Sábado, 22.04.17

25 de abril.jpg

 

 

Espetáculo musical integrado nas comemoração do 43º aniversário do 25 de Abril, organizado pela União das Freguesias do Cacém e São Marcos no próximo dia 24 de Abril (segunda-feira), às 21h30. ENTRADA LIVRE!

"Cantar o Fado" com a voz de Liliana Martins.
André Silva - Guitarra Portuguesa
Tiago Valentim - Viola de Fado
Diogo Dias - Contrabaixo



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

ivo flores.jpg

 

IVO FLORES
Café Concerto



Canto Livre para celebrar a revolução de Abril

Um cantautor que, desde 1974, persiste em dar um cunho próprio às músicas dos compositores que o inspiram para novas abordagens musicais, para além das suas próprias composições com poemas de autores portugueses.
O repertório deste concerto irá incluir temas celebrizados por inúmeros autores nacionais e estrangeiros relevantes da música de intervenção: José Afonso, Manuel Freire, Adriano Correia de Oliveira, José Mário Branco, Georges Moustaki, Mercedes Sosa, Chico Buarque, Victor Jara, Quilapayún, entre outros.

Entrada Gratuita


Ficha Técnica


Sobre Ivo Flores

Em 1974, com o advento da Revolução Portuguesa, percorre o circuito do “Canto Livre” pelo norte do país.


A poesia de Vinícius de Moraes lhe revela-lhe o gosto pela Bossa Nova e, durante sete anos, com este repertório, e posteriormente com a Música Popular Brasileira (MPB) em geral e os temas dos cantautores, percorre o circuito dos bares, de norte a sul, chegando até à TVG - Televisión de Galicia.


Nesta continuidade, em 1996 começa a compor para o seu projeto “Ensaio Sobre a Poesia Portuguesa Contemporânea”, a partir de poemas de alguns dos mais representativos poetas portugueses. É neste ano que a Acert, com a ANIMAR, inclui um dos seus temas no disco MANIFestaSONS.


Com estes recitais apresenta-se duas vezes no Centro Cultural de Belém, faz diversas aparições na RTP e percorre diferentes universidades, bibliotecas, espaços culturais…


Em Setembro de 2002 radica-se em Paris e, quatro anos depois, em Poitiers. Assim, em França, continua a apresentar-se em múltiplos concertos por várias cidades.


Desde outubro último, de regresso ao país, permanece criativamente a reinventar novas composições e a revisitar os cantautores da sua predileçã



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.04.17

oscantautores.jpg

 

OS CANTAUTORES
d'Orfeu
ConcertoPreço: 7,5 / 5 €

 

Local:  Auditório 1
Data/Hora:  Seg. 24 de abril de 2017 às 21:45

Celebrar o 25 de Abril com o regresso do tributo aos grandes músicos de intervenção
  
Uma década depois, Luís Fernandes e Miguel Calhaz retomam a parceria musical que uniu as suas vozes em “Os CantAutores”, o espetáculo da d’Orfeu que, nos primeiros anos deste século, circulou por todo o país e resultou num disco de referência. Parte da obra menos conhecida dos cantautores José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e José Mário Branco vai voltar a subir aos palcos nacionais, agora em quinteto, na companhia do pianista Marco Figueiredo (também da formação original), do saxofonista Rodrigo Neves e do baterista Rui Lúcio.

A genialidade de uma certa música de intervenção, cuja atualidade não se perdeu, muito menos deixou de despertar intenso fascínio às novas gerações de público. Trata-se de música marcante na história das últimas décadas do país, um Portugal cantado nos discos e na obra destes quatro cantautores. O tributo continua e não pode deixar de ser prestado. A d’Orfeu AC, num momento importante do seu percurso criativo, tem a honra de apresentar a quarta série de “Os CantAutores”.

PREÇO: 7,50€ / Associado: 5€ / Descontos: 6€ / Desempregado: 2,50€ / Bilhete família disponível




Ficha TécnicaHistorial
Este espetáculo temático cumpriu um roteiro de largas dezenas de concertos em Portugal entre 2001 e 2003, tendo ficado também marcado pela edição do CD Os Cantautores. Foi um ciclo de concertos de homenagem a três grandes figuras da música portuguesa, José Afonso, Sérgio Godinho e Fausto.

Miguel Calhaz: Voz e contrabaixo
Luís Fernandes: Voz, braguesa, acordeão e flauta
Marco Figueiredo: Piano
Rodrigo Neves: Saxofone
Rui Lúcio: Bateria



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

sergio godinho.png

 

SÉRGIO GODINHO

A CELEBRAÇÃO DA “LIBERDADE” PELA ESTRADA FORA 

EXPOSIÇÃO “ESCRITOR DE CANÇÕES” EM GRÂNDOLA

É frequentemente referido com um dos seus livros favoritos, “Pela estrada fora” de Jack Kerouac, e sem sombra de dúvida é também uma expressão que define bem a vida e obra, inquietas, de Sérgio Godinho. Em Abril é já habitual ter a agenda sobrecarregada com a participação em eventos relacionado com as comemorações do 25 de Abril de 1974 mas este ano os motivos são os mais variados. Assim: 

- a 22 e 23 de Abril, Sérgio Godinho levará o espectáculo “Liberdade” até ao Norte do país, mais concretamente ao Auditório Municipal de Gondomar e ao Teatro Municipal de Vila do Conde, para apresentação do concerto estreado quando da passagem do 40º aniversário da revolução de Abril;

- no dia 24, o destino é a freguesia de Alhos Vedros, Moita, na companhia de Jorge Palma para o concerto  “JUNTOS” em que fazem um percurso pelos temas que há muito são a banda sonora das nossas vidas;

- a 25, a vila alentejana de Mora receberá “Liberdade” para um comemoração ao final da tarde, numa autêntica matinée revolucionária; 

- no dia 28, é “Coração Mais Que Perfeito”, a sua mais recente publicação literária, que justifica a viagem até ao Algarve, mais concretamente até à Biblioteca Municipal Vicente Campinas, em Vila Real de Santo António, para uma conversa/apresentação integrada no ciclo “Sinónimos de Leitura”; 

- já a 29 serão os “Dias da Música” que levarão Sérgio Godinho até ao Centro Cultural de Belém para duas acções no âmbito do evento deste ano que tem o subtítulo “As Letras da Música” – a primeira, às 18H00, uma conversa com o jornalista Nuno Galopim; a segunda, às 22H00, um concerto, já esgotado, na companhia do pianista Filipe Raposo, músico com quem Sérgio tem colaborado ao longo do último ano e cuja parceria foi recentemente distinguida com o “Sophia 2017” para Melhor Canção Original atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema;

- e, a 30, no final do mês, a inauguração da exposição “Sérgio Godinho – Escritor de Canções” promovida C.M de Grândola e que estará patente nos Antigos Paços dos Concelho até 29 de Outubro. Uma ideia da Divisão de Cultura e Desenvolvimento Social local e que mobilizou em seu torno nomes como Anabela Mota Ribeiro, Jorge Palma, Nuno Galopim, Capicua, Nuno Artur Silva, Viriato Teles ou João Carlos Callixto que contribuíram para a brochura de 120 que será publicada e que incluirá, para além de notas biográficas, texto originais e imagens inéditas. Para assinalar a abertura, será ainda promovido um espectáculo musical com artistas locais com o título “O Elixir da Eterna Juventude – Canções de Sérgio Godinho revisitadas por artista de cá”. Uma forma dinâmica de homenagear o “escritor de canções”.

AGENDA CONCERTOS ABRIL:

21 ABR / GONDOMAR

22 ABR / TEATRO MUNICIPAL / VILA DO CONDE

24 ABR / MOITA (“JUNTOS” com Jorge Palma)

25 ABR / MORA

29 ABR / “DIAS DA MÚSICA” / CENTRO CULTURAL DE BELÉM / LISBOA (com Filipe Raposo)



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 19.04.16

abrilBeja.png

 

A Comissão Organizadora das comemorações do 25 de Abril preparou um vasto leque de atividades para celebrar abril em Beja.

 

No dia 23 de abril, sábado, pela manhã, existirá um conjunto de atividades nas Portas de Mértola. Na noite de 24, o ponto de encontro é na Praça da República, junto às tasquinhas para assistir ao espetáculo musical e pirotécnico onde a animação não faltará. Às 21:30 horas, a Banda da Sociedade Filarmónica Capricho Bejense faz a sua atuação, seguindo-se o espetáculo musical que reúne artistas do concelho de Beja e que irá animar o público presente a partir das 22:00 horas. Os Discípulos, Os Cantadores do Desassossego, Espigas do Alentejo, Real Aliança Velha, Eduardo Espinho, Sandra Pereira, Fernando Pardal, Tiago Bento, JR cantarão Abril nesta grande noite, que terminará com o céu pintado às cores.

 

Na manhã do dia 25 o Centro Histórico será o palco do Desfile da Liberdade, com partida agendada para as 9h30 na Praça da República que percorrerá as ruas da cidade passando por alguns pontos que ajudam a contar a história desta data incontornável da democracia em Portugal. A Sessão Solene terá lugar no salão nobre do antigo Governo Civil, pelas 12:00h e à tarde estão previstas diversas atividades desportivas e culturais, no Jardim Público.

