Quarta-feira, 08.11.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.05.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.11.15

 

 

Letra

 

Tu vens com esse teu jeito
E sem nenhum preconceito
Dizes tudo que eu já sei
Ligas a toda a gente
Dizes que sou doente
Mas fui eu que te deixei

Quando te ris de mim
Só porque eu sou assim
Com ar de quem não acredita
Fomos longe de mais
Nas conversas banais
Sou sempre eu o mau da fita

Tenho a cabeça em água
E já nem vejo a saída
Tenho tudo para vencer
Por isso estas noite
Vou ter que te dizer

Verdade nua e crua
Eu na minha e tu na tua
O que é que aconteceu?
No meu mundo e aqui
Mando eu
Aqui mando eu

Tu não sabes quem sou
Nem para onde vou
Mas queres-me controlar
Queres saber o que faço
Que grande embaraço
Isso já é abusar

Sem ter medo de nada
Eu não quero outra vida
Tenho muito para fazer
Por isso esta noite
Vou ter que te dizer

Verdade nua e crua
Eu na minha e tu na tua
O que é que aconteceu?
No meu mundo e aqui
Mando eu

Não aguento mais
Ser um alvo a abater
(Aqui mando eu)
E não vou fugir
Com medo de viver
(Aqui mando eu)
Não sou um herói
De uma banda desenhada
(Aqui mando eu)
Mas eu quero tudo ou nada

Verdade nua e crua
Eu na minha e tu na tua
O que é que aconteceu?
No meu mundo e aqui
Mando eu

Verdade nua e crua
Eu na minha e tu na tua
O que é que aconteceu?
No meu mundo e aqui
Mando eu
Aqui mando eu
Aqui mando eu

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.06.14

 

 

Letra

 

Foi por tudo o que disseste
sem olhar para mim
Que ficou mais uma história
sem pricipio nem fim

És o quadro que
sempre quis pintar
Mas não te dei a cor
Nem o que podia dar

Quero te dizer
Quero te abraçar
Quero te levar
para outro lugar

Onde este momento
Nunca tenha fim

Quero que esta noite
Tu digas que sim
Nem que seja por um dia
quero ter-te só para mim

Já gastei o silêncio,
as palavras e o tempo a pensar
Na razão que me
levou aquele lugar

A verdade é um espelho
que nunca quebrei
Como no teu rosto
quando te abracei

Ao piano dum  hotel
a canção como o teu cheiro
que tenho em mim
E guardo na minha mão

Quero te dizer
Quero te abraçar
Quero te levar
para outro lugar

Onde este momento
Nunca tenha fim

Quero que esta noite
Tu digas que sim
Nem que seja por um dia
quero ter-te só para mim

E quando oiço
a tua voz
O tempo pára como
quando estivemos a sós

O teu corpo é o meu cais
Mas eu quero muito mais

Foi por tudo o que disseste
sem olhar para mim
Que ficou mais uma história
sem pricipio nem fim

Quero te dizer
Quero te abraçar
Quero te levar
para outro lugar

Onde este momento
Nunca tenha fim

Quero que esta noite
Tu digas que sim
Nem que seja por um dia
quero ter-te só para mim



publicado por olhar para o mundo às 22:44 | link do post | comentar

Domingo, 25.08.13

 

Letra

 

I can't win, I can't reign
I will never win this game
Without you, without you

I am lost, I am vain,
I will never be the same
Without you, without you

I won't run, I won't fly
I will never make it by
Without you, without you

I can't rest, I can't fight
All I need is you and I,
Without you, without.... You!

Oh oh oh
You you you
Without
You you you
Without you..

Can't erase, so I'll take blame
But I can't accept that we're
Estrange
Without you, without you

I can't quit now, this can't be right
I can't take one more sleepless night
Without you, without you

I won't soar, I won't climb
If you're not here I'm paralyzed without you, without you

I can't look, I'm so blind
Lost my heart, I lost my mind without you without... You!

Oh oh oh
You you you
Without
You you you
Without you..

