Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Corre por aí

Corre por aí que estás diferente

Corre por mim e o coração não mente

Que podes divergir na tua conduta

E que todo o teu ser por mim ainda luta

Diz-se à boca pequena que o amor ainda te importa

Diz-se da minha boca, seca e morta

Que lhe falta a humidade dos teus beijos

Para que sejam cumpridos todos os seus desejos

Corre por aí que és a minha melhor canção

Corre por mim, berço do meu coração

Confessa-se entre dentes que ainda tens medo

Confessa-me o que sentes, que não tens sossego

E os teus dedos dizem-me que és incapaz

De alcançar a desejada paz

Corre em surdina que perdeste a cor

Corre na minha sina para onde eu for

Que és a minha melhor canção

O berço preferido do meu coração

Corre por aí que és a minha melhor canção

Corre por mim, berço do meu coração

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

2 comentários

Comentar post