Segunda-feira, 6 de Novembro de 2017

 

Letra

 

Verso 1]
Eu bem tento ser melhor mas eu não consigo
E tu mereces mais do que eu tenho sido
Tanto tempo contado, pouco tempo contigo
Mau para namorado, bom para ser amigo
Passaste um mau bocado, roubei-te esse sorriso
Dias sem dizer nada, sem uma explicação
Eu era o pecado no teu paraíso
Mas não tenho o que é preciso numa relação
Eu nunca tive o preciso e dizia não
Hoje em dia penso nisso ao ver o meu reflexo
Porque eu pedi e tu deste-me o coração
Onde tu vias amor, eu só via sexo
Viveste um filme de terror e querias um romance
O homem que tinhas ao lado era fora de alcance
Dizes que eu não recuo, também não avanço
No corpo das outras, sim é lá que eu danço
Enfim, eu não descanso a minha vida é só loucura
Virei pouca oferta porque hoje é muito a procura
Tu sentiste o André, tu viveste o André (ehhh)
Elas só peram o Piruka
Boneca tu escuta, lembra-te dos momentos
Boneca tu escuta como fazias em tempos
Não me preocupo, eu saber dos teus arregos
Quando os teus olhos fecham sei que é a mim que tu sentes (yah)


[Refrão]
A vida que eu levo para ti não dá
Hoje vivo na estrada e é lá que eu me deito
O tempo perdido já não vai voltar
E hoje choras por tudo que podia ser feito
A vida que tu queres para mim não dá
Hoje 'tás numa cama à espera que eu me deite
Tentei, tentaste, cansei de tentar
Hoje vê-me a sorrir por tudo que foi feito

[Verso 2]
Agora olha para mim
Olha para mim, a vida mudou
Dizem que tudo tem um fim
Tudo tem um fim, será que acabou?
Pensa para onde é que eu vou
Olha para onde é que eu vim
Hoje vejo onde é que eu 'tou
Hoje vejo-me aqui sem ti
O brilho virou pó
E foi só o que eu senti
A vida é um dómino
E o jogo não é para mim
Pantera, quando saio do palco
Há tanto salto alto à minha procura
Eu faço-me de parvo mas tu não és burra
Eu bem tento evitar mas tudo o que Deus não quer
O diabo empurra
Tudo aquilo que eu não quero, o inferno susurra
E eu que não sou de ferro, deixo-me levar
Porque o homem que é de ferro emperra com a chuva
E quando vem a água vai enferrujar


[Refrão]
A vida que eu levo para ti não dá
Hoje vivo na estrada e é lá que eu me deito
O tempo perdido já não vai voltar
E hoje choras por tudo que podia ser feito
A vida que tu queres para mim não dá
Hoje 'tás numa cama à espera que eu me deite
Tentei, tentaste, cansei de tentar
Hoje vê-me a sorrir por tudo que foi feito

[Interlúdio] (2x)
A vida que eu levo para ti não dá
A vida que tu queres para mim não dá

[Refrão]
A vida que eu levo para ti não dá
Hoje vivo na estrada e é lá que eu me deito
O tempo perdido já não vai voltar
E hoje choras por tudo que podia ser feito
A vida que tu queres para mim não dá
Hoje 'tás numa cama à espera que eu me deite
Tentei, tentaste, cansei de tentar
Hoje vê-me a sorrir por tudo que foi feito

 

Música e Letra: Piruka

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds