Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

    Letra   Há sempre um piano um piano selvagem que nos gela o coração e nos trás a imagem daquele inverno naquele inferno Há sempre a lembrança de um olhar a sangrar de um soldado perdido em terras do Ultramar por obrigação aquela missão Combater a selva sem saber porquê e sentir o inferno a matar alguém e quem regressou guarda sensação que lutou numa guerra sem razão... sem razão... sem razão... Há sempre a palavra a palavra "nação" os chefes trazem e usam pr (...)
    Letra   Mais do que a um país que a uma família ou geração  Mais do que a uma passado  Que a uma história  ou tradição  Tu pertences a ti  Não és de ninguém  Mais do que a um patrão  A uma rotina ou profissão  Mais do que a um partido que a uma equipa ou religião  Tu pertences a ti  Não és de ninguém  Vive selvagem  E para ti serás alguém  Nesta viagem  Quando alguém nasce  Nasce selvagem  Não é de ninguém  
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email