outros géneros que se articulam as duas culturas: a Morna e as escalas pentatónicas africanas, o Flamenco ou a oriental improvisação vocal do Mané”.

 

A mesma fonte realçou à Lusa que o novo álbum de Amélia Muge “não é um cruzamento”, definindo-o como “uma evocação da história europeia onde Portugal começou bem antes do Al-Andalus, no tempo de Ulisses e do Olissipo”.

 

O título do álbum, “Periplus”, significa em grego circum-navegação, referindo-se às antigas viagens no Mediterrâneo “mas também para lá dele, nos oceanos Atlântico e Índico”.

O álbum conta com a participação, entre outros, dos músicos Filipe Raposo, Manos Achalinotopoulos, José Salgueiro, Harris Lambrakis, António Quintino, Kyriakos Gouventas e Ricardo Parreira, e ainda com as participações especiais da escritora Hélia Correia, da cantora grega Eleni Tsaligopoulou e do coro vimaranense Outra Voz, criado no âmbito de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura.

 

Todos estes músicos participam nos dois espectáculos que estão marcados para o dia 22 no Centro Cultural de Vila Flor, em Guimarães e no dia 25 na Culturgest, em Lisboa.

Autora, compositora, cantora e instrumentista, Amélia Muge, natural de Moçambique, depois de participar em várias actividades artísticas, nomeadamente a composição de músicas para peças de teatro, em 1983 integrou o grupo de Júlio Pereira. 


A solo estreia-se discograficamente em 1992 com o álbum “Múgica”, editado pela então União Portuguesa de Artistas de Variedades. Seguiram-se vários outros álbuns em nome próprio e também alguns em parceria, nomeadamente com José Mário Branco, Fausto, Amâncio Prada, Camerata Meiga, Ester Formosa, Elena Ledda, Lucillia Galeazi, ou o Pirin Folk Ensemble.


“Uma autora, 202 canções”, foi o seu mais recente álbum, editado em 2009, que tinha apresentado, em 2008, no palco do Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

 

Michales Loukovikas começou a cantar e a tocar acordeão e guitarra na banda do pai, aos 15 anos. Nascido na região grega da Trácia, constituiu várias bandas rock até optar pela música grega contemporânea e mais tarde pelo rebético. Estudou a música popular e clássica, mediterrânica e oriental, de base melódica modal, tendo trabalhado com o musicólogo Ross Daly.


Loukovikas tem participado regularmente em colóquios ligados a temáticas musicais. Desde 1996 dirige na Rádio Nacional de Tessalónica um programa diário, “Viagens à volta do Mediterrâneo”, baseado nas trocas culturais pelos povos mediterrânicos.


“O ouro do céu” é o seu mais recente CD, que se baseia na poesia de Ares Alexandrou, tendo adaptado a poesia para língua inglesa. Neste CD conta com a colaboração, entre outros, de Ross Daly, Manos Akhalinotopoulos, Kyriakos Gouventas, Kostas Theodorou e Giorgos Andreou.

 

Via HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 23:09 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Amelia Muge "Both Sides N...

Amélia Muge - Nana, nana...

José Mário Branco Amélia ...

Não sou daqui - Amélia Mu...

Amélia Muge com novo álbu...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds