Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

O tempo dos Earth Drive chegou

 

“Time Machine”, o novo single dos Earth Drive, estreou no passado dia 20 de maio. O tema é o segundo retirado do EP Known By The Ancients”, editado em janeiro pela Music In My Soul. A banda do Montijo tem tido a oportunidade de mostrar este trabalho ao vivo – a apresentação foi no Sabotage Club – e assim pretende continuar, um pouco por todo o país.

 

Os Earth Drive não deixam ninguém indiferente com o seu som poderoso e hipnótico: Rock grave e arrastado, por vezes negro e com laivos psicadélicos, que permite fechar os olhos e voltar aos anos 90. O som da banda vai além do Rock, com um som muito atual que vai agradar a um público muito abrangente. Trata-se de uma viagem onde o psicadelismo da década de 70 se mistura com a agressividade Rock dos anos 90.

 

Sara Antunes (voz), Luís Silva (baixo), Hermano Marques (voz e guitarra) e Luís Eustáquio (bateria) são os quatro elementos dos Earth Drive, projeto nascido no Montijo. A banda formou-se em 2007 mas só em 2009 teve a primeira apresentação ao vivo, na Lituânia (Rokiskis), a propósito de um intercâmbio de jovens. Depois disso, passou por palcos tão diversos como Music Box, Estudantino Bar, Cine-Teatro Joaquim de Almeida, Fábrica da Música Fest e Cine incrível. Também participou em eventos como Offbeatz, Odemira Fest, Fabrica de Música FEST e Fora do Rebanho, além de já ter partilhado o palco com diversas bandas: Marbles, Riding Pânico, Moe’s Implosion, Balão Dirigível, Low Torque, A book in a shelf, Dream Circus, Quell Dead Gazele, Satguru, Elektra Zagreb, No Tribe e The Grand Astoria, ISAAK Sataguru, Rés do Chão, For the Glory e Switchtense.

 

A primeira demo, “Take it Down” (em 2010), contou com a colaboração de Flávio Costa dos Marbles. Já o primeiro EP, “Ink Storm” (2012), foi gravado em estúdio próprio e, em 2013, foi dado início a um terceiro trabalho. “Known By The Ancients” foi também gravado em estúdio próprio, no ARMA – Audio Recordings Music & Art, misturado por André Eusébio e masterizado por Jack Braglia no Vital Mastering Studio. “Raid” e “Time Machine” são os singles deste EP, tendo o segundo sido interpretado ao vivo recentemente, no local de ensaios dos Earth Drive, a convite da Lemon Drops.

 

"(...) um disco que se traduz numa viagem frenética pelos vários pontos do universo (...)” (in Rock n’ Heavy)

 

“São talvez um dos segredos do rock nacional, desconhecidos ainda para muitos mas com uma evidente qualidade e originalidade do seu Stoner Rock psicadélico (...). A sua música vai soando entre o peso e a melodia e a sensualidade, com deliciosas variações de ritmo e momentos que nos remetem para universos paralelos (...)” (in Songs For The Deaf Radio)

 

“Ao ouvir o mais recente single “Raid”, somos transportados para uma experiência transcendente através de uma sonoridade hipnótica (...)” (in Repórter Sombra)

 

“There's just a wealth of energy coursing through the veins of this EP (…). Get a copy, familiarize yourself, and try not to go crazy waiting for Earth Drive to release more greatness.” (in Ride With the Devil)

 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email