Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

QUIXOTE-ONE.png

 

 

Quixote One dá 2 concertos em Lisboa

 

A FNAC do Centro Comercial Vasco da Gama recebe Quixote One no próximo dia 6 de setembro, para um showcase a partir das 17h00. Já no dia 11, o músico dá um concerto no EKA Palace, também em Lisboa, pelas 22h30, integrado na primeira edição do RAPresenta Fest. Quixote One tem estado a promover o seu álbum de estreia, “Palpita-me”, editado em maio pela Music In My Soul e que tem “Sativa” como single de apresentação.

 

Depois de lançar a Mixtape “The One” em 2013 e o EP “Respect Riddim” no princípio de 2014, Quixote One lança o seu primeiro álbum. O jovem artista natural de São Tomé e Príncipe promete, com este trabalho, levar o seu público numa viagem ao som de Reggae, passando por estações de Dance Hall, Soul, Jazz e Hip Hop, acompanhado pela originalidade que o caracteriza.

 

O seu percurso musical teve início em 2000, com o grupo NDG – Negros Do Gueto, passando por outros projetos tais como G. Flow e Nações Diversas. Desde então, começou a fazer os seus instrumentais, a compor canções e a frequentar concursos de freestyle, onde obteve êxito e reconhecimento pela destreza irónica no microfone, como MC “Mestre de Cerimónia” com o cognome Dom Quixote.

 

Em 2005, fez uma pausa para terminar os seus estudos – fase durante a qual nunca deixou de compor, fazendo canções apenas para amigos e familiares que o incentivavam a seguir carreira. Mais à frente, já em 2008, iniciou um estudo intensivo em produção e edição musical, que lhe permitiu desenvolver aquilo que acredita ser o seu maior talento. 2013 trouxe a primeira Mixtape, “The One”, produzida e masterizada pelo próprio, resultado da experiência adquirida ao longo do tempo.

 

Já como Quixote One, editou em 2014 o EP “Respect Riddim”, trabalho que surgiu de uma fase mais madura da sua carreira e refletiu mais a identidade do artista do que em trabalhos anteriores. Foi nesta altura que teve a proposta da Music In My Soul para edição do seu trabalho. Com essa mais-valia, Quixote One resolveu abrir os seus horizontes, trabalhando com grandes produtores mediáticos como Scarecrow Beats, Ej Rams-Records, EasyHits, Jim Rockford e Ace Beatz.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar post