Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

sophia.jpg

 

Sophia

07 de Novembro | Fórum da Maia | 21:30h

 

Amor à segunda vista” é uma viagem de influências, e por isso mesmo, um espetáculo bastante eclético que promete levar o público a sentir como se estivesse a fazer uma viagem pelo mundo, passando por vários países, como o Brasil, Argentina ou Cabo Verde, sem nunca perder de vista a Lusofonia e o nosso Fado porque essa é a forma como a artista sente a música portuguesa.

 

Acompanhada por 4 músicos, conta com a sonoridade da Guitarra Acústica, das Teclas, do Baixo Elétrico/Freetless e da Bateria/Percussão, para serem o principal transporte para esta viagem que leva a nossa imaginação a percorrer o mundo.

Nunca esquecendo as palavras dos grandes poetas como Alexandre O´Neil, David Mourão-Ferreira, João Monge, Eugénia Ávila Ramos, Sérgio Godinho, AC Firmino, entre outros pois são eles que fazem verdadeiramente a ligação com o que é nosso e por isso mesmo estão fortemente presentes nesta viagem.

As viagens são sempre motivo de grande alegria e espirito aberto, esta não vai ser diferente.

 

Músicos:  Pedro Soares (guitarra acústica) | Nuno Louro ( piano/teclados)| Ricardo Dikk (baixo fretless) |Rui Reis (bateria/percussão)

 

 

Dia 07 de Novembro| Fórum da Maia  | 21:30h

Bilhetes: 5€

Local de venda dos bilhetes: | Fórum da Maia | Biblioteca Municipal | Posto de Turismo

 

Próxima data:

12 de Dezembro | Cine Teatro São Pedro | Abrantes

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.