Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Na memória das canções

há poemas por gritar

ondas cheias (?) de ilusões

que não vão voltar ao mar

na memória não há tempo

não há tempo de cantar

só há há búzios (?)

só há lendas 

e um barco a navegar

 

na memória da saudade

há palavras que escrevi

que me deixam à vontade

para me lembrar de ti

 

não faltes à verdade

nem me digas o que sei

sei de búzios(?)

sei de lendas 

sei de um cais onde ancorei

eu estou dentro dele

a esperar por ti

 

para conhecer Abril

há que ouvir as canções

gravadas em vinil

guardadas em porões

 

pelo amor à verdade

ajudou-me a descobrir

o que temos mais saudades

são dos dias que hão de vir

e se há búzios 

e se há lendas é porque eu acreditei

que os podia trazer presos

aos poemas que cantei

eu estou dentro deles

à espera das canções

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.