Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

omiri.jpg

 

Vimos pelo presente comunicar que o artista OMIRI se apresentará em Lisboa e Porto nos próximos dias 25 e 30 de Novembro, desde já agradecendo a vossa divulgação.


Tendo lançado o seu 2ª album "Baile Electrónico em Abril de 2017, estando já disponivel internacionalmente quer em formato digital quer em formato fisico, entrou em setembro directamente para a 3ª posição do Top das Músicas do Mundo - World Music Charts Europe, sendo assim reconhecido pelos criticos e radialistas a nivel internacional como um dos albuns mais interessantes de 2017.


OMIRI apresenta-se no Porto e em Lisboa nos próximos dias 25 e 30 de Novembro respectivamente, concertos integrados na digressão de Baile Electrónico que já passou por Portugal, República Checa, Estónia e Bélgica.


* * *OMIRI ao vivo no Porto.


Sala de Espectáculos - Hard Club   https://www.facebook.com/HardClubPorto/
No próximo dia 25 de Novembro, Sábado, OMIRI apresenta-se ao vivo no Hard Club no Porto.
Banda suporte: Cabra Cega
Entrada: Bilhetes a 5,00 eur
Disponiveis apenas no próprio dia e local do espectáculo.

22h - abertura de portas
22h30 - Cabra Cega
23h00 - Omiri


* * * OMIRI ao vivo em Lisboa
Sala de Espectáculos - MusicBox   www.musicboxlisboa.com
No próximo dia 30 de Novembro, 5ª feira, véspera de feriado OMIRI apresenta-se ao vivo em Lisboa.
Banda suporte: Casuar
Conta ainda com a presença de convidados especiais:  Celina da Piedade, Rui Rodrigues (Casuar)
Entrada: 7,00 eur.
à venda em Bol.pt ou nos locais habituais.

22h - abertura de portas
22h30 - Casuar
23h00 - Omiri

* * *
Omiri é um dos mais originais projectos de reinvenção da música tradicional portuguesa.


Para reinventar a tradição, nada melhor que trazer para o próprio espectáculo os verdadeiros intervenientes da nossa cultura: músicos e sons de todo o país a tocar e a cantar como se fizessem parte de um mesmo universo. Não em carne e osso mas em som e imagem, com recolhas transformadas e manipuladas em tempo real, servindo de base para a composição e improvisação musical de Vasco Ribeiro Casais.


Também se propõe um baile onde todos os temas tocados são dançáveis, segundo o ritmo e o balanço das danças tradicionais e não só (Repasseados, Drum n’bass, Malhões, Viras, Break Beat, Corridinhos...).
Omiri é, acima de tudo, remix, a cultura do século XXI, ao misturar num só espectáculo práticas musicais já esquecidas, tornando-as permeáveis e acessíveis à cultura dos nossos dias, isto é, sincronizando formas e músicas da nossa tradição rural com a linguagem da cultura urbana.


Em Omiri a música e cultura portuguesa é rica e gosta de si própria.

 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.