Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

publico, palco1@PDRS2015.jpg

 

Piquenique Dançante Sobre a Relva, segunda edição

2 de julho, jardins da Casa Allen / Casa das Artes – Porto

 

Porque foi um sonho de tarde de verão, no coração do Porto, num jardim em que a harmonia do verde e o som da Música trouxeram momentos únicos, repete-se este ano o Piquenique Dançante Sobre a Relva.

 

Numa organização que resulta novamente da parceria entre a Direção Regional da Cultura do Norte e a editora Sister Ray, o jardim da Casa Allen/Casa das Artes acolhe esta edição do Piquenique Dançante Sobre a Relva a 2 de julho, sábado, com horário alargado, este ano entre as 11h00 e as 20h00, contando com sete concertos distribuídos por dois palcos, três sets de djing e entrada livre.

 

Em palco estarão André Carneiro, Desligado, Grainy Detours, O Incrível Homem Bomba, Palace Mémoire, Plax Vaz & os Kriol’Art e os The Wild Booze, ficando o djing a cargo de Pedro Tenreiro (Antena 3), Alexandra Gonçalves (Rádio Nova) e do coletivo The Boys Next Door. 

 

 

Convida-se ao retomar da tradição do almoço de piquenique em família, ao farnel, ao merendeiro e à marmita, pois pretende-se que o Piquenique Dançante Sobre a Relva seja isso mesmo, com famílias, piqueniques e ambiente de festa, onde a música portuguesa crie a predisposição para fruir deste magnífico jardim Portuense. E, quem não levar cesta de piquenique, ou precisar de a complementar, pode contar que haverá comida e bebida para adquirir no local.

 

Piquenique Dançante Sobre a Relva

2 de julho de 2016, sábado, 11h00 - 20h00, acesso livre

Organização: DRCN/ Divisão de Promoção e Dinamização Cultural e Sister Ray

Produção e programação: Sister Ray

Apoios: PortoLazer, Piu Piu Produções

 

https://www.facebook.com/events/1643867549268692

 

Programação DJ sets

 

Alexandra Gonçalves (Rádio Nova)

Animadora na Rádio Nova 98.9 e formadora em técnicas de expressão vocal, apaixonada desde sempre pela música, em especial por sonoridades soul, funk e r n' b, as mesmas que propõe  para acompanhar croquetes, rissóis, panados e afins, em formato Dj PicSetnic!

 

Pedro Tenreiro (Antena 3)

Nasceu no Porto, em 1965. Começa a passar discos em 81. Nas décadas seguintes passa por locais como o No Sense, a Indústria, o Aniki Bóbó, o Trintaeum, o Lux, o Frágil, os Maús Hábitos, o Passos Manuel, o Pitch, o Plano B, o Armazém do Chá ou o Café au Lait, entre muitos outros.

Tem-se dedicado a fundo, desde o início dos anos 90, ao estudo das várias expressões da música negra, naquela que é, para si, a sua idade de ouro – desde a segunda metade dos anos 50 ao princípio dos 80. Jazz, Rhythm & Blues, Soul, Funk, Disco e Boogie têm um peso importante na sua imensa coleção, atualmente refletida na rubrica diária que assina na Antena 3: Poder Soul. 

 

The Boys Next Door

Coletivo formado por José Reis, melómano fundador da Igreja Universal dos Fazedores de Bonitas Listas Musicais dos Últimos Dias - grupo exclusivamente dedicado à Música, que no Facebook agrega 15 200 seguidores – e o também melómano e vocalista dos Olavo Lüpia, António Fonseca. A dupla promete para este Piquenique banda sonora cool com cheirinho vintage a condizer com o centenário jardim.

 

 

 

Programação concertos

 

André Carneiro

Cantautor com algumas covers no seu repertório, André Carneiro move-se pelo universo da Folk Alternativa, a lembrar Damien Rice e Nick Drake, numa voz cujo timbre e tonalidade rouca reporta ao Springsteen dos anos 70. 

André Carneiro - “(Once) Say It To Me Now” cover de Glen Hansard https://www.youtube.com/watch?v=a99QebrGXmc

Desligado

Este é um projecto de one-man-band que não é apenas um one-man-show. Baixo, efeitos e demais tempestade sónica, com influências e memórias de Durutti Column, Fripp e outros magos de instrumentos de cordas que soam a orquestras, Rui Pintado foi o cérebro dos extintos Zoë e é agora “Desligado”.  

Desligado - https://soundcloud.com/rui-pintado

 

Grainy Detours  

Entre o alternativo e o Glam-rock, com voz e guitarra de Miguel Almeida. Apesar dos Grainy Detours serem uma banda, Miguel Almeida assume-a como criação sua, numa espécie de alter-ego, que lhe permite maior liberdade exploratória que o outro projeto onde é também vocalista, os Eat Bear.

Grainy Detours – “Blood Shifter” (Demo): https://www.youtube.com/watch?v=SvdV01KtDVs

 

O Incrível Homem Bomba

São uma banda que canta em português e, mais do que dar concertos, consegue fazer espetáculos em que o público não é mero espectador e entra na festa, como sucedeu nas noites Ritual 2014, na D’Bandada em 2015 e no Concerto bomPorto - pelos Sem-abrigo, na Casa da Música em 2016. Vão lançar em breve o seu próximo single, chamado “V.A.I.”, gravado e produzido por Quico Serrano. 

O Incrível Homem Bomba – (seis temas) ao vivo no programa Sem Rede (Porto Canal) http://portocanal.sapo.pt/um_video/1aOTTCszga2MYppFndzm

 

Palace Mémoire

Trio electrónico com uma postura rock, a lembrar Future Islands e os movimentos synth-pop e new romantics, apresentaram este ano o primeiro concerto ao vivo no Porto, nos Maus Hábitos  e lançam em breve o primeiro single, depois de já estar esgotada a edição física do EP “Finders Keepers”, produzido por Quico Serrano.

Palace Mémoire - https://palacememoire.bandcamp.com/releases

 

Plax Vaz & os Kriol’Art

Enquanto prepara o seu trabalho a solo, Plácido Vaz aka Plax Vaz, canta com os Kriol’Art temas do cancioneiro do seu Cabo Verde natal, a par de composições de sua autoria.

Kriol’Art, entrevista ao Ocean Press, Cabo Verde - https://www.youtube.com/watch?v=e5DU9w8Sz9M 

Plax Vaz – “Lutador” Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=SKe1xET_KmI

 

The Wild Booze

Banda entre Guimarães, Porto e Coimbra, com influências do Rock britânico. Começaram aos 16 anos com os discos dos Artic Monkeys e agora deixam para trás as suas influências, a explorar o seu próprio caminho, por onde habitam Bowie, Kinks, entre outros. Abriram os Concertos na Vila, do Festival de Paredes de Coura, no ano passado.

The Wild Booze – “LSD” Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=eswS9FC3P5k

The Wild Booze – “Morning After” Ao vivo Portugal 3.0: https://www.youtube.com/watch?v=1Oan718ZwKI

 

 

Contactos:

Sister Ray: Ricardo Salazar - 919 161 310; sister.ray.porto@gmail.com ou Margarida Gonçalves – 963 501 624; sister.ray.press@gmail.com

DRCN/DPDC (Dra. Fernanda Araújo): 226 000 454; casadasartes@culturanorte.pt

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email