Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Sei lá
Quantas vezes eu já te perdi
E voltei a ter-te aqui
Aqui a meu lado

Nem sei
Porque julgo sempre ser o fim
Até já me decidi
Mas esqueço

Dou-te tudo o que tenho para dar
És um vício, sei que tenho de parar
Como vou eu resistir a esse teu
Em tanta dor chamar

Refrão:

Só mais, um pouco
Ardor, tão louco
Sabor, que não troco
Volta as vezes que quiseres
Sinto, que tenho
O Mundo, inteiro
E sempre, primeiro
Volta as vezes que quiseres

Sei lá
Volta as vezes que quiseres (quiseres)
Sorrir
De cada vez que finjo não sentir
Até me tento iludir
Já temo

Esquecer tudo o que tenho de lembrar
És um vício que não consigo largar
Já não sei me controlar e perco
Estou contra mim mesma

Refrão:

Só mais, um pouco
Ardor, tão louco
Sabor, que não troco
Volta as vezes que quiseres
Sinto, que tenho
O Mundo, inteiro
E sempre, primeiro
Volta as vezes que quiseres

Dou-te tudo o que tenho para dar
És um vício sei que tehho de parar (sei lá)
Como vou eu resistir a esse teu
Em tanta dor chamar

Refrão:

Só mais, um pouco
Ardor, tão louco
Sabor, que não troco
Volta as vezes que quiseres
Sinto, que tenho
O Mundo, inteiro
E sempre, primeiro
Volta as vezes que quiseres

Pois tudo o que tu me dás (6x)

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email