Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

50 anos de "Fado português, de Amália Rodrigues, celebrados com edição especialO duplo CD celebrativo do cinquentenário do álbum “Fado português”, de Amália Rodrigues, que inclui inéditos e os ensaios em estúdio, é editado esta semana. A edição, da Valentim de Carvalho, coordenada por Frederico Santiago, inclui todas as sessões de estúdio feitas na mesma época, nomeadamente gravações inéditas de temas como “Gaivota” e “Leonor”, e os ensaios com o compositor (...)
  Letra   Não queiras gostar de mim  Sem que eu te peça  Nem me dês nada que ao fim  Eu não mereça  Vê se me deitas depois  Culpas no rosto  Isto é sincero  Por que não quero dar-te um desgosto  De quem eu gosto  Nem às paredes confesso  E até aposto  Que não gosto de ninguém  Podes sorrir, podes mentir, podes chorar também  De quem eu gosto  Nem às paredes confesso  Quem sabe se te esqueci  Ou se te quero  Quem sabe até se é por ti Por quem eu espero  Se gosto ou não afinal 
    Letra   Lisboa, velha cidade, Cheia de encanto e beleza. Sempre a sorrir tão formosa, E no vestir sempre airosa. O branco véu da saudade Cobre o teu rosto linda princesa. Olhai, senhores, esta Lisboa d'outras eras, Dos cinco réis, das esperas e das toiradas, reais! Das festas, das seculares procissões, Dos populares pregões matinais, Que já não voltam mais. Lisboa, velha cidade, Cheia de encanto e beleza. Sempre a sorrir tão formosa, E no vestir sempre airosa. O (...)
    Letra   Numa casa portuguesa, fica bem Pão e vinho sobre a mesa E se à porta humildemente Bate alguém Senta-se à mesa com a gente Fica bem esta franqueza, fica bem Que o povo nunca desmente. A alegria da pobreza Está nesta grande riqueza De dar e ficar contente Quatro paredes caiadas Um cheirinho a alecrim Um cacho de uvas doiradas Duas rosas num jardim Um S.José de azulejos Mais o sol da primavera Uma promessa de beijos Dois braços à minha espera... É uma casa (...)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email