Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Por tudo o que eu passei
Devolve tudo o que eu te dei
O tempo que eu gastei a fingir de cega e de surda
Por tudo o que eu passei ohh
Como eu me sinto eu já não sei

Admito que eu errei e nem me reconheço a mim mesma
Tenho as mãos e os pés na lama


Eu não sou nem nunca fui
Esse gelo que tens em ti
Ah já me queimei assim, já me queimei assim
Leventei a minha defesa


Fui eu quem te ensinou
Fui eu quem te fez mudar de cor uhm uhm
Mostrei te o que é verdadeiremente amar alguém
Mas nunca iremos além


Eu não sou nem nunca fui
Esse gelo que tens em ti
Ah já me queimei assim, já me queimei assim
Levantei a minha defesa


Não existe o para sempre

É um mito, o desespero

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email