Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Sérgio Godinho


SÉRGIO GODINHO

"LIBERDADE" chega a disco

Concertos no Porto e em Lisboa em Novembro

Em Abril passado, a 10, 11 e 12, o público que esgotou a três apresentações de estreia de "Liberdade" realizadas no São Luiz Teatro Municipal podia ler na folha de sala distribuída à entrada: "Liberdade" é de todas as palavras e conceitos que uso na minha vida, e por arrasto nas canções, a que mais acarinho e que mais defendo, aquela que dá ao norte a sua bússola.

 

A frase era de Sérgio Godinho e dirigia os presentes para o que viriam a assistir – a partir de uma canção composta em 1974 e publicada nesse mesmo ano no álbum "À Queima Roupa", o "escritor de canções" revia, em 2014, através do seu repertório, os quarenta anos do Portugal democrático.

 

"Liberdade" percorre então o país - um dos versos emblemáticos de Sérgio Godinho, este de "Maré Alta", passa a ser recorrente, "A Liberdade vai passar por aqui…":

 

nos teatros nacionais - Theatro Circo, Louletano, Viriato, Aveirense, entre outros;

 

em algumas festas populares  - em Setúbal, para as comemorações do 25 de abril; ou na Festas de São João, em Évora;

 

ou até em festivais de Verão - inolvidável a participação no Festival Bons Sons que, passado o susto da aparatosa queda de palco sofrida, motivaria por entre a consternação e a alegria um "o palco foi pequeno para tanto Sérgio Godinho".

 

E a "Liberdade" passou, e cresceu, e justificou uma gravação ao vivo que chegará às lojas no próximo dia 27 de Outubro. E estimulou uma passagem pelo Porto no dia 1 de Novembro, para mais em jeito de celebração, num regresso ao Rivoli, sala que não visitava há dezena e meia de anos desde a criação conjunta com os Clã, o espetáculo "Afinidades", e em que, dois anos, antes gravou "meio" disco, o "Rivolitz".

 

E obrigou à sua reposição em Lisboa, desta feita no Coliseu dos Recreios, no dia 22, palco de inúmeros momentos altos da sua carreira e que seguramente receberá a liberdade, a "Liberdade" de Sérgio Godinho, com o entusiasmo merecido.

 

E recorrendo uma vez mais ao texto que acompanhou a estreia de "Liberdade" – "desde a música empenhada, bandeira de causas e consciência social, ao diário íntimo e plural, uma visão de nós próprios a partir do trabalho de um dos mais importantes criadores de imaginário destas últimas quatro décadas."

 

"Liberdade" – Actual! Fundamental!

 

AGENDA:

08 SET / Montemor-O-Novo / Feira da Luz

13 SET / Amadora / Parque da Cidade

21 SET /Matosinhos / Cine-Teatro Constantino Nery (evento "Conta-me Histórias")

03 OUT / Águeda / Cine-Teatro São Pedro

01 NOV / Porto / Rivoli

22 NOV / Lisboa / Coliseu

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email