Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Brinca na barriga (x4)

Dança como se a vida dependesse disso
Não se vê anel no dedo, 
Nem um compromisso
Passa o mão no cabelo
Lança-me um feitiço
Fico meio burro
Não queria muito isso
Vamos até minha casa
Para um copo e som
Ela tira a roupa toda menos o vison
É só filet mignon como diz o don
Primeiro arrasta a asa e depois o edredon

Brinca na barriga
João Pestana cai
Brinca na barriga
Só levanta e sai (x4)

Cheiro de bebé da cabeça ao pé
Coisa boa, vem fazer cafuné
Cadeirinha para dar a segundinha
Aninhamos até vir manhãzinha
Olho claro grande como um oceano
Nado nele fácil
Nado nele e nano
Brinca na barriga quando o joão pestana cai
Não faz barulho, só levanta e sai

Brinca na barriga
João Pestana cai
Brinca na barriga
Só levanta e sai (x2)

Esquece a maquilhagem cara
A tua cara, não merece estar escondida
Esquece a tua roupa justa
Injustamente ela assusta 
A pele por debaixo dela

João Pestana cai
Só levanta e sai

Brinca na barriga
João Pestana cai
Brinca na barriga
Só levanta e sai (x4)

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email