Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

letra

 

És tão sensual quando te apresentas com esse olhar fatal andas em câmara lenta
a tua imagem entra na minha retina tás tão anos 80 ninguém se aproxima
tão meiga e tão hardcore vejo gotas de suor a escorrer lentamente pelo teu rosto quente
tu tens aquele fogo,tens aquele jogo,tens aquilo tudo que eu quero no fundo
dizes-me ao ouvido que queres fugir comigo,sermos fugitivos íntimos
a minha tentação.adoração...a paixão foi mais forte do que a razão

Ela diz-me coisas ao ouvido que eu não quero ouvir
como sermos fugitivos assaltar um banco e fugir
nos meus braços eu mantenho-te a salvo de todo o mal
porque o meu amor é real

Ela é um perigo,um pecado,deixa-me descontrolado
é um perigo,um pecado deixa-me descontrolado
é um perigo,um pecado deixa-me descontrolado
é um perigo,um pecado deixa-me fora de mim

A atracção é quimica,enganas a ciência,corpo de uma deusa
não te quero tocar,vou beijar o vazio do teu imaginário
contigo o instinto é animal,pratico sexo mental
até ao ponto de sentir a tua pele macia a elevar-me o astral
pecado capital é ninguém te preencher
perdi um lugar no céu não te vou perder
na multidão sobressais,olhar felino traços sensuais
a dançar no meio da pista tou colado a ti
anseias que te sussurre..."vamos sair daqui"
embriagados no nosso suor á primeira vista conheço-te de cor
a lua o limite o calor subiu a pique como o apetite
fruto proibido a razão não te conhece
levito nessa órbita escurece
o feitiço do canto da sereia,envolveu-me caí na tua teia
fico indefeso...a minha balança tem ter o teu peso
cada movimento teu deixa-me aceso
não fales...absorve
lá fora já chove
mas contigo a cada segundo a temperatura sobe

Ela diz-me coisas ao ouvido que eu não quero ouvir
como sermos fugitivos assaltar um banco e fugir
nos meus braços eu mantenho-te a salvo de todo o mal
porque o meu amor é real

Ela é um perigo,um pecado,deixa-me descontrolado
é um perigo,um pecado deixa-me descontrolado
é um perigo,um pecado deixa-me descontrolado
é um perigo,um pecado deixa-me fora de mim

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email