 

Para declarações contactar: Vereadora Sónia Calvário

 

Para informações adicionais consultar

 

https://www.facebook.com/events/1705779646359566/



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.04.15

liberdade.jpg

A música como manifesto de “Liberdade”


Provou a censura, o exilo e a Liberdade da Revolução de Abril. Sérgio Godinho personifica o poder de manifesto e interrogação da música. O cantautor português vai ao Cine-Teatro de Estarreja celebrar a democracia no próximo sábado, dia 18 de abril, pelas 21h30.

 

“Liberdade” dá nome ao espetáculo, inspirado numa canção homónima composta em 1974 e inserida no álbum “À queima-roupa”, ponto de partida para uma carreira crescente em nome próprio e em solo democrático. Neste concerto, Sérgio Godinho recupera temas do seu repertório, de 1974 até hoje, percorrendo os discos e sucessos lançados no período pós-revolucionário. O portuense de 69 anos, dono de um império musical que espelha a condição do povo lusitano e onde se contam aclamados títulos como "Com Um Brilhozinho Nos Olhos", "O Primeiro Dia" e "É Terça-Feira", entre muitos outros, regressa a Estarreja para assinalar a Revolução dos Cravos, revisitando quatro décadas de carreira.

Usando a música como bandeira de causas e consciências e a palavra como arma de interrogação, Sérgio Godinho, acérrimo defensor da “Liberdade”, acrescenta à sua discografia inéditos como “Tem o Seu Preço” e “Na Rua António Maria”, tema de Zeca Afonso nunca antes publicado, apresentando-os no concerto do próximo sábado, no Cine-Teatro de Estarreja.

Os bilhetes para “Liberdade”, de Sérgio Godinho, encontram-se à venda e podem ser adquiridos na Bilheteira do CTE, nosite da Bilheteira Online, lojas CTT, Fnac e El Corte Inglés.

SÁB 18 ABR 21H30
Sérgio Godinho

Sérgio Godinho voz
Nuno Rafael 
guitarras, percussões e coros
Miguel Fevereiro 
guitarras e coros
Nuno Espírito Santo baixo
João Cardoso 
teclado e coros
Sérgio Nascimento 
bateria e percussões
[MÚSICA] 12,5€ / 10€ (Cartão Amigo, Cartão Sénior e Jovem Municipal)

Concerto com babysitting

+

http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Domingo, 12.04.15

cartaz_25_abril.jpg

 

 

COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL | BARREIRO 2015

 

DEOLINDA NA NOITE DE 24 DE ABRIL NO PARQUE DA CIDADE

 

A Câmara Municipal do Barreiro e as freguesias do Concelho prepararam um vasto programa comemorativo do 41º aniversário do 25 de Abril pautado pelos valores da “Liberdade, Democracia, Cidadania”.

Destacamos, na noite de 24 de abril, pelas 21h00, o Desfile da Liberdade, desde a Avenida de Santa Maria até ao Parque da Cidade onde a festa continua com o concerto de DEOLINDA, pelas 22h00. Ana Bacalhau, voz, Pedro da Silva Martins, guitarra, Luís José Martins, guitarra, Zé Pedro Leitão, contrabaixo, fazem parte deste grupo de música popular portuguesa inspirado pelo fado e pelas suas origens tradicionais.

 

De forma a recordar os revolucionários anos de 1974-75, a 17 de abril, pelas 21h00, será exibido o documentário “Outro País”, de Sérgio Tréfaut, na Biblioteca Municipal do Barreiro. Esta longa-metragem reúne imagens de arquivo de fotógrafos e realizadores estrangeiros filmadas em Portugal.

 

Serão inúmeras as atividades desportivas realizadas pelo Concelho. A 19 de abril, pelas 9h30, está previsto o Meeting da Liberdade, na Piscina Municipal do Barreiro. No dia 25 de Abril, das 8h30 às 12h30, realiza-se o Passeio de Cicloturismo, com concentração nos Paços do Concelho. Quase em simultâneo, entre as 9h30 e as 12h30, decorrerá a X Milha da Liberdade, com partida na Praça S. Francisco Xavier e ao longo de todo o dia, terão lugar atividades desportivas no Parque da Cidade.

 

O tradicional Hastear de Bandeiras nos Paços do Concelho terá lugar no dia 25 de abril, pelas 11h30. Estão previstas as atuações dos grupos corais alentejanos: “Cantalentejo” (da Universidade da Terceira Idade do Barreiro), “Os Amigos do Barreiro” e “Unidos do Lavradio”, para além da participação da Banda Municipal do Barreiro e das Fanfarras dos Bombeiros Voluntários do Corpo de Salvação Pública e dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste.

De salientar que o Hastear de Bandeiras decorrerá em todas as freguesias do Concelho.

O programa pode ser consultado, na íntegra, em www.cm-barreiro.pt

 

CMB 2015-04-09



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.04.14

Rodrigo Leão vai dar um concerto nas escadarias da Assembleia da República, no próximo dia 26 de abril.

 

O espetáculo tem por título “O Espírito de Um País” e divide-se em três partes, que levam os subtítulos “A Liberdade”, “O Sonho” e “Triunfal”. Cada uma delas será marcada por várias surpresas, entre novos arranjos; versões de temas dos Madredeus, que contarão com a voz da acordeonista Celina da Piedade, membro regular do ensemble de Rodrigo Leão; a participação de Camané nalguns temas, entre os quais uma versão de Vida Tão Estranha; e a estreia do inédito O Espírito de Um País (Dança de Abril) – “uma homenagem à liberdade”, segundo palavras do próprio compositor.

 

O concerto, pensado no âmbito das comemorações solenes dos 40 anos do 25 de Abril, contará com a participação da Sinfonietta de Lisboa, que estará presente na execução de praticamente todos os temas do alinhamento, sob direção do maestro Vasco Pierce de Azevedo; bem como do Grupo de Percussões de Lisboa e do Coro Juvenil da Fundação Musical dos Amigos das Crianças, além dos já referidos Celina da Piedade e Camané.

 

O evento, concebido por Rodrigo Leão a partir de um convite da própria Assembleia da República, contará ainda com imagens do realizador Rui Simões em dois temas. “Trata-se de material retirado dos filmes ‘Bom Povo Português’ e ‘Deus Pátria Autoridade’, que se adequam aos ambientes explorados por Rodrigo Leão”, pode ler-se em comunicado. Haverá ainda imagens retiradas do documentário “Portugal, Um Retrato Social”, de António Barreto, para o qual Rodrigo Leão fez a banda sonora.

 

O espetáculo tem início às 21h00. A entrada é livre.

 

Retirado de Palco Principal



publicado por olhar para o mundo às 22:54 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Ontem apenas
fomos a voz sufocada
dum povo a dizer não quero;
fomos os bobos-do-rei
mastigando desespero.

Ontem apenas
fomos o povo a chorar
na sarjeta dos que, à força,
ultrajaram e venderam
esta terra, hoje nossa.

Uma gaivota voava, voava,
assas de vento,
coração de mar.
Como ela, somos livres,
somos livres de voar.

Uma papoila crescia, crescia,
grito vermelho
num campo cualquer.
Como ela somos livres,
somos livres de crescer.

Uma criança dizia, dizia
"quando for grande
não vou combater".
Como ela, somos livres,
somos livres de dizer.

Somos um povo que cerra fileiras,
parte à conquista
do pão e da paz.
Somos livres, somos livres,
não voltaremos atrás.



publicado por olhar para o mundo às 00:22 | link do post | comentar

Terça-feira, 08.04.14

Sérgio Godinho

 

Sérgio Godinho

APRESENTA "LIBERDADE"
10, 11 e 12 de abril no Teatro São Luiz
Convidados especiais:
Gisela João, Jorge Benvinda e Maria João Luís

 

Integrado no ciclo de programação "25/40 - Democracia", Sérgio Godinho apresenta na próxima semana - a 10, 11 e 13 - o espectáculo "Liberdade", uma produção concebida a propósito do 40º aniversário do 25 de Abril de 1974 e que contará com a participação de três convidados especiais - a fadista Gisela João; Jorge Benvinda, voz do colectivo Virgem Suta; e a actriz Maria João Luís, com quem Sérgio Godinho teve oportunidade de colaborar quando no papel de realizador.

Este espectáculo - "Liberdade" - encontra o seu título a partir da canção homónima publicada em 1974 no álbum "Á Queima Roupa", em "Liberdade", e propõe-se a, através do repertório único do "escritor de canções", percorrer os quarenta anos do Portugal democrático e as "suas liberdade" ou a falta dela(s).

Para além da recriação de alguns do seus temas mais queridos, Sérgio Godinho e banda levarão ainda ao palco do São Luiz temas recentemente compostos bem como a evocação a Zeca Afonso através de "Os Vampiros", tema recentemente versionado em "Caríssimas Canções", o disco lançado por Sérgio Godinho em Dezembro passado.

Em complemento às apresentações, Sérgio Godinho é ainda o curador da programação dos finais de noite no Jardim de Inverno nos dias das suas apresentações. O convite foi feito a criadores emergentes que terão a uni-los a canção "Liberdade":

 
  • Dia 10 - Nuno Prata
  • Dia 11 - Joana Barra Vaz
  • Dia 12 - They`re Heading West & Capicua


Ainda durante o mês de Abril, Sérgio Godinho estará com "Liberdade" em:

  • 17/04 - Cine-Teatro Louletano / Loulé
  • 19/04 - Teatro Pax Julia / Beja
  • 23/04 - Cine-Teatro Avenida / Castelo Branco
  • 24/04 - Setúbal (comemorações populares 25 de Abril)
  • 25/04 - Teatro Viriato / Viseu
  • 26/04 - Centro de Artes / Ovar


publicado por olhar para o mundo às 12:04 | link do post | comentar

Sábado, 05.04.14
Zeca Afonso interpretado por núcleo da UPorto nas comemorações do 25 de Abril

Zeca Afonso vai ser recordado no 40.º aniversário do 25 de Abril na peça de teatro Brado da Terra que o Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto (NEFUP) vai levar a palco a 24, no Teatro Helena Sá e Costa.

 

“Zeca Afonso é um dos grandes símbolos da liberdade em Portugal. Fiéis aos nossos objetivos de divulgação etnográfica, pesquisámos as canções tradicionais que ele interpretou e criámos um espetáculo constituído por um conjunto de histórias interligadas que revisitam o passado do país”, explica Helena Queirós, do NEFUP.

 

Este espetáculo foi construído com base em 15 canções populares tradicionais que integram a obra discográfica de José Afonso.

 

A expressão que dá nome ao espetáculo é da autoria do próprio músico (”Só Ouve o Brado da Terra”) e, segundo o NEFUP, “identifica também a preocupação que o grupo colocou na defesa da cultura popular tradicional em todos os trabalhos que apresenta”.

 

“Dentro do espírito da época, demo-nos toda a liberdade para escolhermos algumas da versões tradicionais, recriarmos as versões de José Afonso, criarmos as nossas próprias interpretações ou brincarmos entre diferentes versões populares, as do Zeca e as nossas”, explicou Helena Queirós.

 

O espetáculo inclui 15 canções tradicionais e quatro danças, mas é encenado teatralmente, percorrendo o país e muitas das suas tradições, mantendo sempre a cultura popular como pano de fundo.

 

O Brado da Terra aborda temas como o amor, guerra, emigração, tristezas e alegrias de uma época que marcou a história de Portugal.

 

“Não pretendemos recriar historicamente uma época, antes remeter para um imaginário pré-revolucionário que invoca também outras épocas passadas e nos faz refletir sobre o presente, afinal, tão próximo dos tempos de outrora”, concluiu.

 

Retirado do Sapo Música


publicado por olhar para o mundo às 23:27 | link do post | comentar

Domingo, 16.02.14

Rui Veloso actua em Macau nos quarenta anos do 25 de Abril

Rui Veloso será a atracção das comemorações em Macau dos 40 anos do 25 de Abril num espectáculo cuja organização pertence à Casa de Portugal e à Fundação Oriente
A fonte da Casa de Portugal terá ainda dito à agência Lusa que Rui Veloso actuará em Macau a 25 de Abril no grande auditório do centro cultural local, num espectáculo que integra um conjunto de actividades culturais organizadas pela Casa de Portugal que, no concerto do cantor português, se associa à Fundação Oriente.

Rui Veloso, de 56 anos, nascido em Lisboa, saltou para a ribalta da música em 1980 com o álbum "Ar de rock".A partir de então somam-se os êxitos, nomeadamente, "Chico Fininho", "Não há estrelas no céu", "Sei de uma camponesa", "Rapariguinha do shopping", "Porto Sentido", "A Paixão (segundo Nicolau da Viola)" e "Porto Covo".

Ao longo da carreira editou mais de uma dezena de álbuns de originais e gravados ao vivo.
retirado do Sapo Música


publicado por olhar para o mundo às 21:33 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.02.14

25 de Abril: Parlamento pede a Rodrigo Leão composição original para concerto na escadaria

A Assembleia da República pediu a Rodrigo Leão uma composição original sobre o 25 de Abril para as comemorações dos 40 anos da revolução, a ser interpretada num concerto nas escadarias do Parlamento, relevou à Lusa Assunção Esteves.

 

A ideia de uma intervenção por parte da artista plástica Joana Vasconcelos, envolvendo chaimites usadas no dia 25 de Abril decoradas com cravos vermelhos, e que foi avançada hoje pelo jornal Público, permanece como uma hipótese, afirmou igualmente a presidente da Assembleia. "Ainda está em aberto", disse.

 

As "ideias-projeto" para as comemorações dos 40 anos do 25 de Abril, que foram hoje discutidas com os grupos parlamentares, incluem a realização de dois concertos, um dos quais nas escadarias do parlamento, no dia 26 de Abril, pelo compositor e interprete Rodrigo Leão. "Foi pedida ao Rodrigo Leão uma composição especial sobre o 25 de Abril", revelou a presidente da Assembleia. O outro concerto previsto deverá realizar-se a 24 de Abril, pelo grupo "Capas Negras" e convidados.

 

O programa provisório que Assunção Esteves revelou à Lusa inclui também uma "homenagem ao pensamento" na forma de uma conferência sobre "os novos paradigmas do futuro", na qual filósofos e ensaístas farão uma "reflexão sobre o desenho das instituições e das políticas públicas em novos paradigmas de futuro".

 

Está igualmente prevista uma "grande exposição iconográfica" sobre o "nascimento da democracia", com referências às "história dos partidos, das campanhas eleitorais, os principais momentos políticos e as grandes figuras marcantes".

 

Um ciclo de cinema sobre direitos humanos é outra das vertentes do programa, estando previsto para o mês de Abril a exibição de um conjunto de documentários realizados por estrangeiros sobre a revolução portuguesa.

 

A companhia "A Barraca" também deverá apresentar uma produção teatral criada propositadamente para os 40 anos do 25 de Abril.

 

A ideia de uma exposição de arte urbana, que inclua grafitti, foi também avançada e deverá constar do programa, acrescentou Assunção Esteves.

 

O programa das comemorações ainda não tem uma estimativa de custo porque não está fechado, disse a presidente da Assembleia, sublinhando que tem pedido aos intervenientes e potenciais intervenientes com quem tem falado que entendam a sua participação como "parte de uma dádiva para o seu país".

 

retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 13:58 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.04.13

Grândola celebra o 25 de Abril com exposição de Sérgio Godinho, concertos e DJs

A exposição "Sérgio Godinho e as 40 ilustrações" e concertos dos Contracorrente ou da Banda da SMFOG contam-se entre as iniciativas que celebram o 25 de abril em Grândola, esta quinta-feira.

A exposição dedicada aos 40 anos de canções de Sérgio Godinho foi inaugurada a 23 de abril, na Biblioteca Municipal de Grândola, e contou com a presença de João Paulo Cotrim, o responsável pelo desafio lançado a 40 ilustradores de diversas gerações que deram imagens aos temas do músico – de José Brandão a Henrique Cayatte, de Catarina Valadas a Gémeo Luís, de João Maio Pinto a Pedro Nora, de Pedro Proença a Teresa Lima, de João Fazenda a André Carrilho. "Sérgio Godinho e as 40 ilustrações" pode ser visto até 25 de maio.

De 24 para 25 de abril, além da Biblioteca Municipal, também os Paços do Concelho e a Adega António Inácio da Cruz serão espaços no centro da vila em destaque, acolhendo vários espetáculos e atividades.

A corrida da liberdade vai marcar a partida para os festejos, às 21h00. Meia hora depois, a Banda da SMFOG vai percorrer as ruas da vila e terminará a sua atuação nos Paços do Concelho, dando lugar à dança do grupo Dance Kid do Grândola Sports Club. 

Antes do espetáculo de fogo de artifício marcado para as 00h20, os Contracorrente prometem revisitar algumas das mais emblemáticas canções de intervenção. 

Pela noite dentro, a Festa da Liberdade continua no espaço requalificado da Adega António Inácio da Cruz, com baile popular, e na Biblioteca Municipal, com o brasileiro Oseas Melo e os DJs Baila Room.

Já no dia 25 de abril, as iniciativas agendadas incluem o hastear da bandeira, a Sessão Solene Comemorativa dos 39 anos do 25 de Abril e uma Festa Popular no Jardim 1º de Maio, a partir das 15h, com o Grupo Coral Vozes de Grândola, o Grupo Coral e Etnográfico Coop, o Rancho Folclórico 5 Estrelas de Abril, o Grupo de Dança Típica da Queimada e a matiné com Tozé Pratas e Dina Teresa.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:12 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.04.13
Coletivo de artistas celebra a Revolta em Lisboa


Um grupo de artistas, produtores e profissionais do espetáculo formaram uma cooperativa espontânea para celebrar o 25 de Abril e “experimentar a liberdade” em quatro espaços diferentes, criando um programa a que chamaram Revolta.


A cooperativa de artistas “Há Revolta na Glória” informou hoje em comunicado que a iniciativa será composta por concertos, filmes, fado, slam, poesia, conversas, DJ e intervenções visuais.

 

O programa da denominada Revolta decorrerá no Ritz Clube e Passos de Fado, na Rua da Glória, e nos Quiosques Time Out e Maritaca, na Avenida da Liberdade, a partir das 19:30 de 24 de abril até às 04:00 do dia 25.

