Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Os três programas de Março, e o primeiro de Abril, de Música Hoje são dedicados à música de vários Compositores Portugueses da Geração dos Anos 70, cujas partituras são editadas e distribuídas online pelo Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa em www.mic.pt. Colocando em perspectiva a música destes vários criadores, nestas quatro emissões de Música Hoje vamos seguir os seus percursos, dando a conhecer as linguagens e estéticas dentro das quais desenvolvem o seu trabalho e a arte da composição. Nestas quatro emissões de Música Hoje vamos visitar a música de: Patricia Sucena de Almeida, Pedro Amaral, Sara Carvalho, José Luís Ferreira, Bruno Gabirro, Gonçalo Gato, Helder Gonçalves, [ka'mi], Ângela Lopes, Gonçalo Lourenço, João Madureira, Luís Antunes Pena, Pedro Rebelo, Ricardo Ribeiro e José Carlos Sousa.

 

 

João Madureira – Eco, A Arte da Fuga ou Bach em Pessoa - excertos (2009)
Patricia Sucena de Almeida – In Occulto (2009)
[ka'mi] – wyschengradsky_revisited (2011)
Gonçalo Lourenço - Desabafo (1999)
Gonçalo Lourenço - Ícore (2004)


com interpretações da OrchestrUtopica, Santiago Serrate, Diogo Bento, Ian Pace, Ensemble PHACE, Simeon Pironkoff, Coro Odyssea, Quarteto Zyryab, Gonçalo Lourenço, Tuuli Talvitie, Maurice Ivan, Erzsebet Palojtay, Piotr Mazurek, Ignas Juzokas, Ye-Jin Kim e Josefino Chino Toledo.
um programa produzido e realizado para a Antena 2 pela
Miso Music Portugal e pelo Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.