Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Eu defendo os meus para ti e para os teus
No universo hip hop tu és rei, AC é Deus
Don't get a twisted, i'm still raw
Ac exército de uma pessoa só
Clássico tupo pitéu da tua avó
Niggaz bazam, bazam tipo de bongo
Separamos homens das crianças
Mais temidos do que cartas das finanças
Rimas tão quentes que queimam papel
Eu e o Samuel, o plantel tipo nelson temos mel
Sucesso garantido tipo maçã e canela
Niggaz querem filmes mas aqui não há novela
Eu revelo, mesmo sem mic eu flagelo
Desoriento Mcs como se fosse um cogumelo
Rimas são quadros Da Vinci eu sou Leonardo
Rancor eu não guardo, dispenso esse fardo
Não tenho beef com ninguém,
se me pisam os calos eu piso também
No(?) problemi, Sonos tancos
Se rimas fossem guita, eu seria dono do banco

It is what it is, niggaz bifam para handle my buzz
Eu não faço feno, eu faço sempre o que quero
Rimas mil, beefs zero
It is what it is, niggaz talk shit para handle my buz
Os cães ladram e a caravana passa
E a caravana passa, e a caravana passa


Eu vejo clones em poemas,
Mas há diferença entre cromos e emblemas
Muita criança avio com promos e encomendas
Com a pressa de impor-se,
tem de haver esforço numa peça
E ela começa a compor-se
Mas como dormes não te lembras
Mas eu aqui não me esqueço
O Marinho abriu um caminho onde me abasteço
No começo vencedor na minha linha da amadora
E já tinha valor mas não tinha preço
O tempo passa e vê lá se eu bati na rocha
Promessa de andar na praça,
eu não passo, eu partilho a tocha
O boy pensa que é só ter passa, conversa com o tio patinhas
O boy até fortalessa acontece é que tu gatinhas
Primeiro vídeo é só classe num palácio a ver
Tás a ver, desencarados eu quero lá saber
Todos temos rabos com intenção da massa
Diferença é que eu passo com a deusa no braço
Que investi no que gosto e nem gastei um tostão
MAs estou na estrada com o meu brother e eles vejam onde estão
No meu radar não passa nada, a não ser nada com Sinatra com Sibéria
E não se empata o serão, ela mestria nivela a fasquia para manos peritos
Na janela que eu revelo a capella com manos peritos
Tu páras com ratazanas, não me enganas nem me agrides
Não me afanas e caravanas nunca páram com latidos

It is what it is, niggaz talk shit para handle my buz
Os cães ladram e a caravana passa
E a caravana passa, e a caravana passa

It is what it is
Independentemente de gente que não se sente eu sigo em frente
Os cães ladram e a caravana passa
E a caravana passa, e a caravana passa

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.