Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

amoer terror.png

 

 

Showcase em Cascais dos Amor Terror

 

Os Amor Terror continuam a promoção do seu mais recente trabalho, “A Culpa é Tua”, do qual “Fogo” e “A Culpa é Tua” (tema que dá nome ao EP) são os singles de apresentação. Editado em fevereiro pela Music In My Soul, este trabalho vai ser apresentado ao vivo na FNAC do CascaiShopping no próximo dia 24 de julho, pelas 22h00.

 

Os Amor Terror formaram-se na primavera de 2011. Daniel Filipe e Miguel Morgado, que se conheceram num projeto anterior, sentiam que artisticamente deviam e podiam ambicionar mais. Os dois também conheciam o baterista Ricardo Rodrigues, com quem já tinham trabalhado e que sabiam que estava com vontade de fazer alguma coisa diferente. Pouco tempo depois de terem começado a trabalhar, a escrever canções e a criar, chegou o baixista Bruno Barradas, para completar a formação.


Passados dois meses, entraram em estúdio e gravaram o disco "Lista Negra", misturado e masterizado na Suécia. Em outubro desse ano, fizeram a primeira tournée (Vox trooper tour – uma digressão underground, patrocinada por uma marca de roupa), que viria a acabar em abril de 2012. Nessa altura, assinaram com a NMusic a distribuição digital do “Lista Negra”, gravaram e lançaram o vídeo “Isabel”, continuando a tocar ao vivo.


Após uma pausa forçada, voltaram aos palcos em 2013 e começaram com a LX Editora no publishing. Durante esse ano, descobriram mais sobre si mesmos e sobre o que queriam fazer enquanto banda. Decidiram continuar a procurar caminhos e em setembro foram ao Poison Apple e gravaram o tema “Sonha” com Vasco Ramos e Tiago Canadas. Entre alguns concertos e a necessidade de continuar a escrever, surgiu a Music In My Soul.

 

Entretanto, a formação sofreu algumas alterações, com a saída de Miguel Morgado e João Luís (mais recentemente) e a entrada de Luís Almeida e Raquel Carvalho (a nova vocalista).


Os Amor Terror são bastante ecléticos no que respeita ao seu gosto musical.  Apesar de conhecerem e respeitarem muito os clássicos,  assumem-se como uma banda contemporânea, com uma visão projetada para o futuro.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email