Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Sérgio Godinho

 

Sérgio Godinho

‘Liberdade’ dá o mote a 3 concertos
no Teatro S. Luiz, em Lisboa, em Abril


 

“Liberdade” é de todas as palavras e conceitos que uso na minha vida, e por arrasto nas canções, a que mais acarinho e que mais defendo, aquela que dá ao norte a sua bússola.”

Sérgio Godinho

 

Ao longo de três dias, Sérgio Godinho revê, através do seu repertório, os quarenta anos do Portugal democrático. Desde a música empenhada, bandeira de causas e consciência social, ao diário íntimo e plural, uma visão de nós próprios a partir do trabalho de um dos mais importantes criadores de imaginário destas últimas quatro décadas.

 

Serão três concertos especiais, sempre às 21h30, na sala principal do Teatro Municipal de São Luiz, em Lisboa, em que as “liberdades” que desde sempre povoam a obra de Sérgio Godinho, definirão o corpo principal do repertório dos concertos. Para além das canções, “caríssimas” companheiras de Sérgio Godinho, contará com a presença de convidados especiais a anunciar oportunamente.

 

Em complemento, às apresentações na Sala Principal, Sérgio Godinho é ainda curador dos finais de noite no Jardim de Inverno do São Luiz e para os quais convidará três nomes emergentes do panorama nacional. A ligar estas apresentações, a (re)interpretação de “Liberdade”, tema composto exactamente em 1974 e publicado originalmente em “À Queima Roupa”.

 

O espectáculo “Liberdade” percorrerá ainda nos meses de Abril e Maio alguns teatros nacionais.

 

Sérgio Godinho editou no final do ano passado ‘Caríssimas Canções’,  o CD ao vivo que resultou dos concertos que o artista deu com o mesmo nome, baseados no livro de crónicas “Caríssimas 40 Canções – Sérgio Godinho & As Canções dos Outros”. Aqui, Godinho, acompanhado por Nuno Rafael, Manuela Azevedo e Hélder Gonçalves, interpretou músicas de intérpretes, compositores e autores que o marcaram no seu percurso artístico.

 

Canções de Bob Dylan, Serge Gainsbourg, Jim Morrison, Caetano Veloso, Ray Davies, Chico Buarque, The Rolling Stones, The Beatles, Violeta Parra ou Zeca Afonso tomam agora novos contornos, numa experiência surpreendente.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.