I am lost, I am vain,
I will never be the same
Without you, without you, WITHOUT YOU



publicado por olhar para o mundo às 08:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.04.12

letra

 

A chuva parou
E a rua está vazia
Fico aqui encostado
A ver-te balançar no outro lado
Dizes que é tarde
E as noites estão mais frias
E recolhes do chão, culpas o tempo
E continuas do outro lado
Eu só tenho um sentido
E tu andas ao contrário
Dás a volta sem pensar
Tens medo de ficar
E não vês o outro lado
Esse lado meu
Só tenho um sentido
E tu andas ao contrário
Esse meu lado é o lado errado
Soltas a mão
E foges do caminho
Não sei por onde vais
Se tu já não vens por este lado
Eu só tenho um sentido
E tu andas ao contrário
Dás a volta sem pensar
Tens medo de ficar
E não vês o outro lado
Esse lado meu
Só tenho um sentido
E tu andas ao contrário
Esse meu lado é o lado errado
A chuva voltou
E perdeu-se o teu rasto
Já não sei onde estás
De nós o que ficou
É quase, quase nada
É mais um lado, um lado errado
Eu só tenho um sentido
E tu andas ao contrário
Dás a volta sem pensar
Tens medo de ficar
E não vês o outro lado
Esse lado meu
Só tenho um sentido
E tu andas ao contrário
Dás a volta sem pensar
Tens medo de ficar
E não vês o outro lado
Esse meu lado é o lado errado



publicado por olhar para o mundo às 17:49 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.01.12
Alberto Índio estreia-se em Lisboa no Hard Rock Café

 

Assumindo-se como um «compositor de canções», Alberto Índio editou em março de 2011, o seu álbum de estreia intitulado «Sinceramente», que também deu nome ao primeiro single e serviu como apresentação do trabalho discográfico.

 

Quase um ano depois, o músico natural do Porto sobe ao palco do Hard Rock Café, em Lisboa, no dia 18 de janeiro, pelas 22:00.

 

Trata-se do seu concerto de estreia em Lisboa para o qual decidiu apresentar o seu novo single «O Lado Errado», a versão em português do tema «Chasing Pavements», retirado do primeiro disco da intérprete britânica Adele.

 

A acompanhar Alberto Índio (voz e guitarra acústica) vão estar em palco Cláudio Souto nos teclados, Pedro Martins na bateria, Rodolfo Cardoso na guitarra eléctrica, João André no contrabaixo, Patrícia Antunes e Patrícia Silveira nos coros.

Videoclip de «Lado Errado»

 

Retirado de Sapo Música




publicado por olhar para o mundo às 09:17 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.05.11
Letra

 

Sinceramente, tu podes abrir-te comigo
Honestamente, eu só te quero dizer
Acertei no dia em que eu te encontrei
Acertei

E eu sei a palavra que tu desejas escutar
Tu és o segredo que eu vou desvendar
Acertaste, no dia em que me encontraste
Acertaste, no dia em que me encontraste

Então o nosso mundo girou
Ficaste tu e a noite veio
Trazer a escuridão
E aí então
Abri o coração
Por que nada é em vão

E eu sei a palavra que tu desejas escutar
Tu és o segredo que eu vou desvendar
Acertaste, no dia em que me encontraste
Acertaste, no dia em que me encontraste

Então o nosso mundo girou
Ficaste tu e a noite veio
Trazer a escuridão
E aí então
Abri o coração
Por que nada é em vão

Gostei do charme e do teu groove
Gosto de tudo quando estou contigo
Da conversa e do seu perfume
Gosto de tudo quando estou contigo

Sinceramente, tu podes abrir-te comigo
Honestamente, eu só te quero dizer
Acertei no dia em que eu te encontrei
Acertei no dia em que eu te encontrei

Então o nosso mundo girou
Ficaste tu e a noite veio
Trazer a escuridão
E aí então
Abri o coração
Por que nada é em vão

Ficaste tu e a noite veio
Trazer a escuridão
E aí então
Abri o coração
Por que nada é em vão



publicado por olhar para o mundo às 17:48 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

QUANDO ELA DANÇA - Albert...

Alberto Indio com Pedro A...

Eu sou assim - Alberto I...

Alberto Indio - QUERO-TE ...

Sem Palheta - Alberto Ind...

ALBERTO INDIO - O LADO ER...

Alberto Índio estreia-se ...

Alberto Índio - Sincerame...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds