Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

cantealentejano.jpg

 

O Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa atua na sexta-feira, às 21h00, em Lisboa, no Centro Cultural de Belém, e no dia seguinte, às 21h30, na Casa da Música, no Porto, informou a promotora.

O grupo é constituído por 25 elementos, que usam os trajos de pastor, ceifeiro, varejador, almocreve, porqueiro, boieiro, ganhão, moço do monte, feitor e o fato domingueiro, sendo orientado por Francisco Elias torrão.

Fundado em 1925, o grupo venceu o concurso de Cantares e Trajes, em 1949, e esteve presente, no ano passado, em Paris, quando da proclamação do cante como património Imaterial da Humanidade, pela UNESCO.

Em termos internacionais, o grupo marcou presença, entre outros eventos, na Exposição Universal de Hannover, na Alemanha, em 2000, e no Festival Internacional de Llangollen, no País de Gales, no Reino Unido, tendo gravado para a BBC e para a Rádio Baviera, da Alemanha.

O mais recente disco do grupo intitula-se “Serpa de Guadalupe”.

O grupo, que, segundo a mesma fonte, é “uma das maiores referências atuais do cante”, partilha o palco do grande auditório do Centro Cultural de Belém com Celina da Piedade, Paulo Ribeiro e Bernardo Espinho.

 

Retirado de Sapo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email