 

O coletivo de artistas refere que o bilhete é único, custa oito euros, e estará à venda no Ritz Clube a partir das 18:45 do dia 24, sendo que toda a programação nos quiosques é gratuita.

 

O grupo refere que a festa pretende reavivar a memória e fomentar “uma reflexão sobre a intervenção na sociedade atual”, sendo um exercício de cidadania.

 

Segundo o itinerário divulgado, a Revolta começa no Quiosque Time Out com conversas dedicadas aos temas da “Evolução pela arte” e “Arte na Revolução” moderadas por Luís Gouveia Monteiro (canal Q) e Manuel Halpern (Jornal de Letras, Artes e Ideias) com convidados de vários quadrantes culturais, como escritores e cineastas.

 

Às 21:00, no Quiosque Maritaca, serão exibidos filmes selecionados pelo Indie Lisboa, entidade parceira da iniciativa.

 

No restaurante Passos de Fado, a partir da mesma hora, a organização sugere que se assista a uma “saudável picardia entre fadistas e slammers”, com as atuações dos fadistas Duarte, Francisco Sobral, Gisela João e Hélder Moutinho e do coletivo Poetry Slam Lisboa, num momento “de pura liberdade de expressão”.

 

O Ritz Clube, também a partir das 21:00, acolhe a Revolta com concertos de Tiago Gomes & Tó Trips, Macacos do Chines, Kumpania Algazarra e Dj sets de Rock & Revolução, JPG from Daltonic Brothers, Hélio Morais e Joaquim Albergaria, e Davide Pinheiro, acompanhados por ilustração visual da VJ Squad.

 

A programação nos quiosques segue das 22:00 até às 02:00 do dia 25 com Dj sets de Dalilaah e Stereo Addiction no Time Out e música de Nataniel Melo e Cónego de Braga no Maritaca.

 

Na sala vermelha do Ritz, pela 01:00, começa o ‘live act’ de Miguel Torga, seguido de DJ sets de Modo Fractal e Ni Villa-Lobos até às 4:00, acompanhados por visuais da VJ Squad.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:14 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.04.12

Carlos do Carmo recebe Chave da Cidade de Santiago do Cacém

 

Amanhã, 24 de Abril, Carlos do Carmo actua na Quinta do Chafariz, em Santiago do Cacém, pelas 21:30. O concerto acontece no âmbito das comemorações do 38º aniversário do 25 de Abril. 
 
Paralelamente, Carlos do Carmo vai receber a Chave da Cidade das mãos do Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença. De acordo com o próprio, a homenagem visa o"reconhecimento do município a um homem de Abril que ao longo da sua vida sempre defendeu os valores da liberdade e da democracia".
 
Esta é a terceira vez que o Município atribui a Chave da Cidade: primeiro fê-lo à Associação 25 de Abril e depois ao ex-Presidente da República, Jorge Sampaio

 

Retirado de HardMúsica



publicado por olhar para o mundo às 21:54 | link do post | comentar

O cantor Paulo de Carvalho interpretará o tema "E Depois do Adeus" na Assembleia da República, em Lisboa, no âmbito das comemorações do 25 de abril. No dia 26 será recordada a memória de José Afonso, 25 anos depois da sua morte, com o concerto evocativo "CantAR Zeca Afonso"

 

Primeira senha da revolução, lançada por João Paulo Diniz aos microfones do Rádio Clube Português, às 22.55, do dia 24 de abril, a canção "E Depois de Adeus" será interpretada por Paulo de Carvalho na quarta-feira na Sala das Sessões da Assembleia da República na sessão solene que assinala o 38.º aniversário da revolução dos cravos.

 

Depois dos discursos serão projetadas imagens fotografias inéditas do dia 25 de abril de 1974, do espólio de Miranda Castela. Depois disso é a vez de Paulo de Carvalho cantar "E Depois do Adeus", tema que venceu o Festival da Canção nesse ano.A sessão solene terá início às 10.00 e contará com intervenções de todos os grupos parlamentares representados no Parlamento, da presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, e do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

 

No final da sessão solene, o Grupo Coral Etnográfico Coop de Grândola irá interpretar a canção "Grândola Vila Morena", de Zeca Afonso, que foi a segunda senha para a continuação das operações militares de Abril.

 

Pela primeira vez, a partir das 14:30 a presidente da Assembleia da República abrirá as portas do público do Palácio de São Bento, num "gesto simbólico que sublinha a importância do Parlamento como a casa da democracia e de todos os portugueses", segundo comunicado da Assembleia da República.

 

Durante toda a tarde, haverá visitas guiadas e livres ao Palácio de São Bento e um atelier lúdico-pedagógico para os mais novos que, sob o lema "Dar forma à Liberdade", permitirá a construção de esculturas de papel.

