Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Letra

se não tem graça, chora que isso passa
olha que eu nunca te quis ofender
só disse que trazes no cabelo
tanto fogo e tanto gelo
que eu nem sei se hei-de gelar ou ferver

desculpa-me esta moca, é que o alcool já me toca
muito mais do que eu quero admitir
só sei que mesmo a andar de lado de tão inebriado
fico parvo com o que me fazes sentir

anda embora, vamos lá fora
aqui não dá para respirar
dizes "pára", mas fazes essa cara
de quem me mata se eu parar

- Não, tu não te dás a ninguém

Diz-me lá que prazer é que dá só por se ter
meio mundo a pedir "por favor"
é que a questão aqui na mesa é eu não ter a certeza
se é feitio ou só sentido de humor

e eu bem que queria que chegasse o novo dia
para esquecer e não me sentir assim
mas como é que eu descanso e fico manso
se não páras de olhar para mim

anda embora, vamos lá fora
aqui não dá nem para pensar
dizes "pára", mas fazes essa cara
de quem me mata se eu parar

- Não, tu não te dás a ninguém

Se não me queres o que é que queres de mim?
Se não me queres o que é que queres de mim?
Se não me queres o que é que queres de mim?
Se não me queres o que é que queres de mim?
Tu não te dás a ninguém

- Não, tu não te dás a ninguém

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.