Segunda-feira, 19.10.15

abrunhosaesanz.jpg

 

 
ALEJANDRO SANZ E PEDRO ABRUNHOSA



LANÇAM DUETO "UN ZOMBIE A LA INTEMPERIE"

"Un Zombie a la Intemperie" chega hoje a todos os parceiros digitais, como cartão de visita de "Sirope", o mais recente álbum de Alejandro Sanz.
 
Se as colaborações são sempre um momento aguardado pelos fãs, então o encontro entre um dos maiores artistas latinos do mundo e um dos maiores artistas portugueses, é-o ainda mais. Alejandro Sanz e Pedro Abrunhosa entregam a voz a um dueto único, em "Un Zombie a La Intemperie", cartão de visita do álbum "Sirope".
 
Este disco terá edição física em Portugal brevemente e já chegou a número 1 de vendas em 14 países, principalmente em Espanha, onde ocupou esse lugar durante 8 semanas consecutivas, com o maior recorde de vendas na primeira semana dos últimos 8 anos. Agora nomeado para 5 prémios Latin Grammy e 5 prémios Los 40 Principales, o álbum é a base para uma digressão que, só em Espanha, teve 25 concertos e mais de 300 mil pessoas na plateia.
 
"Un Zombie a la Intemperie" mostra a força que têm duas figuras mestres na música pop actual, mas marca uma vez mais a perspectiva global que Pedro Abrunhosa tem da música: o cantor ainda este ano recebeu um Globo de Ouro, na mesma altura em que esgotou o Meo Arena e, por três vezes, o Coliseu do Porto, bem como muitas outras salas em todo o país e na Europa, como o Olympia de Paris.


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Yo era el confidente de tu cajón
Yo era el que le susurraba a aquél dragón
Hice una licencia de explorador
Fabriqué unas alas, busqué un balcón
Me eché a volar contento al este
Se ve tan celeste
Cuánto más lejos yo más feliz
Bajé tanto la guardia, la tentación
Que llegué a confundir la locura con el valor
Durmiendo a la intemperie
Sin techos ni paredes
Solo en soledad y sin ti yo solo

Por ti, volví por ti pero no te vi
Si no estás solo soy un zombie a la intemperie
A ti, me fui a buscarte a ti
Ahora el dragón se ríe de mí
No soy bueno pa' explorar
Sin ti soy solo un zombie

Sin ti, morir por ti, pero no te vi
Sino estás solo soy un zombie a la intemperie
Sin ti, me fui a buscarte a ti
Ahora el dragón se ríe de mí
Yo no soy bueno pa' explorar
Sin ti soy solo un zombie

Ya no te preocupes, ya no hay razón
Lo que dices no me importa, solo tu voz
Los espejos quieren ser siempre más que Dios
Mientras que buscamos juntos la salvación

Lo sé, lo sé, yo me he vuelto a equivocar
Lo sé, lo sé que no merezco otra oportunidad
Y cuando cierras esa puerta
Lo que encuentras es tu magia celestial
Me alegra tanto verte
Verte es todo lo que me hace feliz
Y nadie lo remedie

Por ti, volví por ti, pero no te vi
Sino estás, solo soy un zombie a la intemperie
Sin ti me fui a buscarte a ti
Y ahora el dragón se ríe de mí
Yo no soy bueno pa' explorar
Sin ti soy solo un zombie

Volví al volver perdí
Pero no por ti
No eres tu es que soy un zombie aunque me peine
Sin ti me fui a buscarte a ti
Ahora el dragón se ríe de mí
Yo no soy bueno pa' explorar
Sin ti soy solo un zombie

Solo soy un zombie
Solo soy un zombie
Solo soy un zombie

 



publicado por olhar para o mundo às 20:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.08.13

 

Letra

 

Tiritas pa este corazón partío.
Ti-ri-ti-tando de frio
Tiritas pa este corazón partío,
Pa este corazón

Ya lo ves, que no hay dos sin tres,
que la vida va y viene y que no se detiene...
Y, qué sé yo,
pero miénteme aun que sea, dime que algo queda
entre nosotros dos, que en tu habitación
nunca sale el sol, ni existe el tiempo,
ni el dolor.

Llévame si quieres a perder,
a ningún destino, sin ningún por qué.

Ya lo sé, que corazón que no ve
es corazón que no siente,
o corazón que te miente amor.
Pero, sabes que en lo más profundo de mi alma
sigue aquel dolor por creer en ti
¿qué fue de la ilusión y de lo bello que es vivir?

¿Para qué me curaste cuando estaba herido
si hoy me dejas de nuevo el corazón partío?

¿Quién me va a entregar sus emociones?
¿Quién me va a pedir que nunca le abandone?
¿Quién me tapará esta noche si hace frío?
¿Quién me va a curar el corazón partío?
¿Quién llenará de primaveras este enero,
y bajará la luna para que juguemos?
Dime, si tú te vas, dime cariño mío,
¿quién me va a curar el corazón partío?

Tiritas pa este corazón partío.
Tiritas pa este corazón partío.

Dar solamente aquello que te sobra
nunca fue compartir, sino dar limosna, amor.
Si no lo sabes tú, te lo digo yo.
Después de la tormenta siempre llega la calma.
pero, sé que después de ti,
después de ti no hay nada.

¿Para qué me curaste cuando estaba herido
si hoy me dejas de nuevo el corazón partío?

¿Quién me va a entregar sus emociones?
¿Quién me va a pedir que nunca le abandone?
¿Quién me tapará esta noche si hace frío?
¿Quién me va a curar el corazón partío?
¿Quién llenará de primaveras este enero,
y bajará la luna para que juguemos?
Dime, si tú te vas, dime cariño mío,
¿quién me va a curar el corazón partío?

¿Quién me va a entregar ...




publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Sábado, 06.10.12

Edição portuguesa do novo disco inclui duetos com Luísa Sobral e Ivete Sangalo

Com data marcada para 15 de outubro, a edição especial para Portugal de «La Música No Se Toca» inclui dois duetos inéditos.

Esta é uma edição especialmente desenvolvida para Portugal onde, para além do alinhamento internacional, constam dois duetos exclusivos – com Luísa Sobral para o tema «Bailo Con Vos» e ainda com Ivete Sangalo para «No Me Compares». O próprio Alejandro Sanz fez questão de o partilhar no seu Twitter, que tem mais de 7,1 milhões de seguidores.

Alejandro Sanz, um dos nomes mais mediáticos da pop latina, regressa assim com o seu 10º álbum de originais e o primeiro pela sua nova editora, a Universal Music. 

«La Música No Se Toca» foi produzido por Julio Reyes, vencedor de 2 Grammys e 9 prémios ASCAP.

Sanz arrecadadou 16 Grammys latinos e 3 norte-americanos. «La Música No Se Toca» está também nomeado para 2 Grammys latinos – Melhor Álbum do ano e ainda Música do Ano com “No Me Compares”, que teve entrada direta para #1 do top iTunes em 17 países.

 

Noticia do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:57 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

ALEJANDRO SANZ E PEDRO AB...

Alejandro Sanz - Un Zombi...

Sem Palheta - Mafalda Vei...

Alejandro Sanz canta com ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
blogs SAPO
subscrever feeds