Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Documentários sobre o punk em Portugal, a música de rua na Indonésia e sobre a arte urbana afegã em tempo de guerra integram em Dezembro a segunda edição do MuviLisboa – Festival Internacional de Música no Cinema.

 

Da programação fazem parte filmes de ficção e documentários que registam movimentos artísticos e retratam figuras e bandas da música portuguesa e internacional.

 

O MuviLisboa decorrerá de 1 a 6 de Dezembro no cinema São Jorge, em Lisboa, com curtas e longas-metragens, com uma competição nacional, outra internacional e retrospetivas.

 

Entre os filmes selecionados para a competição nacional contam-se, por exemplo, A um passo da loucura: Punk em Portugal 78-88, de Hugo Conim e Miguel Newton, Porque Não Sou o Giacometti do Século XXI, de Tiago Pereira, e Música Moderna – Um filme em disco de TochaPestana, de TochaPestana.

 

Na competição internacional há a registar várias estreias, entre as quais “Creative Despite War”, de Ruì Díaz e Christian Rinke-Lazo, que acompanha a vida de novos artistas afegãos em contexto de guerra, e “Jalanan”, de Daniel Ziv, sobre músicos de rua em Jacarta.

 

A organização selecionou ainda documentários sobre o guitarrista espanhol Paco De Lucía, o músico brasileiro Dominguinhos, sobre o grupo punk londrino The Dammed e sobre a banda heavy metal norte-americana Twisted Sister.

 

Em retrospetiva, o Muvi mostrará o filme Música no Coração (1965), exibido pela primeira vez em Portugal numa versão restaurada em 4K, Quase Famosos (2000), edição revista pelo realizador Cameron Crowe, e Whiplash – Nos Limites (2015), da curta à longa.

 

O clássico natalício realizado há 50 anos por Robert Wise regressa ao grande ecrã com a melhor imagem que a tecnologia permite mostrar. Cada fotograma da película original – em 70 mm – foi digitalizado em 8K e posteriormente reajustado para uma versão de 4K, que será apresentada uma única vez no MuviLisboa 2015, homenageando Julie Andrews e Christopher Plummer.

 

Quase Famosos, o monumento semi-biográfico ao rock dos anos 70 realizado por Cameron Crowe (Singles, Jerry Maguire, Vanilla Sky ou Pearl Jam Twenty), e protagonizado por Billy Crudup, Frances McDormand, Kate Hudson, Zooey Deschanel, Anna Paquin ou Philip Seymour Hoffman, é outro Acorde Histórico, de um festival que pretende ter, cada vez mais, boa memória.

 

Da curta à longa é uma nova secção do festival. Para a estrear nada menos que Whiplash – Nos Limites, vencedor de três Óscares e considerado por muitos um dos filmes do ano. Uma oportunidade única de (re)ver a brilhante prestação de J.K. Simmons na longa-metragem mas também na curta que lhe deu origem, um ano antes.

 

Será ainda exibido o documentário When Bjork met Attenborough (2013), que regista um encontro entre a cantora islandesa Bjork e o naturalista David Attenborough, numa altura em que a artista preparava o álbum Biophilia.

 

Apresentado como o único festival de cinema dedicado em exclusivo à música, o MuviLisboa tem a decorrer, até ao dia 13 de Novembro, uma campanha de angariação de 2.500 euros pela Internet (através de crowdfunding) para financiar a produção do festival.

Programação completa aqui.

 

Retirado de Antena 3

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email