Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Com o teu ar namoradeiro
E essa rosa sempre ao peito
Já foste mais verdadeiro
Meu amor quase perfeito


Entardeço de saudade
Dos abraços que não dei
Esperas até tão tarde
E mágoas que só eu sei


Fiz meu espelho mais bonita
Vesti-me toda a preceito
Pus no cabelo uma fita
E sorri com outro jeito


De tanto esperar por ti
Deixo um recado na porta
Faz de conta que morri
E não me esperes de volta


Faz de conta que morri
E não me esperes de volta


De tanto esperar por ti
Deixo um recado na porta


Faz de conta que morri
E não me esperes de volta


Faz de conta que morri
E não me esperes de volta

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.