Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Não espalhes a tua dor no meu ecrã
Nem faças da minha sala um parapeito
Não me acordes com os jornais da manhã
E temos um crime perfeito...

Não me mostres o sorriso desolado
Nem a raiva do teu olhar "likeflak"
Acredita que não há nenhum culpado
E temos um crime perfeito.

Não acendas esta praça com fogueiras
Ainda acabas como principal suspeito
Vai para casa, olha as horas, tem maneiras
E temos um crime perfeito..

Não me estendas a mão que estou apressada
O destino tem as suas cambiantes
Faz a quem com a tristeza de um fado
E ficamos amigos como dantes...

Não me fales do amor e da paixão
Nem daws outras avarias do teu peito
Não me fales dessa tua solidão
E temos um crime perfeito...

 

Bebe um copo, baixa a aba do chapeu
Esconde a cara e vais ver que faz efeito
No final vamos todos para o ceu
E temos um crime perfeito.

Não me digas o que não quero saber
Deixa a sorte ditar a sua sentença
Cala a boca deixa o tempo resolver
E vais ver que o crime compensa...

Não me fales do amor e da paixão
Nem das outras avarias do teu peito
Não me fales dessa tua solidão
E temos um crime perfeito....

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.