Domingo, 25 de Dezembro de 2016

 

Letra

 

Original Os Quatro e Meia®

Parado no trânsito infernal da cidade,
Já nem controlo a ansiedade.
A fila onde me encontro, pouco ou nada avança,
Só o relógio não se cansa.

Segunda-feira é o dia da maior confusão,
E os outros dias tal e qual são.
E eu gasto uma hora de casa para o emprego,
No centro do desassossego.

(2x)
Vou trabalhar logo pela manhã,
Mas por este andar,
Só hei-de chegar amanhã.
Vou dar em doido a viver sempre assim,
O dia é tão longo e eu já não respondo por mim.

Sentado ao volante do meu carro, impaciente,
Insulto os outros mentalmente.
Subo o volume ao Rádio para ouvir as notícias,
Sobre manifs e polícias.

Ontem houve confrontos em frente ao parlamento,
E eu penso nisso um momento.
Até mesmo eu já me sinto agressivo,
A cidade engole-me vivo.

(2x)
Vou trabalhar logo pela manhã,
Mas por este andar,
Só hei-de chegar amanhã.
Vou dar em doido a viver sempre assim,
O dia é tão longo e eu já não respondo por mim.

Rap: (Colocar óculos de sol)
Na cidade do Porto,
Já aperta um bocado,
Está o trânsito parado,
Pelo despiste de um pesado.
Há gasóleo derramado,
E é preciso de ter cuidado,
Na saída para o mercado abastecedor.

E a brigada de trânsito,
Pede encarecidamente,
À montanha de gente,
Que queira ver o acidente,
Que controle a sua mente,
E e que educadamente,
Simplesmente, siga em frente, por favor.

E se está na capital do nosso país,
A loucura é a matriz,
Hoje há greve da Carris,
Se viver na aldeia,
Tudo aquilo que sempre quis,
Faça um grande sorriso,
E finja que é feliz.

A segunda fila está na ponte do Pragal,
Na segunda circular é o caos matinal,
Se está a vir da Amadora para a Capital,
Está tudo entupido como o habitual.

(Ohh, ohh)

(2x)
Vou trabalhar logo pela manhã,
Mas por este andar,
Só hei-de chegar amanhã.
Vou dar em doido a viver sempre assim,
O dia é tão longo e eu já não respondo por mim.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds