Segunda-feira, 03.06.13

«A Bela de Moscovo» ao som do hino soviético com letra de Rui Veloso

No teatro tudo pode acontecer e, em Moscovo, uma prostituta soviética vê-se mergulhada num mundo cruel enquanto sonha viver num país longínquo onde se canta em português, com música de Rui Veloso.


A peça de teatro "A Bela de Moscovo", levada atualmente ao palco pelo Centro Teatral Gogol, de Moscovo, inclui temas como “A Paixão”, de Rui Veloso e Carlos Tê, traduzidos para russo, num trabalho feito por Rinat Valiulin, a pedido da realizadora da peça, Jenia Berkovitch.

 

O tradutor frisou que tinha trabalhado ‘às cegas’, sem saber a intenção da realizadora: "Não sei porque é que ela escolheu a língua portuguesa para as canções". Mas a realizadora tem uma explicação. "As canções têm letra portuguesa, porque se trata de uma língua desconhecida, de um país longínquo e inacessível, como qualquer outro e como era tudo para quem morava, então, neste país dos sovietes, por trás da cortina de ferro", explicou Jenia Berkovitch.

 

A peça baseia-se na obra homónima do conhecido escritor soviético e russo Victor Ierofeev, escrita no início dos anos 80 do século XX, mas só publicada 10 anos depois, devido à resistência da censura comunista. O romance foi depois traduzido para várias línguas, tendo sido publicado em Portugal pela editora Gradiva.

 

A personagem principal, Irina Tarakanova, é uma jovem provinciana que vai para Moscovo para conquistar um lugar, mas vê-se mergulhada no mundo cruel e implacável da prostituição. Durante o decorrer da história, a personagem lança sobre os espetadores uma enxurrada de revelações, numa linguagem dura e inaceitável num país onde se dizia que "o sexo não existe".

 

Irina, papel interpretado pela jovem atriz russa Ekaterina Steblina, divide-se entre o sonho de uma vida de luxo, o desejo de amar e a vontade de salvar a Rússia.

 

O clássico escritor russo Fiodor Dostoevski defendia que "a beleza salvará o mundo", mas a heroína de Ierofeev mostra que não é assim, mesmo considerando-se uma nova Joana d'Arc.

 

Desesperada, Irina refugia-se num mundo irreal, onde interpreta conhecidas canções soviéticas, mas com letra em português: "Três dias felizes", "Lavanda", "Corre o Rio Volga".

 

A única forma de superar o desespero e a loucura é a morte: "Eu, Irina Vladimirovna Tarakanova, também Joana d'Arc, Virgem de Orleães, em parte Maria do Egito, russa, grávida, sem partido... aceito casar-me com o meu noivo querido, Leonardo da Vinci, antigo pintor italiano, atualmente um corpo anónimo e inquieto. O casamento realiza-se no meu apartamento".

 

O espetáculo termina com Irina Tarakanova a interpretar o hino nacional soviético, no qual o texto é substituído pela letra da conhecida canção de Rui Veloso "A Paixão (segundo Nicolau Viola)".

 

Por estranho que pareça, a letra transmite, na cena final, todo o horror da protagonista, forçada pelo regime e pelas circunstâncias a perder o seu bebé (uma filha?) e a sua própria vida, incapaz de mudar nada nela: "Tu eras aquela que eu mais queria (…), mas esse teu mundo era mais forte do que eu...".

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 13:05 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

«A Bela de Moscovo» ao so...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
blogs SAPO
subscrever feeds