 

Ao final do dia, o Grupo de Violinos "Os Paganinus", do Conservatório Regional de Setúbal, atuará na Sala do Senado.

 

Já no dia 26 de abril, cerca das 21:45, será recordada a memória de José Afonso, 25 anos depois da sua morte, com o concerto evocativo "CantAR Zeca Afonso", que contará com a participação do coro da Assembleia da República.

 

 

 

Retirado de DN



publicado por olhar para o mundo às 12:29 | link do post | comentar

Sábado, 21.04.12

25 de Abril em Oeiras

Em Oeiras, as celebrações do 38º aniversário do 25 de Abril estendem-se por dois dias, constando do programa, a par da cerimónia oficial, a entrega de fogos municipais a famílias do concelho, o espectáculo “Memorial” e uma exposição alusiva ao Marquês de Pombal.
 
Dia 24, às 20:30, tem lugar, no Auditório Municipal Eunice Muñoz, a Cerimónia Oficial, com intervenções dos presidentes da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais e da Assembleia Municipal, Domingos Pereira dos Santos. A cerimónia inclui ainda uma homenagem a ex-autarcas do Concelho e uma intervenção sobre o 25 de Abril enquanto Encontro de Gerações, pelo jornalista José Carlos Vasconcelos e a cientista Sofia Duarte (galardoada com o prémio europeu Cientista Iminente 2012).
 
Já por volta das 23:00, o espectáculo “Memorial”, um novo projecto musical que junta Fernando Tordo, Carlos Mendes e Filipa Pais, uma voz inconfundível que pertence a uma nova geração de cantores. A entrada é livre, mediante a lotação da sala.
 
No próprio dia 25 de Abril, as comemorações começam às 09:00, com o tradicional Hastear das Bandeiras, em frente aos paços do Concelho.
 
A meio da manhã proceder-se-á à entrega dos fogos de habitação municipal, no Edifício Atrium, local onde será inaugurada, de seguida, a exposição “Quinta do Recreio dos Marqueses de Pombal”.

 

Retirado do Hardmúsica



publicado por olhar para o mundo às 12:23 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25.04.11

 

 

Letra

 

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

 

Zeca Afonso

 

25 de Abril mais que nunca

 

 



publicado por olhar para o mundo às 15:02 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

 

Zeca Afonso

 

25 de Abril mais que nunca

 



publicado por olhar para o mundo às 12:58 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

 

Zeca Afonso

 



publicado por olhar para o mundo às 03:00 | link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

 

Letra

 

Quis saber quem sou
O que faço aqui
Quem me abandonou
De quem me esqueci
Perguntei por mim
Quis saber de nós
Mas o mar
Não me traz
Tua voz.
Em silêncio, amor
Em tristeza e fim
Eu te sinto, em flor
Eu te sofro, em mim
Eu te lembro, assim
Partir é morrer
Como amar
É ganhar
E perder.
Tu vieste em flor
Eu te desfolhei
Tu te deste em amor
Eu nada te dei
Em teu corpo, amor
Eu adormeci
Morri nele
E ao morrer
Renasci.
E depois do amor
E depois de nós
O dizer adeus
O ficarmos sós
Teu lugar a mais
Tua ausência em mim
Tua paz
Que perdi
Minha dor
Que aprendi.
De novo vieste em flor
Te desfolhei...
E depois do amor
E depois de nós
O adeus
O ficarmos sós.

 



publicado por olhar para o mundo às 00:01 | link do post | comentar

Terça-feira, 19.04.11
Jorge Palma e Deolinda nas comemorações do 25 de Abril
 
Jorge Palma e Deolinda sobem ao palco da Praça 1.º de Maio, no Seixal, no domingo, a partir das 22h00, no âmbito das comemorações do 25 de Abril daquele município.
 

Terá também lugar o habitual espectáculo de fogo-de-artifício sobre a baía no intervalo das duas actuações.

 

O espectáculo integra o programa de comemorações do 37.º Aniversário do 25 Abril que o Município do Seixal preparou para este mês.

 

Via SOL



publicado por olhar para o mundo às 12:15 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

Espetáculo "Cantar o Fado...

ACERT - IVO FLORES , Can...

ACERT - OS CANTAUTORES d...

SÉRGIO GODINHO A CELEBRA...

Comemorações do 25 de Abr...

Cine-Teatro de Estarreja ...

25 de Abril no Barreiro -...

Rodrigo Leão vai dar um c...

Uma gaivota voava voava.....

Sérgio Godinho APRESENTA ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
OUÇA A NOSSA RADIO EM https://goo.gl/ouzpk3
Eu queria a letra dessa música
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds