Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

TA_misia.jpg


"Para Amália" ao vivo no Teatro Aveirense  - 6 de Novembro às 21h30

"O desejo de oferecer uma prenda “Para Amália” foi sentido por Mísia depois de mais de 20 anos de construção de um repertório e uma sonoridade próprios, em cumplicidade com os grandes escritores, poetas e músicos portugueses.


Mísia já havia cantado temas do repertório amaliano, mas sempre pontualmente. Agora trata-se de um álbum duplo, gravado em Lisboa no final de 2014, ano em que se cumpriram os 15 anos da desaparição física de Amália Rodrigues.


“Para Amália” foi construído não só com o repertório amaliano mas também com temas inéditos criados especialmente para este trabalho. O primeiro disco, piano e voz, é constituído por músicas na sua maioria de Alain Oulman mas também de Carlos Gonçalves, Fontes Rocha. Poemas de David Mourão Ferreira, Amália, Afonso Lopes Vieira, Pedro Homem de Mello, etc. O segundo disco, guitarras de Fado, tem um ambiente musical mais tradicional, incluindo Fados muito populares e um tema de folclore. Inclui também textos inéditos de Amélia Muge, Tiago Torres da Silva, Mário Cláudio e Mísia escritos em tributo a Amália Rodrigues.


Como no disco, em concerto, “Para Amália" apresenta-se em formato intimista, piano e voz, e com a formação completa na qual as guitarras se juntam ao piano. Um efeito visual da projecção em loop da jóia preferida de Amália Rodrigues, vai pulsando em várias cores palavras-chave do Fado: destino, voz, saudade, mulher.

'Amália tornou-se eterna e está mais viva do que nunca.' Mísia "

Fonte: Teatro Aveirense

Misty Fest 2015

 

Retirado de Antena 1

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.